conecte-se conosco


Economia

Petrobras pode levantar mais de R$ 9 bilhões com venda da BR Distribuidora

Publicado

presidente da petrobras
Fernando Frazão/Agência Brasil – 3.1.19

Venda da BR é parte do plano de desinvestimentos da Petrobras, que quer direcionar esses recursos para pagar dívidas

A Petrobras prevê levantar até R$ 9,4 bilhões com a redução de sua participação acionária na BR Distribuidora. O processo de privatização da subsdiária, que é dividido em três etapas e deve acontecer até o fim deste mês, estima vender até 33,75% das ações da estatal, que ficaria com apenas 37,5% da empresa.

Leia também: Caixa levanta R$ 7,3 bilhões com venda de ações da Petrobras

Os detalhes foram divulgados nesta quarta-feira (3) pela própria Petrobras  por meio da publicação de um prospecto preliminar da operação. A privatização da BR Distribuidora faz parte do plano de desinvestimentos da estatal, que visa arrecadar recursos para quitar dívidas e direcionar investimentos para exploração de petróleo na camada pré-sal.

“A oferta base das ações será de 25%, podendo chegar até 33,75% do capital social da companhia, a depender do exercício do lote adicional e do lote suplementar”, informou a Petrobras em comunicado. Até então, a estatal só havia adiantado que poderia reduzir sua participação na BR Distribuidora para menos de 50%.

Na primeira etapa da oferta pública, serão disponibilizados 25% das ações. Com a venda deste lote, a participação da Petrobras já passará a ser minoritária (46,25%) na distribuidora. As outras duas levas de ações – 3,75% e 5% – serão colocadas à venda apenas se houver demanda. O processo, segundo estimativas da estatal, pode lhe render entre R$ 7 bilhões e R$ 9,4 bilhões, levando em conta o valor das ações em 1º de julho (R$ 24,50).

Leia também: Produção de petróleo da Petrobras está estagnada, diz presidente da estatal

Sobre a BR Distribuidora

Presente em todos os estados, a BR é a maior distribuidora de combustíveis do País, detendo uma participação de 27,4% do mercado. Atualmente conta com uma rede de mais de 7 mil postos de gasolina e atua em 99 aeroportos brasileiros. No ano passado, a subsidiária da Petrobras registrou lucro de R$ 3,2 bilhões, tendo faturado R$ 97,8 bilhões.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Milionários pedem que governos aumentem seus impostos diante da pandemia

Publicado


source
notas de dólar
iStock

Milionários dizem que aumentar taxa de impostos é “a única escolha”


Em meio à crise da pandemia do novo coronavírus , um grupo de 80 milionários se uniram para enviar uma carta a seus governos, pedindo que paguem por impostos mais caros. Mesmo com cerca de 199 mil milionários, nenhum brasileiro assinou a carta.


“Hoje, nós, milionários que assinamos esta carta, pedimos aos nossos governos que aumentem impostos sobre pessoas como nós. Imediatamente. Substancialmente. Permanentemente”, afirmam, alertando a seus líderes sobre a possibilidade de uma crise econômica capaz de durar por anos e anos.

O grupo, organizado pelo projeto Millionaires for Humanity (Milionários pela Humanidade, em português), ainda chama atenção para pessoas que podem ser levadas à pobreza, calculadas pelo grupo em cerca de meio bilhão.

“Ao contrário de dezenas de milhões de pessoas em todo o mundo, não precisamos nos preocupar em perder nossos empregos, casas ou nossa capacidade de sustentar nossas famílias. Então por favor. Taxe-nos. É a escolha certa. É a única escolha”, escrevem.

Assinaram a carta milionários da Alemanha, Canadá, Estados Unidos, Holanda, Nova Zelândia e Reino Unido. Entre essas pessoas está Jerry Greenfield, um dos fundadores da marca de sorvete Ben and Jerry’s, e Abigail e Tim Disney.

A ideia surgiu no parlamento do Reino Unido e foi apresentada pela oposição, segundo a Forbes, como maneira de tirar o peso dos mais pobres diante da crise econômica causada pela pandemia . Assim, o grupo de milionários espera poder contribuir com financiamento para áreas como educação, segurança e saúde por meio do aumento dos impostos.

Brasil de fora

O Brasil é o 18º na lista de países com maior número de pessoas milionárias, segundo World Wealth Report, e teve um crescimento de 7% neste ano.

O motivo de ficar em uma posição “vantajosa” que o coloca na frente de países mais ricos, como Áustria e Suécia, se dá pelo tamanho do país.

Por outro lado, os Estados Unidos estão prestes a alcançar a marca de 6 milhões de milionários. O país, ao lado de Alemanha, China e Japão, têm 61,6% da população milionária.

Continue lendo

Economia

Quina valendo R$ 14,5 milhões: veja os números sorteados nesta segunda-feira

Publicado


source
Quina valendo R$ 14,5 milhões: veja os números sorteados nesta segunda-feira
Reprodução

Quina valendo R$ 14,5 milhões: veja os números sorteados nesta segunda-feira

O concurso 5311 da Quina desta segunda-feira (13), tem um prêmio estimado em R$ 14,5 milhões. As dezenas sorteadas foram:

05 – 10 – 30 – 35 – 79

Ninguém acertou os cinco números deste sorteio. Assim, o prêmio para a edição que ocorrerá na terça-feira (14) está acumulado em R$ 16,2 milhões.

Como apostar

Para apostar na Quina , o participante deve escolher de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis nas lotéricas credenciadas pela Caixa , ou no site especial de loterias do banco.

Ganham prêmios quem acerta de 2, 3, 4 ou 5 números. Além disso, a pessoa pode concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos com a Teimosinha .

Segundo a Caixa , ninguém acertou as cinco dezenas sorteadas no último sábado (11). Os números sorteados foram: 15 – 23 – 29 – 31 – 55.

A aposta mínima na Quina custa R$ 2,00. Os sorteios da Quina são realizados, normalmente, de segunda-feira a sábado, às 20h.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana