conecte-se conosco


Saúde

Pesquisadores demonstram beneficios do lítio para idosos com Alzheimer

Publicado

Pesquisa desenvolvida no Brasil, em colaboração com cientistas estadunidenses, avança no entendimento dos efeitos benéficos do lítio para idosos com Alzheimer, doença que causa uma deteriorização do funcionamento cerebral com perda de funções cognitivas, prejuizos de atenção, memória e inteligência, dentre outros efeitos. Novos resultados de experimentos feitos em células cerebrais humanas e em camundongos apontam que o medicamento retarda o envelhecimento celular, um dos fatores relacionados a essa e outras doenças neurodegenerativas.

Trabalhos anteriores do grupo já haviam demonstrado que, quando administrado em doses muito pequenas, o metal ajuda na manutenção da memória de idosos com Alzheimer. O lítio também é usado como estabilizador de humor para pacientes com transtorno bipolar e depressão. O estudo contou com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

A pesquisadora Tânia Viel, professora da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP), testou o efeito do medicamento em células cerebrais humanas. Parte da amostra, à medida que sofria envelhecimento celular natural, era tratada com lítio; a outra não recebia nenhum tratamento. “Observamos que o envelhecimento foi bastante reduzido nas culturas que receberam o lítio”, apontou.

Em outro teste, os cientistas observaram o efeito do metal em camundongos à medida que envelheciam. “Os animais tratados com lítio desde pequenos mantiveram toda a formação da memória”, explicou.

Esses resultados confirmam estudos clínicos feitos anteriormente com um grupo de pacientes idosos diagnosticados com Alzheimer. Metade deles recebeu microdoses de lítio, de 1,5 miligrama por dia. Para pacientes com transtorno bipolar, por exemplo, a dosagem é de pelo menos 60 miligramas. Os demais voluntários tomaram placebo, ou seja, não tinham acesso ao remédio, mas achavam que estavam medicados. Os idosos foram acompanhados durante um ano e meio.

“A partir do terceiro mês, a memória dos pacientes tratados com lítio estabilizou. No outro grupo, o desempenho foi decaindo. O tratamento foi mantido por mais um tempo, para termos certeza do efeito observado. A partir do momento que comprovamos essa diferença, passamos a dar lítio para todos”, apontou Tânia em entrevista à Fapesp.

Esse estudo começou depois que a médica Marielza Nunes, que integra o grupo, observou melhora na memória de idosos que tomavam microdoses de lítio como complemento alimentar. Alguns metais podem ser receitados também para suprir deficiências nutricionais.

Tânia destaca que os estudos avançam cada vez mais em evidências da eficácia do lítio para impedir o envelhecimento de células cerebrais. “Mas só quem pode realmente medicar para os idosos são os médicos. O que a gente faz é dar subsídios para que a classe médica possa um dia indicar o lítio para os idosos. A gente tem esperança de que seja um caminho para estabilização da doença [de Alzheimer] ou até reversão, dependendo dos próximos passos”, alerta.

Continuidade

Os testes continuam com outros modelos celulares e novos testes em pacientes. O lítio será testado no contexto das diferentes hipóteses que explicam o Alzheimer, tendo em vista que não são conhecidas exatamente as causas da doença. Posteriormente, grupos de idosos com e sem a doença serão acompanhados para observar a diferença entre eles. A ideia é entender quais são os agentes protetores do cérebro de idosos saudáveis.

Edição: Bruna Saniele

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Isoladas, 67 cidades brasileiras ainda não tem casos de Covid-19

Publicado


source
Pessoas andando pelas ruas com máscaras
Carlos Bassan / Pref. de Campinas

Uso de máscara é um principal meio para evitar casos da Covid-19

Desde o início da pandemia da Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), 67 cidades brasileiras continuam sem registros de mortes ou casos confirmados da doença mesmo após o  Brasil atingir a marca de 100 mil óbitos3 mihões de contaminações pelo novo coronavírus.

Esse municípios estão espalhados por todas as regiões do País, com exceção do Norte. Entre as características comuns a todas as cidades estão o seu tamanho e o isolamento geográfico que elas têm em relação ao restante do Brasil.

Mas esses não são os únicos fatores as tornaram livres na Covid-19. Em Ribeirão Corrente, no estado de São Paulo, o comércio está funcionando com uma barreira física na entrada e pontos de acesso a álcool gel.

Já em João Dias, no Rio Grande do Norte, o bloqueio à rodovia se deve também ao fato de a cidade não ter rodovias de grande fluxo cortando o município. Mesmo assim, para garantir a segurança sanitária da população, barreiras foram montadas na entrada da cidade, ligada à estrada que faz divisa com o estado vizinho da Paraíba.

No Centro-Oeste, a cidade de Novo Planalto, em Goiás, também é uma das raras cidades sem casos registrados até agora.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

SP ultrapassa 25,1 mil mortes causadas por covid-19

Publicado


.

O número de óbitos, causados pela covid-19, registrados no estado de São Paulo, chegou hoje (9) a 25.114. Desde o último boletim, divulgado ontem, ocorreram 98 mortes em decorrência da doença no estado. O número de casos confirmados, que ontem era de 621.731, hoje subiu para 627.126. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde.

A taxa de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) na Grande São Paulo está em 58,1% e, em todo o estado, 59,8%. O número de pacientes internados é de 12.739, sendo 7.275 em enfermaria e 5.464 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 de hoje.

Dos 645 municípios do estado, já houve registro de infectados em 641. Óbitos, devido ao novo coronavírus, já ocorreram em 491. Desde o início da pandemia, 76.656 mil pessoas diagnosticadas com covid-19 em SP, que precisaram ser internadas, já tiveram alta dos hospitais.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana