conecte-se conosco


Sem categoria

Penitenciária do Rio tem 17 casos suspeitos de sarampo

Publicado

O presídio Ary Franco, localizado em Água Santa, na zona norte do Rio de Janeiro têm 17 casos suspeitos de sarampo. Nenhum caso foi confirmado até o momento. Os internos que tiveram contato com eles estão em isolamento. As informações são da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

“A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária informa que as equipes da Coordenação de Saúde da Seap estão monitorando e trabalhando para tomar as medidas cabíveis para a prevenção de qualquer caso suspeito de sarampo”, diz o órgão, em nota.

Os casos suspeitos de sarampo, de acordo com a secretaria, aguardam análise do Laboratório Central Noel Nutels (Lacen). O governo esclarece ainda que todos os privados de liberdade, aptos a receber a vacina, e servidores do Presídio Ary Franco já foram imunizados contra o sarampo.

Diante da situação, e também para conter a infecção pelo novo coronavírus (covid-19), a saída extramuros para visita periódica ao lar, programada para hoje (16), bem como de todas as saídas extramuros para trabalho, até o próximo dia 21 foram suspensas, de acordo com a Seap.

Pelos mesmos motivos, as visitas em todo o sistema prisional fluminense, conforme estabelecido no decreto nº 46.970 do governo do estado, também foram suspensas. A medida é válida por 15 dias prorrogáveis por igual período.

Sarampo

O sarampo é uma doença altamente contagiosa, transmitida por meio da fala, da tosse e do espirro. Os principais sintomas são mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite.

Com o retorno da doença, o Brasil perdeu, no ano passado, o status de país livre do sarampo,  concedido pela Organização Mundial da Saúde em 2016.

Segundo o Ministério da Saúde, em 2019 foram registrados 18,2 mil casos de sarampo em 526 municípios. Em São Paulo, houve 14 mortes e em Pernambuco, uma. O maior número de casos também foi registrado em São Paulo, 16 mil.

Edição: Valéria Aguiar

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

Internações por Covid-19 volta ao nível que estava em agosto, diz secretaria de Saúde

Publicado

 

 

source
Registro de um leito para paciente Covid-19 em São Paulo
GOVSP

Registro de um leito para paciente Covid-19 em São Paulo

Pela primeira vez desde agosto, o estado de São Paulo voltou a registrar mais de mil novas internações por Covid-19 por dia. Neste sábado (15), a média diária de internações chegou a 1.044. A última vez que o estado teve  valores acima de mil foi em 10 de agosto de 2021, com 1.002.

Em leitos de enfermaria, o número de pacientes subiu de 1.712, no dia 29 de dezembro, para 3.413 em dia 11 de janeiro.

Devido ao avanço da pandemia causado pela variante Ômicron, Doria recomendou determinou redução no público de eventos musicais, festas e jogos de futebol para 70%.

A maior parte dos internados por Covid-19 são não vacinados. No Hospital Emílio Ribas, em São Paulo, 76% não têm a vacinação completa contra a doença, segundo a secretaria estadual da Saúde (15).

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Sem categoria

Polícia apreende carga com 102 tabletes de cocaína no interior do estado

Publicado

Uma ação conjunta entre a Delegacia de Pontes e Lacerda e a Delegacia Especializada de Entorpecentes resultou na apreensão de 102 tabletes de cocaína na manhã deste sábado (15.01),cujo destino seria o estado do Maranhão. A apreensão representa um prejuízo estimado em R$ 2,2 milhões contra o tráfico de entorpecentes.

O entorpecente estava acondicionado em um compartimento secreto, no assoalho de um caminhão Mercedes Benz, que foi abordado pelos policiais civis da DRE, quando chegava ao município de Campo Novo do Parecis. O motorista do veículo foi preso em flagrante.

De acordo com a delegada Bruna Caroline Laet, a investigação começou há trinta dias, quando a equipe de Pontes e Lacerda iniciou diligências para identificação do veículo utilizado pelo grupo criminoso e realizou o  acompanhamento até este sábado, quando foi possível realizar a apreensão da carga de cocaína que possivelmente teria como destino o Maranhão.

Conforme a apuração da Polícia Civil, o motorista preso tem ligação com pessoas investigadas e presas preventivamente por tráfico de drogas que resultou na apreensão, em maio do ano passado, de uma carga de 153 quilos de entorpecentes. O grupo criminoso também é investigado em inquérito na Delegacia de Pontes e Lacerda pelo crime de lavagem de dinheiro.

A delegada Juliana Palhares explica que a investigação sobre a carga de entorpecentes apreendida neste sábado seguirá pela DRE, para chegar aos proprietários da droga.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana