conecte-se conosco


Internacional

Pelo menos 30 civis morrem em ataque com drones no Afeganistão

Publicado

Pelo menos 30 pessoas morreram na madrugada dessa quarta-feira (18), após um ataque com drones apoiado pela Força Aérea dos Estados Unidos. O míssil atingiu acidentalmente alguns agricultores na província de Nangarhar, no Afeganistão, informaram as autoridades locais.

Um ataque aéreo, feito pelas forças de segurança afegãs, apoiadas pelos Estados Unidos, deixou 30 mortos e 40 feridos.

De acordo com a TV Al Jazeera, o atentado, no leste do Afeganistão, tinha como objetivo destruir um esconderijo usado pelo Estado Islâmico do Iraque e pelos combatentes do grupo Levante.

No entanto, os drones atingiram acidentalmente um conjunto de agricultores perto de um campo na área de Wazir Tangi, na província de Nangarhar, informaram três funcionários do governo à agência de notícias Reuters.

“Os trabalhadores acenderam uma fogueira e estavam sentados todos juntos quando um drone os atingiu”, contou Malik Rahat Gul, um ancião tribal de Wazir Tangi.

O Ministério da Defesa em Cabul confirmou o ataque, mas recusou-se a fornecer mais detalhes.

O porta-voz do governo de Nangarhar, no entanto, já garantiu que as autoridades estão investigando o ataque.

“O governo investiga o caso. Até agora, nove corpos foram retirados do local do ataque, perto de um campo de nozes”, afirmou Attaullah Khogyani.

Os Estados Unidos ainda não se manifestaram sobre o acidente.

Ainda nessa quarta-feira, pelo menos 15 pessoas morreram e 70 ficaram feridas após a explosão de um carro-bomba na capital da província de Zabul, no sul do Afeganistão.

Os talibãs já reivindicaram a autoria do ataque. “O prédio da NDS na cidade de Qalat, na província de Zabul, foi atacado por um carro-bomba, resultando na destruição da maior parte do prédio. Dezenas de agentes secretos foram mortos ou feridos”, escreveu na rede social Twitter o porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid.

Nas últimas semanas, centenas de civis foram mortos após o colapso das negociações de paz entre os Estados Unidos e os talibãs.

“Emissora pública de televisão do Japão

Edição:

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

Ataque a centro de reabilitação mata 24 pessoas no México

Publicado


source
Massacre no México
Reprodução/Twitter

Dois homens armados invadiram o local e atiraram contra as pessoas.

Um ataque a um centro de reabilitação de dependentes químicos deixou ao menos 24 mortos e sete feridos. O episódio aconteceu na cidade de Irapuato, no México , nesta quinta-feira (2). As informações foram dadas pelas autoridades locais.

Dois homens armados teriam invadido o centro de reabilitação após chegarem no local em um carro. Eles abriram fogo contra as pessoas que estavam dentro da instituição e fugiram logo em seguida. As autoridades ainda não identificaram os motivos e os autores do massacre.

A cidade fica no estado de Guanajuato, um dos maiores distritos industriais do México. O local é ligado à violência praticada por grupos criminosos que estão envolvidos com crimes como extorsão, sequestro e roubo de combustível.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Remdesivir pode não funcionar para tratar a Covid-19, diz OMS

Publicado


source
Frasco de remdesivir
Getty Images/BBC

O objetivo inicial do remdesivir era tratar o Ebola

A cientista-chefe da  Organização Mundial da Saúde  (OMS), Soumya Swaminathan, disse em entrevista coletiva nesta quinta-feira (2) que o medicamento antiviral remdesivir pode não ser eficaz para tratar pacientes com a Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Segundo a cientista, pesquisas mostram resultados conflitantes nos testes com o remédio.

“Não sabemos se é eficaz, mas o plano é continuar com as pesquisas, precisamos responder a questões, como as taxas de mortalidade e de alta médica. Em algumas semanas, devemos ter mais resultados de estudos sobre taxas de mortalidade e altas médicas”, afirmou Swaminathan.

Nesta segunda-feira (29), o Departamento de Saúde e Serviços Humanos (HHS, na sigla em inglês) dos Estados Unidos anunciou que o país comprou quase todo o estoque mundial do antiviral.

De acordo com o órgão, a administração do presidente Donald Trump fechou um “acordo incrível” com o laboratório Gilead, por 500 mil ciclos do medicamento nos próximos três meses.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou no fim de junho o estudo com remdesivir com 105 pacientes hospitalizados com pneumonia grave causada pelo novo coronavírus. O medicamento, no entanto, ainda não tem a chancela do Ministério da Saúde, ao contrário do que acontece com a cloroquina, que não é recomendada pela OMS.

No fim de maio, relatório preliminar publicado no New England Journal mostrou a recuperação em pacientes hospitalizados com o novo coronavírus foi menor quem tomou o remdesivir em comparação com os pacientes que receberam placebo. A taxa de mortalidade também foi menor nesses pacientes.

Segundo a pesquisa, quem recebeu o remdesivir se recuperou, em média, após 11 dias. Enquanto isso, os que tomaram placebo tiveram recuperação em 15 dias. O relatório foi feito com testes realizados em 1.063 pacientes, mas alguns desistiram no meio do estudo e outros morreram antes do período de avaliação.

Já a taxa de mortalidade, analisada dentro do período de 14 dias, foi de 7,1% no grupo que recebeu o remdesivir. O grupo que recebeu placebo apresentou taxa de 11,9%.

Apesar dos bons resultado, a cientista-chefe alertou que há outros estudos que mostram que o medicamente antiviral pode não ser eficaz no tratamento da Covid-19.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana