conecte-se conosco


Cuiabá

PCCS é tema de reunião entre secretários e servidores efetivos

Publicado

Os secretários da Câmara de Cuiabá se reuniram com os servidores efetivos da Casa para tratar de mudanças a serem implementadas no Plano de Cargo, Carreiras e Salários (PCCS), a partir de iniciativa do Presidente Misael Galvão (PSB). A reunião aconteceu na Sala das Comissões vereador Júlio Pinheiro na manhã desta segunda-feira (18).
O Secretário de Gestão Administrativa Paulo Nascimento explicou que a intenção do presidente é deixar um legado positivo para a Câmara, tanto na parte estrutural com a realização de obras de melhoramento no prédio, quanto no aspecto de ganho real para os servidores no que tange a remuneração.
O projeto de alteração está a cargo das Procuradoras Flávia e Tálita. Na reunião foram apresentados aspectos gerais do que se pretende. As procuradoras propuseram que as categorias se reúnam para que cada segmento apresente suas demandas. Ficou decidido que na próxima sexta-feira, uma nova reunião vai definir a proposta a ser levada à Mesa Diretora.
A Secretária de Gestão de Pessoas Bárbara Pinheiro considerou que “o ponto principal é alteração da jornada de trabalho de 4 para 6 horas, no caso dos procuradores e de 6 para até 8 horas nos demais casos”. Ela explicou que essa mudança “mexe com a dinâmica da Casa e vem ao encontro do que deseja o Presidente, que é a Câmara trabalhando em maior período para atender melhor o cidadão”.
O Presidente Misael passo pela reunião e deixou registrado seu compromisso em buscar atender aos anseios dos servidores. “Estou pronto para fazer tudo o que estiver dentro da lei e ao alcance do orçamento da Casa”, afirmou.
Rafael Amaral, servidor efetivo e um dos principais articuladores da proposta, avaliou a reunião como “bastante positiva, pois desde o início da gestão Misael se colocou à disposição para ouvir os servidores”. Amaral acrescentou que a preocupação não se restringe a aumento de salário, mas questões que vão afetar o atendimento à população, como por exemplo a proposta de estender o expediente para os setores que necessitarem.

Etevaldo de Almeida | Câmara Municipal de Cuiabá

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Veja os dados do painel Covid-19 desta sexta-feira (10)

Publicado


.

Nesta sexta-feira (10), Cuiabá tem 6100 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 1428 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 1208 já estão recuperados da doença e houve 302 óbitos de residentes e 144 de não residentes.

Na rede hospitalar há 329 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 215 na UTI e 114 em enfermaria. Também estão internados 208 pacientes com suspeita da doença, sendo 93 na UTI e 115 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 222 são de residentes em Cuiabá e 86 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 185 pessoas são de Cuiabá e 44 de outros municípios.

Hoje Cuiabá registrou mais 14 óbitos de residentes, chegando a um total de 302 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente todos estes óbitos.

Segue abaixo a relação dos óbitos:

-Homem, 52 anos, internado em hospital privado. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 08/07.

-Mulher, 75 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão. Foi a óbito em 08/07.

-Mulher, 71 anos, internada em hospital privado. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Foi a óbito em 09/07.

-Mulher, 79 anos, internada em hospital privado. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 09/07.

-Homem, 70 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 09/07.

-Mulher, 78 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 09/07.

-Homem, 41 anos, internado em hospital público. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Foi a óbito em 09/07.

-Mulher, 73 anos, internada em hospital público. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 10/07.

-Homem, 75 anos, internado em hospital público. Tinha hipertensão, cardiopatia e doença pulmonar. Foi a óbito em 10/07.

-Mulher, 86 anos, internada em hospital privado. Tinha hipertensão e obesidade. Foi a óbito em 10/07.

-Homem, 55 anos, internado em hospital privado. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Foi a óbito em 08/07.

-Homem, 56 anos, internado em hospital público. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Não foi divulgada a data do óbito.

-Mulher, 87 anos. Não foi divulgado onde estava internada. Não tinha comorbidades. Foi a óbito em 10/07.

-Homem, 71 anos. Não foi divulgado onde estava internado. Tinha hipertensão e diabetes. Foi a óbito em 10/07.

 

Continue lendo

Cuiabá

Gestão orienta servidores sobre lei que suspende desconto em folha de empréstimos consignados

Publicado


.

Com a aprovação da Lei nº 6.547, a Secretaria Municipal de Gestão divulga orientações aos servidores, ativos e inativos, que desejam suspender o desconto em folha de suas obrigações financeiras, como empréstimos consignados. A Lei foi aprovada, por unanimidade, na Câmara Municipal de Cuiabá, no dia 01 de julho de 2020, após veto do Poder Executivo Municipal.

“Fui contrário a promulgação desta lei porque continuo honrando com o pagamento dos salários dos nossos servidores e isso tem sido fundamental na minha gestão. Por isso, penso que não estamos no momento de postergar dívidas, pois uma hora elas terão que ser pagas”, pontuou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

O servidor que desejar suspender os descontos em folha deve preencher formulário de Comunicado de Suspensão de Consignados, disponível no Portal do Servidor. De posse do documento preenchido, o servidor deve enviá-lo, juntamente com cópia do documento de identificação a sua Diretoria Administrativa Financeira (DAF) ou ao Cuiabá/Prev até o dia 30 de julho de 2020.

O caso dos servidores inativos, a documentação deve ser enviada necessariamente ao Cuiabá/Prev ao email [email protected]

A secretária de Gestão, Ozenira Félix orienta que o servidor deve procurar a instituição financeira em que o empréstimo consignado foi realizado para que o processo seja finalizado.

“Nós da Prefeitura realizamos apenas a suspensão em folha, a responsabilidade do diálogo com a intuição financeira é do servidor. Então, é importante que ele procure os canais de atendimento da instituição que mantém contrato para informar a suspensão e evitar equívocos futuros, como a negativação por falta de pagamento”, explicou a secretária.

De acordo com a lei, as parcelas suspensas deverão ser acrescidas ao final do contrato, sem a incidência de juros e multas. O prazo de suspensão poderá ser prorrogado por igual período ou enquanto durar o estado de emergência declarada pelo município de Cuiabá.

Confira em anexo a Portaria que regulamenta o procedimento de suspensão de desconto em folha de empréstimos consignados de servidores ativos e inativos:

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana