conecte-se conosco


Mato Grosso

Parceria quer estimular uso de mão de obra de reeducandos por empreendedores do Estado

Publicado


.

Uma parceria entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) quer estimular a utilização de mão de obra de pessoas privadas de liberdade, pré egressos e egressos do Sistema Penitenciário de Mato Grosso.

Nesta quinta-feira (24.09), o secretário adjunto de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor, Celso Banazeski, visitou o Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC) para conhecer o trabalho realizado e entender como a parceria pode ser colocada em prática.

“Fiquei muito impressionado positivamente com tudo o que produzem no CRC. E acredito que podemos fazer um grande trabalho de cooperação por meio do programa Pensando Grande para os Pequenos, que busca desenvolver os pequenos negócios do Estado”, afirmou.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, este projeto une dois pontos que são focais para o Governo do Estado – geração de trabalho e renda e empreendedorismo.

“É fato que o empreendedor busca viabilizar seu negócio diminuindo custos e aumentando lucros e a mão de obra disponibilizada no centro de ressocialização é interessante para este objetivo”, disse.

O diretor do Centro de Ressocialização de Cuiabá, Winckler Teles de Freitas, informou que atualmente há 900 detentos e 24 frentes de trabalho no local: serralheria, marcenaria, panificação, fabricação de cadeiras, de blocos, pavers de concreto, costura, artesanato, saneantes, entre outros.

“O objetivo é mostrar para a Sedec como podemos utilizar o espaço do CRC e no que podemos trabalhar. Para que a secretaria convide empreendedores a utilizar a mão de obra no sentido de gerar trabalho, renda e ressocialização”, explicou.

De acordo com a superintendente de Política Penitenciária da Sesp, Michelli Egues Dias Monteiro, este é o momento de elaboração do Plano Estadual de Trabalho e Renda e a cooperação entre secretarias é um “ganha-ganha”. “O preso tem possibilidade de aferir renda e ter remissão da pena, a unidade penal fica mais tranquila e disciplinada e o empreendedor consegue mão de obra mais barata e sem encargos”, disse.  

“Acreditamos que há um grande potencial de parceria neste projeto. Na próxima semana, iremos até a Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, para conhecer mais um pouco do trabalho realizado neste sentido”, disse Elisama Fonseca de Carvalho Macedo, superintendente de Política Industrial, Minas e Energia da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor.

Ainda participaram da visita técnica Ádina Muniz de Souza Martins, assessora especial, Gabriel de Freitas Portão, Coordenador de Centros de Atendimento Empresarial da SADEE, e Flávia Souza Soares, agente penitenciária.

 

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Sema suspende atividades do Parque Mãe Bonifácia

Publicado


A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) suspende temporariamente, a partir desta sexta-feira (30.10), as atividades do Parque Estadual Mãe Bonifácia. 

O fechamento ocorre devido a morte de sete macacos saguis e atende os protocolos de segurança biológica. As atividades estarão suspensas até que os laudos da necropsia dos animais estejam concluídos e haja garantia de segurança da saúde da população e dos animais. 

Os laudos serão divulgados pela Unidade de Vigilância em Zoonoses da Prefeitura de Cuiabá que está analisando amostras coletadas. 

As equipes da Sema e do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental estão realizando varreduras sanitárias em todo perímetro do Parque.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Município de Ribeirãozinho está com risco moderado de contaminação de Covid-19 em Mato Grosso

Publicado


Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (29.10) mais uma atualização do panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O Boletim Informativo n° 235 mostra (a partir da página 12) que o município de Ribeirãozinho configura na classificação com risco “moderado” para contaminação do novo coronavírus.

Os demais 140 municípios estão na classificação de risco “baixo”, indicado pela cor verde e não apresentam grandes riscos de contaminação. Nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco “muito alto”, indicado pela cor vermelha que representa alerta máximo de contaminação.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

Veja a tabela de classificação de risco por município

 

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana