conecte-se conosco


Internacional

Pais de 545 crianças separadas na fronteira EUA-México não foram encontrados

Publicado


source
Política anti-imigração de Trump que separou crianças e famílias foi amplamente criticada.
Reprodução/Facebook

Foto de uma menina chorando enquanto a mãe é detida e revistada na fronteira EUA-México ganhou grande repercussão internacional.

Organizações sem fins lucrativos e advogados ainda não conseguiram encontrar os pais de 545 crianças que, como parte da política anti-imigração de Trump, foram separadas dos seus familiares na fronteira dos Estados Unidos com o México. As informações foram dadas pelo jornal The Guardian .

Em maio de 2018, o governo de Donald Trump adotou uma política de tolerância zero a imigrações ilegais. Assim, cerca de 2.700 crianças foram separadas dos pais. A atitude gerou críticas no mundo inteiro e o presidente dos Estados Unidos anunciou a suspensão da medida.

Após um processo da American Civil Liberties Union (ACLU), em 2018, uma juíza federal de San Diego ordenou que as famílias fossem reunidas. O comitê formado para encontrar esses parentes já localizou os pais de mais de 550 crianças.

Apesar disso, 545 ainda seguem sem os pais. “Não vamos parar de procurar até que tenhamos encontrado cada uma das famílias, não importa quanto tempo leve”, declarou Lee Gelernt, vice-diretor do Projeto de Direitos dos Imigrantes da ACLU, em entrevista à NBC News.

Os voluntários envolvidos nas buscas vão de porta em porta de casas localizadas em países como Guatemala e Honduras. Em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), a atividade havia sido suspensa. Agora ela foi retomada, mas em escala menor.

“A trágica realidade é que centenas de pais foram deportados para a América Central sem seus filhos, que permanecem aqui com famílias adotivas ou parentes distantes”, explicou Gelernt.

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Ladrão rouba celular e liga pedindo socorro após ser atropelado pela vítima

Publicado


source
sombra de pessoa sendo assaltada
Maxim Hopman/Unsplash

O caso aconteceu na cidade de Almada, em Portugal

Na cidade de Almada, em Portugal , um homem de 56 anos teve o celular roubado por um assaltante. Porém, a vítima perseguiu o criminoso, de 31 anos, com o carro e o atropelou . As informações são do Correio da Manhã .

O caso aconteceu na última terça-feira (24) à noite, mas foi noticiado hoje pelo jornal português. De acordo com a publicação, o assaltante ligou para um serviço de socorro ao ser encurralado pela própria vítima do roubo.

Assim que chegaram no local, os agentes da Polícia de Segurança Pública confirmaram que o homem que teve o aparelho roubado jogou o carro três vezes sobre o assaltante. Ambos foram detidos — o assaltante, por roubo; a vítima, por tentativa de homicídio — e levados a um hospital.

Segundo o portal, o assaltante foi diagnosticado com ferimentos nas pernas sem gravidade. Já o homem que teve o celular roubado apresentou ferimentos leves em uma das mãos.

Ainda conforme as informações do jornal, o assaltante se apresentou à polícia como jardineiro. Entretanto, os agentes atestaram que ele havia saído da cadeia, por cumprir pena por roubos semelhantes, no começo da semana.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Mulher é presa por quebrar mais de 500 garrafas em ataque de fúria em mercado

Publicado


source
Mulher quebrou mais de 500 garrafas de bebidas em um mercado
Reprodução The Sun

Mulher quebrou mais de 500 garrafas de bebidas em um mercado

Uma mulher foi presa no condado de Hertfordshire, na Inglaterra, na última quarta-feira (26) após quebrar mais de 500 garrafas de bebidas jogando-as no chão.

Ao escutar um pedido de ” calma “, ela arremessou uma garrafa de gin contra um homem que estava companhando a cena.

Confira a cena:


“Foi extraordinário. Eu nunca havia visto isso na minha vida”, disse uma testemunha que presenciou o ataque de fúria.

A mulher, enquanto arremessava as garrafas, machucou a mão direita quando escorregou. 

A polícia foi chamada ao local e a deteu, sob acusação de vandalismo .

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana