conecte-se conosco


Registro Geral

País atinge recorde de 21 capitais com mais de 90% de UTIs lotadas; Cuiabá beira o colapso

Publicado

Em menos de um mês, desde 18 de março, o número de mortes mais que triplicou, em MT

No Centro-Oeste, a ocupação de UTIs segue apresentando alta, apesar de os estados implantarem mais leitos exclusivos para atendimento aos pacientes diagnosticados com Covid-19. Em Cuiabá, o índice se manteve em 97%, mesmo com o surgimento de 20 novos leitos. Das 54 pessoas esperando vagas em UTIs na última semana, o total caiu para 17. As maiores metrópoles do País como Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, a pandemia avança ao ponto de milhares morrerem à espera de uma vaga na UTI.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registro Geral

Casa Civil diz que Medeiros faz mandato digital e usa o tempo para ataques infundados

Publicado

Mauro Carvalho contesta afirmações de José Medeiros, que ataca a gestão do governador, Mauro Mendes (DEM)

O secretário chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho (DEM), muito respeitado no meio político, com elegância, fato que sempre lhe é peculiar, rebateu o deputado federal, José Medeiros (Podemos), crítico feroz do governador, Mauro Mendes (DEM). Segundo o secretário, Medeiros desperdiça o tempo com uso excessivo das redes sociais, onde na maioria das vezes, promove ataques ofensivos ao chefe do Executivo mato-grossense. “É lamentável, vejo com tristeza. Se o deputado Medeiros pegasse toda essa energia que tem nas redes sociais e se dedicasse a ajudar o povo de Mato Grosso, realmente as coisas estariam diferentes. Eu pergunto: o que o deputado Medeiros fez?”, questionou Carvalho.

Continue lendo

Registro Geral

Ex-governador vai disputar para deputado estadual de olho na presidência da AL

Publicado

O ex-governador e ex-senador Júlio Campos (DEM): provável candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa

O ex-governador Júlio Campos (DEM) está muito animado para concorrer ao cargo de deputado estadual, em 2022. Inclusive, já comunicou o irmão, senador Jayme Campos, mesmo partido, que desta vez ele não vai abrir mão da disputa como fez, em 2018, quando o “Pedra” forçou o recuo de Júlio para apoiar a reeleição do então deputado estadual, Gilmar Fabris (PSD), amigo pessoal do senador. Segundo fonte quentíssima da coluna ligada à família Campos, Julinho também está entusiasmado com a possibilidade, se eleito, de presidir o Legislativo no biênio 23/24, numa dobradinha com o atual chefe da AL, Max Russi (PSB), que seria o primeiro-secretário.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana