conecte-se conosco


Política Nacional

Paim pede que prefeitura de Porto Alegre não descaracterize Mercado Público

Publicado

O senador Paulo Paim (PT-RS) pediu nesta sexta-feira (18) em Plenário que as autoridades municipais de Porto Alegre e representantes do setor privado não deformem a essência do Mercado Público da capital gaúcha, que completou 150 anos no início de outubro.

A prefeitura de Porto Alegre estuda a possibilidade de conceder o espaço para a iniciativa privada. Paulo Paim lembrou que o mercado faz parte da história gaúcha e tem sido o palco democrático de uma série de manifestações culturais, religiosas e políticas ao longo de todos esses anos.

— Ali as coisas acontecem. Inclusive, em grandes momentos, atos políticos. Ali está a memória da nossa querida capital gaúcha, Porto Alegre. Gerações e gerações percorreram os seus cantos, recantos, suas curvas, seus arcos. Filhos, pais, avós, bisavós, todos se encontram ali, para festejar a vida, a harmonia e a eternidade das amizades — disse.

O senador Paulo Paim aproveitou para cobrar do governo mais verbas para o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, o CNPq, para garantir o custeio das bolsas aos cientistas e a continuidade de pesquisas.

O órgão, com 70 anos de existência, sofreu bloqueio no orçamento deste ano, fato que foi parcialmente remediado pelo governo, reconheceu o senador. Além do contingenciamento deste ano, o CNPq poderá sofrer redução orçamentária em 2020, acrescentou Paim.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

Novidade eleitoral: TSE registra 74 candidaturas de pessoas trans

Publicado


source
trans
Eduardo Viana/ParadaSP

Bandeira nas cores azul, branco e rosa representam a comunidade trans


O Tribunal Superiro Eleitoral (TSE) registrou, até o momento, 74 candidaturas registradas com nome social, geralmente utilizado por pessoas transexuais e travestis pois rompe com a obrigatoriedade de serem chamadas pelo nome registrado em cartório e que não necessariamente refletem a sua identidade de gênero.


A medida de uso do nome social foi aprovada em 2018, mas é a primeira vez que será utilizada em eleições municipais. O registro fica aberto até sábado (26), por isso o número de candidaturas trans deve ser ainda maior. Os candidatos são filiados a partidos de esquerda, tradicionalmente ligados a esta pauta, mas também a partidos de direita. 

Um levantamento realizado pela Aliança Nacional LGBTI+ estima que em novembro deverão ter 584 candidatos a vereador e 15 a prefeito ligados ao movimento gay . O PT abriga a maior parte dos candidatos trans, assim como o PSOL, mas o PSDB, PSL e DEM também têm candidaturas LGBTI+.

Continue lendo

Política Nacional

Gestão de Bruno Covas durante pandemia é aprovada por 37%, diz Datafolha

Publicado


source
Bruno Covas
Governo do Estado de São Paulo

Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, conta com 37% de aprovação quanto à condução na pandemia

A condução do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), durante a pandemia da Covid-19 no Brasil é considera ótima ou boa por 37% dos mradores da capital. Já a reprovação ao prefeito ocorre em 24% dos eleitores entrevistados. Os resultados são da pesquisa do Datafolha .

De acordo com a análise, a maioria dos entrevistados, 38%, considera a gestão regular. Entre os principais problemas da capital, de acordo com a pesquisa, estão distribuição dos seriços de saúde (23%) e combate à violência e criminalidade (12%). Outros 10% ainda chamaram atenção para problemas no transporte coletivo.

O perfil dos que aprovam a gestão do prefeito é formado, predominantemente, por pessoas mais velhas, entre 45 e 59 anos e no grupo de risco para a Covid-19, com mais de 60 anos (45%). Entre aposentados , a aprovação foi a mais alta: 47%.

Já o perfil dos que rejeitam as decisões tomadas durante a condução da crise, é formado por pessoas com renda familiar mensal acima de dez salários mínimos e desempregados em busca de recolocação no mercado (31%).

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana