conecte-se conosco


Registro Geral

Pai do presidente da Assembleia Legislativa morre aos 95 anos

Publicado

Eduardo Botelho, ao lado de seu pai Benedito Botelho

Morreu na manhã desta sexta-feira (17) Benedito Caetano Botelho, 95 anos, pai do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM) e do ex-vereador por Cuiabá e ex-deputado estadual Luiz Marinho.

Benedito vinha lutando contra vários problemas de saúde em decorrência de um câncer. Em dezembro, Eduardo Botelho publicou um vídeo em suas redes sociais em que agradecia pela vida de seus pai e por Deus ter permitido que ele ficasse vivo até o aniversário de 95 anos, que aconteceu em setembro.

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Registro Geral

Deputado volta a atuar como professor de cursinho pré-vestibular em Cuiabá

Publicado

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) voltará nos próximos dias a atuar em sua profissão de origem: a de professor. Ele já começa nos próximos dias a ministrar aulas Escola do Farina, em Cuiabá, para estudantes do terceiro ano do ensino médio e aos que se preparam para o vestibular.

Graduado em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e licenciado em Ciências, Wilson Santos é autodidata em História e ministra aulas de História de Mato Grosso, Brasil e Geral. Ele também abordará o tema “Atualidades” em suas aulas.

Continue lendo

Registro Geral

Impacto do aumento do salário mínimo nas contas dos municípios de MT será de R$ 29 milhões

Publicado

O impacto anual do aumento do salário mínimo em 2020 nas finanças dos municípios de Mato Grosso será de R$ 29 milhões, de acordo com levantamento da equipe técnica da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM. Os dados são baseados na Relação Anual de Informações Sociais – RAIS, da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia.

De acordo com o banco de dados, há 41.649 servidores nos municípios com remuneração vinculada ao salário mínimo, sendo 1.711 ganhando até meio salário mínimo, 6.267 que recebem entre meio e um salário mínimo e 33.671 servidores que possuem remuneração entre um e um salário mínimo e meio. Em 2019 o impacto foi ainda maior, onerando em R$ 38,7 milhões os cofres municipais.

Os valores foram calculados incluindo os encargos, como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, Instituto Nacional do Seguro Social – INSS e salário educação para os funcionários celetistas, e contribuição para o fundo previdenciário próprio, no caso dos servidores sob o regime estatutário.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana