conecte-se conosco


Nacional

Origem de montanha bizarra e inédita encontrada em planeta anão é desvendada

Publicado

Planeta

Ahuna Mons
Dawn Mission/Nasa

O Ahuna Mons em concepção artística: tipo de montanha nunca visto antes, segundo a Nasa

Ahuna Mons, a enorme montanha que domina a paisagem de Ceres (planeta anão de 946 quilômetros de diâmetro entre Marte e Júpiter), teve sua estranha origem desvendada em um estudo internacional recente publicado na revista “Nature Geoscience”, revela o site NBC News. Segundo os pesquisadores, o pico se formou quando uma massa de lama salgada e rochosa do interior do astro rompeu a crosta gelada e congelou.

Segundo os pesquisadores, Ceres é geologicamente ativo, com uma superfície pontilhada de crateras em parte formada por erupções de água líquida. O processo de erupção de substâncias voláteis como água, amoníaco ou metano por vulcões, denominado criovulcanismo, foi observado em vários corpos do Sistema Solar, a começar por Tritão, a maior lua de Netuno.

Com seu cume entre 4 mil e 5 mil metros de altitude, Ahuna Mons foi descoberta em 2015, em meio a imagens da superfície de Ceres feitas pela sonda Dawn, da Nasa. O tamanho do pico isolado e os contornos suaves, totalmente diferentes da aparência em geral esburacada do planeta anão, deixaram os cientistas intrigados.

“Isso é algo que eu nunca vi antes na realidade ou em fotos”, afirmou Wladimir Neumann, cientista planetário do Instituto DLR de Pesquisa Planetária em Berlim-Adlershof e coautor do estudo. Para a Nasa, a “ montanha solitária” de Ceres é “algo que a humanidade nunca viu antes”.

Neumann e os outros membros de uma equipe internacional de pesquisadores liderada por Ottaviano Ruesch, da Agência Espacial Europeia (ESA), estudaram os dados gravitacionais de Ceres obtidos pela Dawn. Os cientistas descobriram uma grande concentração de massa abaixo de Ahuna Mons e, usando modelagem computacional, mostraram que a anomalia gravitacional estava associada a uma coluna de material subsuperficial, provável fonte do fluido salgado que formou a montanha.

A presença de água em estado líquido em Ceres sugere que ela pode ser habitável. Mas para Antonio Genova, geofísico da Universidade de Roma La Sapienza e também coautor do estudo, embora Ceres possa ser “investigada pela possibilidade de habitabilidade”, a pesquisa não forneceu qualquer evidência de vida no planeta anão .

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Domingo será frio e chuvoso em São Paulo

Publicado


source
Chuva em São Paulo
Reprodução: Agência Brasil

Chuva em São Paulo

O domingo (17) será chuvoso e com sensação de frio na capital. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) divulgou que a mínima será de 15ºC e a máxima de 19ºC.

Com as temperaturas mais baixas, a previsão é de fortes pancadas de chuva durante a tarde e a noite neste domingo. A umidade do ar em São Paulo oscila entre 70% e 95%.

Continue lendo

Nacional

Aras nega vaga ao STF e diz que cargo de PGR é “conflituoso”

Publicado


source
André Mendonça e Augusto Aras
Montagem iG / Isac Nóbrega/PR / Jefferson Rudy/Agência Senado

André Mendonça e Augusto Aras

O Procurador-Geral da República (PGR), Augusto Aras, afirmou em entrevista durante o Canal Livre que o presidente Jair Bolsonaro não o convidou para ser ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), na vaga de André Mendonça, ex-AGU (Advogado-Geral da União). Segundo Aras, ele “não se candidatou à vaga no STF”, mas ressaltou: “até o momento”. 

“Quem quer ser ministro do Supremo não pode ser PGR e vice-versa. O cargo de procurador-geral da República é extremamente conflituoso”, afirmou Aras no trecho antecipado pelo Canal Livre.

Aras é o convidado do programa que será exibido neste domingo (17) às 20h no BandNews TV e às 23h30 na Band.

Aras foi ventilado ao cargo após a indicação de André Mendonça empacar na CCJ do Senado nas mãos de Davi Alcolumbre. O nome de Aras é bem visto por políticos do Centrão. 

Leia Também

Sobre as denúncias a serem apresentadas pela CPI da Covid, aras disse que  “serão tomadas todas as providências”.  

“A retórica política cabe aos órgãos éticos disciplinares dos poderes. Do ponto de vista da presidência da República, se houvesse algum tipo de violação, caberia ao Congresso Nacional apreciar o eventual crime de responsabilidade”, afirmou o PGR.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana