conecte-se conosco


Policial

Operações integradas prendem 181 pessoas em flagrante no Estado

Publicado

As forças de segurança de Mato Grosso prenderam 181 pessoas em flagrante e conduziram 122 a delegacias, entre janeiro e março deste ano, durante operações integradas realizadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). O levantamento foi feito pela Coordenadoria de Planejamento e Monitoramento (Coplam), a respeito das atividades desenvolvidas pela Secretaria Adjunta de Integração Operacional (Saiop).

O balanço é resultado das 10 operações integradas que ocorreram no primeiro trimestre de 2019. Foram cinco no mês de março, entre elas a Operação Carnaval que contemplou todo o Estado, e as demais que ocorreram em Colíder, Água Boa, Nova Xavantina, Feliz Natal e Tangará da Serra. Já em fevereiro, ocorreram quatro operações integradas nos municípios de Santo Afonso, Alto Paraguai, Poconé, Várzea Grande e Vila Cardoso. No mês de janeiro, as forças atuaram em uma operação, na cidade de Colniza.

No total, foram empregados 1.497 policiais militares, 511 policiais civis, 1.137 bombeiros militares, 555 servidores da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e 15 do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT). Também houve atuação de 145 pessoas, entre integrantes do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), Centro Integrado de Operações Aéreas e servidores de outros setores da Sesp-MT.

Nestes três meses, as ações resultaram na apreensão de pouco mais de 40kg de drogas e no cumprimento de 48 mandados de busca e apreensão e 14 de mandados de prisão, internação cautelar e prisão temporária. Dos 221 veículos abordados, foram apreendidos 107 e 12 foram recuperados/localizados. Houve também apreensão de 13 armas de fogo. Os integrantes atuaram em 72 ações de bloqueio (inopinada), 71 de saturação (asfixia) 179 de start. A atuação do Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT) nestas operações integradas resultou em 33 ações de fiscalização.

Para o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp-MT, coronel Victor Fortes, os resultados fortalecem o sistema de segurança pública e melhoram as respostas aos anseios da sociedade. “A presença das forças nas ruas, de forma integrada, fortalece a proteção ao cidadão e também reflete em redução de custos, já que os órgãos de segurança não atuam de forma isolada”.

A Saiop desenvolve todo o cronograma levando em consideração as 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (RISPs). “As operações são planejadas de acordo com o trabalho de análise de dados feito pela Inteligência, que consegue identificar os pontos mais sensíveis e problemas específicos de cada localidade do estado que compõe cada uma dessas RISPs”, acrescenta.

Bairro Integrado

A Saiop também coordena outras operações: intermitentes, para grandes eventos, e relacionadas a crises (trabalho especializado para resolução de problemas). No âmbito preventivo, há também a operação Bairro Integrado, que visa levar serviços de segurança e de cunho social às escolas públicas.

Este ano, a iniciativa já ocorreu no município de Água Boa, no dia 28 de março, na Escola Estadual 9 de Julho. O público geral atendido foi de 2.100 pessoas, entre pais e demais moradores do entorno, e 1.770 estudantes. Além da unidade que sediou o evento, participaram alunos da Escola Nova Esperança, Escola Estadual Antônio Grohs e Cooperensino.

Foram realizadas palestras em 15 salas de aula com orientações sobre cidadania. Também foram oferecidos serviços de confecção de RG (18 documentos) pela Politec; 120 atendimentos e orientações pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e 100 pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS); e 200 pela Secretaria Municipal de Saúde.

Nove estudantes que participaram de um concurso de redação ainda foram premiados com sobrevoo de helicóptero pelo Ciopaer. Além destes parceiros, esta edição contou com a participação da PM-MT, PJC-MT, CBM-MT, Detran, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso (OAB-MT), Conselho Tutelar e Câmara Municipal.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Mulher que forjou sequestro para vender camionete e receber seguro é presa em flagrante pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

 

Uma empresária de 28 anos foi autuada em flagrante pela Polícia Civil nesta quinta-feira (02.12) por estelionato e falsa comunicação de crime, após forjar um falso sequestro na cidade de Várzea Grande, durante a madrugada. Ela foi ouvida nesta tarde na Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), após ser localizada conduzindo seu veículo em uma avenida da Capital.

Na madrugada desta quinta-feira, o marido da empresária procurou o plantão da 1a Delegacia de Várzea Grande e registrou um boletim de ocorrência informando que estavam em uma festa, no bairro Nova Várzea Grande, quando sua companheira foi em uma distribuidora de bebidas conduzindo sua caminhonete Hilux e não retornou. Logo depois, ele recebeu imagens em vídeo que supostamente mostravam a mulher encapuzada, sendo mantida em cárcere privado.

Diante da possibilidade de um suposto sequestro, a GCCO passou a apurar a ocorrência e iniciou diligências para esclarecer o crime. No final da manhã, a investigação apontou que a camionete Hillux estava na região do Coxipó. Equipes da unidade foram ao local indicado e encontraram o veículo, sem a placa traseira, e conduzido pela, até então, vítima. Ela foi interceptada quando dirigia a camionete na Avenida Arquimedes Pereira Lima (Estrada do Moinho).

Em entrevista preliminar com os investigadores, ela entrou em contradição várias vezes. Conduzida à GCCO para prestar depoimento, ela acabou confessando, durante o interrogatório, que forjou o sequestro e o roubo do veículo. “Ela contou ainda que o objetivo era comercializar a camionete no mercado clandestino e depois receber o valor do veículo da seguradora”, explicou o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

O veículo foi apreendido e a mulher autuada em flagrante por falsa comunicação de crime e estelionato. Após o interrogatório, ela foi levada para a sede da Polinter e depois será encaminhada para audiência de custódia no Fórum da Capital.

O marido da suspeita prestou declarações e, de acordo com a apuração da GCCO, foi descartada a participação dele nos crimes.

Conforme o delegado Vitor Hugo, a investigação continua para prender os demais envolvidos nos crimes.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Filho que mantinha idosa de 93 anos sob condições insalubres é autuado em flagrante por maus tratos e cárcere privado

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um idoso de 60 anos foi autuado em flagrante pela Polícia Civil, na quarta-feira (01.12), pelos crimes de maus tratos e cárcere privado contra a mãe dele, de 93 anos. O suspeito foi encaminhado ao Plantão 24h de Atendimento a Vítima de Violência Doméstica e Sexual, em Cuiabá, após a mãe ser encontrada em estado bastante debilitado de saúde e sem cuidados.

Vizinhos da idosa denunciaram e a Polícia Militar chegou à residência, no bairro Morada do Ouro, onde foi necessário arrombar a porta para retirar a vítima, que estava em condições insalubres e bastante debilitada.

A idosa foi encontrada em um sofá, sem qualquer cuidado higiênico e sem receber alimentos. O Samu foi acionado para fazer o atendimento e encaminhou a vítima a uma unidade de saúde. Conforme relatório informado ao Plantão de Vítimas de Violência, a idosa apresenta um quadro de desnutrição e desidratação, além de apresentar ferimentos pelo corpo.

O local estava em condições insalubres e na geladeira só havia água e uma marmita com restos de comida azeda.

Quando a idosa estava sendo removida pela ambulância do Samu, o suspeito chegou à residência agressivo e gritando com a mãe, quando então detido e encaminhado ao Plantão 24h da Polícia Civil. Ele foi autuado em flagrante por maus tratos e cárcere privado.

Os crimes serão investigados pela Delegacia Especializada de Delitos Contra a Pessoa Idosa.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana