conecte-se conosco


Polícia Federal

Operação Zoomers investiga fraudes no recebimento de auxílio emergencial e outros benefícios concedidos pelo Governo Federal

Publicado

Nova Iguaçu/RJ – Na manhã desta quarta-feira (1/6), a Polícia Federal deflagrou a Operação Zoomers, visando desarticular associação criminosa, especializada em cometer crimes envolvendo fraudes no recebimento de auxílio emergencial e outros benefícios concedidos pelo Governo Federal e pagos por meio da Caixa Econômica Federal.

Na ação de hoje, cerca 30 policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão nas residências dos alvos, expedidos pela 3ª Vara Federal de São João de Meriti/RJ. Todos os alvos foram localizados no município de Belford Roxo/RJ, na Baixada Fluminense.

As investigações tiveram início em 2021, após o setor de segurança da Caixa Econômica Federal noticiar que dois indivíduos teriam realizado consultas de cerca de 60 CPFs de beneficiários do auxílio emergencial. A partir daí, foram realizadas diversas análises e cruzamento de dados da Base Nacional de Fraudes em Auxílio Emergencial – BNFAE, quando, então, foi caracterizado o envolvimento dos investigados.

As apurações revelaram que os alvos, após obterem os dados das vítimas (beneficiárias de auxílio emergencial), subtraíam os valores das suas contas ou negociavam a venda destes dados nas redes sociais para que outras pessoas, mal-intencionadas, também pudessem praticar os delitos.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato e associação criminosa, sem prejuízo de eventuais outros crimes que possam surgir no decorrer das investigações.

O nome da operação – Zoomers – faz referência à faixa etária dos alvos, todos em torno de 20 anos. A Geração Z ou Zoomers é definição sociológica para a geração de pessoas nascidas, em média, entre a segunda metade dos anos 1990 até o início do ano 2010.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

[email protected] | www.gov.br/pf

(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Polícia Federal

Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Brigada Militar apreendem 500 kg de maconha no Vale do Sinos

Publicado

Porto Alegre/RS – A Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Brigada Militar, em ação integrada de repressão ao tráfico de drogas, apreenderam 500 kg de maconha e prenderam quatro homens em flagrante no município de Dois Irmãos.

Os policiais receberam informações de que um veículo que havia sido carregado com a droga no Paraná estaria se dirigindo à região do Vale do Sinos e iniciaram diligências para interceptar o carregamento.

No início da manhã de hoje (6/7), os policiais identificaram o veículo no momento em que chegava a uma propriedade rural em Dois Irmãos e abordaram o condutor, que foi preso em flagrante. No local, três homens que aguardavam pela droga, um deles armado, também foram presos.

Na ação, foram apreendidos quatro veículos, um deles clonado, uma pistola 9 mm, munições, telefones celulares e aproximadamente 50 galos de rinha.

Os presos do Rio Grande do Sul (3) e de Santa Catarina (1) foram conduzidos à Superintendência da Polícia Federal em Porto Alegre e indiciados por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Posteriormente, serão encaminhados ao sistema penitenciário, onde permanecerão à disposição da Justiça Estadual do Rio Grande do Sul.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul

Contato: (51) 3235.9005/99717.3040

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Polícia Federal

PF prende idoso com quase 3 kg de cocaína

Publicado

Guarulhos/SP – A Polícia Federal apreendeu nesta quarta-feira (6/7), no Aeroporto Internacional de São Paulo, quase três quilos de cocaína com passageiro de voo internacional.

Um passageiro, nacional da Bélgica, de 65 anos, foi conduzido à delegacia da PF após os policiais identificarem, por meio do raio-x, substância orgânica oculta nas estruturas de sua mala.

O homem disse aos policiais que, em razão de informações recebidas por e-mails, veio ao Brasil para assinar os papéis referentes a uma suposta herança deixada por um parente desconhecido.

Como, em razão de falência, foi informado que estava em dívida com a Receita de seu país, disse ter vindo ao Brasil sem pensar muito, pois suas despesas aéreas e estadias foram pagas previamente. Ao chegar ao Brasil, foi contatado por uma pessoa que, por fim, lhe entregou a mala. Na mala transportada pelo passageiro, foram encontrados, fixados às estruturas, dois volumes contendo quase três quilos de cocaína. O homem foi preso em flagrante.

O suspeito será apresentado à Justiça Federal, onde responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212

Fonte: Polícia Federal

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana