conecte-se conosco


Polícia Federal

Operação Tifeu combate lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas

Publicado

São Paulo/SP – A Polícia Federal deflagrou nesta manhã (17/3) a Operação TIFEU, decorrente de mais um desdobramento da denominada Operação Spectrum, deflagrada em julho de 2017, na qual foi preso mega traficante de drogas. Esta fase é continuidade do trabalho de desmantelamento de complexa organização criminosa – ORCRIM, especializada em tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

Cerca de 80 policiais federais estão cumprindo 33 ordens judiciais, sendo 24 mandados de busca e apreensão e 9 mandados de prisão temporária, nos estados do Paraná, São Paulo, Rondônia, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

Durante a investigação conduzida pela PF, foi apurado que membros da ORCRIM de origem estrangeira vinham até o território brasileiro para, em conjunto com nacionais, organizarem a remessa de cocaína por meio marítimo. A droga era remetida para Bélgica oculta em cargas de pedras. Por intermédio de cooperação policial internacional, uma carga de cocaína de duas toneladas foi apreendida no Porto de Gent/Bélgica.

Materializado o delito de tráfico internacional de drogas, as investigações financeiras subsequentes descortinaram um possível esquema de lavagem de dinheiro, onde foram identificadas empresas ligadas ao grupo criminoso, que movimentavam grandes valores financeiros. De acordo com o que foi apurado, apenas uma das empresas ligada a organização criminosa apresentou movimentação financeira de mais de R$ 1 bilhão, a crédito, em cerca de 4 anos, destacando-se o fato de haver várias origens suspeitas.

Apura-se, ainda, o vazamento de informações sigilosas por um escrevente autorizado de cartório de notas para um dos investigados, com possível embaraço às investigações.

As ações reforçam a diretriz de atuação da Polícia Federal relativa a desestruturação das grandes organizações criminosas, com a responsabilização penal de seus integrantes e a compressão dos recursos patrimoniais, garantindo que os bens e valores obtidos com as práticas ilícitas retornem ao Estado e à sociedade.

Por suas condutas, os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de Tráfico Internacional de Drogas e Associação para o Tráfico (Lei 11.343/06), Organização Criminosa (art. 2º da Lei nº 12.850/2013) e lavagem de dinheiro (Lei 9.613/98).

Os presos serão conduzidos às respectivas Superintendências da Polícia Federal nos estados onde forem encontrados e permanecerão à disposição da Justiça Federal.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

Contato: (11) 3538-5013

 

 

*** O nome da Operação, Tifeu, vem da mitologia grega, que significa o gigante responsável pelos ventos ferozes e violentos, numa analogia ao poder da organização criminosa de transportar drogas do continente sul americano para o europeu e movimentação financeira bilionária.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF investiga desvio de recursos destinados à compra de respiradores em Fortaleza/CE

Publicado


.

Fortaleza/CE – A Polícia Federal, em parceria com o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União deflagrou, na manhã desta segunda-feira (25/5), a Operação DISPNÉIA. Estão sendo cumpridos oito Mandados de Busca e Apreensão em domicílios, empresas e órgãos públicos em Fortaleza/CE e São Paulo/SP.

 Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Ceará, após representação decorrente de Inquérito Policial que apura malversação e desvio de recursos públicos federais, bem como crimes previstos na lei de licitações, na aquisição de equipamentos respiradores em dois procedimentos de dispensa de licitação realizados pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza/CE. A PF investiga a contratação de uma empresa paulista de duvidosa capacidade técnica e financeira para entrega dos equipamentos.                   

A investigação identificou indícios de que, além da ausência de capacidade técnica e financeira da empresa contratada, houve superfaturamento dos valores pagos pelos equipamentos, que atingiram o montante de R$ 34,7 milhões. Comparando-se com outras aquisições de equipamentos com a mesma especificação durante o período de pandemia, chegou-se a indícios de um potencial prejuízo financeiro de até R$ 25,4 milhões aos cofres públicos.

 A operação policial se desenvolve sem quaisquer prejuízos à continuidade do serviço público de saúde, inclusive, não estão sendo apreendidos equipamentos que são utilizados para o atendimento à população na rede hospitalar.

Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelo crime de peculato, tipificado no artigo 312 do Código Penal e pelo crime de dispensa irregular de licitação, previsto no artigo 89 da Lei 8.666/83.

Será concedida entrevista coletiva à imprensa, nesta segunda-feira, 25/05, às 10h30min na Sede da Superintendência da Polícia Federal no Ceará, Av. Borges de Melo, 820, Fátima.       

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (85) 3392-4867/9.8970-0624

 

***O nome da operação remete ao nome técnico dado a um sintoma comum dos afetados pela COVID-19: a dificuldade de respirar.

Continue lendo

Polícia Federal

Policiais fazem apreensão de 3 veículos carregados com 200 caixas de cigarros

Publicado

 

.

 Na noite desta sexta-feira, dia 22/05, mais um trabalho foi realizado por equipes que participam da OPERAÇÃO HÓRUS, integrada pela POLÍCIA FEDERAL, CAOP/PF, COBRA/BPFRON/PMPR, PRF, TIGRE/PCPR, GOA/PCPR, BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Durante patrulhamento na zona rural de Guaíra/PR, policiais visualizaram movimentação suspeita e resolveram realizar aproximação para melhor fiscalização.

Na tentativa de abordagem, os criminosos tentaram empreender fuga, mas os veículos ficaram atolados, e a equipe policial logrou êxito em realizar a apreensão de três veículos carregados com aproximadamente de 200 caixas de cigarros paraguaios.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal de Guaíra, para os procedimentos de praxe.

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Contato: (44) 3642-9131

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana