conecte-se conosco


Polícia Federal

Operação Quebracho combate crime ambiental em Reserva Kadiwéu

Publicado

Campo Grande/MS – A Polícia Federal, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Fundação Nacional do Índio (Funai) deflagraram na segunda-feira (9/9), uma operação conjunta denominada QUEBRACHO na terra indígena KADIWÉU, localizada na Serra da Bodoquena, nos municípios de Corumbá/MS e Porto Murtinho/MS.

A operação tem por objetivo coibir o desmatamento na região, o uso de fogo de forma ilegal e a exploração irregular de madeira em sete propriedades rurais objeto de retomadas pelos indígenas, as quais se encontram arrendadas para terceiros. Os agentes da PF, Ibama e Funai permanecerão na Aldeia Kadiwéu em execução da OPERAÇÃO QUEBRACHO até sexta-feira, 13/9.

A partir de informações recebidas pela Polícia Civil, versando sobre a existência de exploração ilegal de madeira em fazendas da região, foi iniciada uma investigação com o uso de ferramentas como o geoprocessamento, a qual confirmou a existência de pequenas clareiras e pontos de exploração ilegal de madeira na área indígena. O passo seguinte foi o deslocamento de policiais federais e integrantes do Ibama e da Funai para identificar a autoria e a materialidade dos crimes ambientais eventualmente cometidos, autuar responsáveis legais pelas propriedades e apreender madeiras e equipamentos ilícitos.

Até o presente momento, já foram identificados acampamentos com exploração ilegal de madeira e pequenos desmatamentos que resultaram na apreensão e 700 lascas de ipê, resultando em multa de mais de R$ 3 mil ao posseiro da propriedade. Restaram apreendidas motosserras, corrente de arrastão, motos e armas de fogo. Ainda foi identificada a presença de indivíduos que não pertenciam a etnias indígenas, os quais estavam realizando corte seletivo das árvores, alegando ter sido contratados pelos indígenas.

A operação foi batizada de QUEBRACHO em razão do nome popular de uma espécie de madeira muito explorada na região de Porto Murtinho/MS, a qual é muitas vezes comercializada como aroeira, devido à semelhança entre as espécies.

 

Contato: (67) 3368-1105

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia Federal

PF prende uma pessoa por compartilhamento de pornografia infantil

Publicado


Maringá/PR – A Polícia Federal cumpriu na tarde desta sexta-feira (15/10) um mandado de busca e apreensão, expedido em inquérito que tinha por objetivo investigar o compartilhamento de arquivos de pornografia infantil na internet.

Durante o cumprimento do mandado, foi realizada a prisão em flagrante de um indivíduo de 44 anos de idade, morador da cidade Maringá/PR, por posse e compartilhamento de pornografia infantil. Em verificação preliminar, foi constatado que ele armazenava mais de 7500 de arquivos de imagens e vídeos relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Os materiais apreendidos serão submetidos a perícia técnica, a fim de que a investigação tenha continuidade em busca de informações que possam indicar o envolvimento do preso com a prática de outros crimes.

O indivíduo foi preso em flagrante pelos crimes de posse e armazenamento de arquivos de pornografia infantil, condutas tipificadas nos art. 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e Adolescente.

Comunicação Social da Polícia Federal em Maringá/PR

Contato: (44) 3220-1436

Continue lendo

Polícia Federal

PF recaptura fugitivo investigado na Operação Grande Família, no Piauí

Publicado


Teresina/PI – A Polícia Federal deflagrou nesta tarde (15/10) a Operação Desgarrado, com o fim de recapturar um condenado da Justiça que fugiu da Casa de Custódia de Teresina no dia 02 de abril de 2021.

O fugitivo foi condenado pelos crimes de estelionato qualificado e organização criminosa, em ação penal que tramitou na 1ª Vara Federal de Teresina, decorrente das investigações realizadas na Operação Grande Família, deflagrada no dia 15 de maio de 2019.

Foram cumpridos dois mandados judiciais expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Federal de Teresina/PI, sendo um mandado de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão em residência localizada em São Luís/MA.

O foragido foi preso e durante as buscas foram apreendidos dois aparelhos celulares utilizados por ele. O preso será interrogado e posteriormente será recolhido ao Sistema Prisional para cumprimento de sua pena, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal.

Comunicação Social da Polícia Federal no Piauí

Contato: (86) 2106-4937/99451-8529

E-mail: [email protected]

***O nome da Operação Desgarrado decorre do fato de o preso já ter realizado outras fugas do Sistema Penal.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana