conecte-se conosco


Polícia Federal

Operação Narcos desarticula esquema internacional de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas e armas

Publicado

Florianópolis/SC – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta (13/2) a Operação Narcos, cujo objetivo é desmantelar organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e armas, a esquemas de lavagem de dinheiro e ligada à facção criminosa. Durante a operação, a PF contou com apoio da Polícia Rodoviária Federal, da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC e da Polícia Civil.

Policiais federais deram cumprimento a 24 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão – 16 preventivas e uma temporária, sendo quatro preventivas referentes a indivíduos que já se encontram presos –, em endereços nos Estados de Santa Catarina (Balneário Camboriú, Bombinhas, Brusque, Canelinha, Florianópolis, Itapema e Porto Belo), Bahia (Eunápolis e Porto Seguro), Minas Gerais (Governador Valadares), Espírito Santo (Linhares) e Rio Grande do Sul (Canoas).

No curso do trabalho investigativo, identificou-se que integrantes do grupo criminoso possuíam patrimônios milionários registrados em seus próprios nomes e no de terceiros (parentes, empresas e outros ‘laranjas’), razão que levou à decretação de sequestro de imóveis, vários de alto padrão, incluindo apartamentos em Itapema/SC, Bombinhas/SC, Porto Belo/SC e um sítio em Canelinha/SC. Também foram sequestrados automóveis de alto valor e determinado o bloqueio de contas de 25 investigados.

De acordo com o que foi apurado pela PF durante a investigação, o grupo criminoso atuava em vários estados do País. Ele utilizava pequenas aeronaves e aeródromos para trazer drogas da Bolívia de forma clandestina, com posterior revenda no mercado interno ou envio para outros países por meio de transporte marítimo, a partir de portos localizados em Santa Catarina e em outros estados do país.

Quase duas toneladas de cocaína foram apreendidas durante a investigação, bem como 12 aeronaves, o que resultou na prisão em flagrante de alguns integrantes do grupo, tendo, inclusive, um dos seus líderes sido preso em meados de 2019 no Pará. A apuração colheu fortes indícios de que a quadrilha fazia parte de uma facção criminosa e também atuava no contrabando de armas de calibre restrito.

As ações têm por objetivo a desestruturação do grupo criminoso, com a responsabilização penal de seus integrantes e a constrição de recursos patrimoniais, garantindo que os bens e valores obtidos com as práticas criminosas retornem ao Estado e à sociedade.

 Por suas condutas, os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de tráfico de drogas (art. 33 da Lei nº 11.343/2006), associação para o tráfico (art. 35 da Lei nº 11.343/2006), organização criminosa (art. 2º da Lei nº 12.850/2013) e de lavagem de dinheiro (Lei 9.613/98), cujas penas somadas podem ultrapassar 30 anos.

Será concedida entrevista coletiva às 10h30min na sede da Delegacia de Polícia Federal em Itajaí/SC (Rua 15 de Novembro, 348, Centro, Itajaí/SC, tel. 47-3249.6700).

 Comunicação Social da Polícia Federal em Santa Catarina

[email protected]| www.pf.gov.br

 (48) 3281-6694

 

 

Cumprimento de mandados judiciais por local:

 

Local

Mandado de Busca/Apreensão

Mandado de Prisão

Balneário Camboriú/SC

1

1

Bombinhas/SC

2

2

Brusque/SC

1

 

Canelinha/SC

1

 

Florianópolis/SC

1

1

Itapema/SC

6

2

Porto Belo/SC

3

1

 

 

 

Canoas/RS

1

1

 

 

 

Eunápolis/BA

2

1

Porto Seguro/BA

1

1

 

 

 

Linhares/ES

1

 

 

 

 

Governador Valadares/MG

4

3

 

 

 

Sistema prisional (indivíduos já presos)

 

4

TOTAL

24

17

 

 

 

 

 

 

Fonte: Polícia Federal
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

Ministro da Justiça e Segurança Pública visita a sede da PF na Paraíba

Publicado

João Pessoa/PB – A Superintendência Regional da Polícia Federal na Paraíba recebeu, na manhã de hoje, 17/02, a visita institucional do Ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro.

Na comitiva do ministro estavam o Diretor-Geral da Polícia Federal – Maurício Leite Valeixo, o Diretor de Combate ao Crime Organizado – Igor Romário de Paula, o Diretor Técnico Científico – Fábio Augusto da Silva Salvador e o Chefe de Gabinete – Umberto Ramos Rodrigues.

O Ministro e o Diretor-Geral foram recepcionados pelo Superintendente Regional André Viana Andrade, que os levou para conhecer as instalações da nova sede da Polícia Federal na Paraíba.

Ainda pela manhã, foi realizada uma entrevista coletiva, onde o Ministro e o Diretor-Geral reforçaram o apoio aos trabalhos que estão sendo realizados pela Polícia Federal na Paraíba.

Comunicação Social da PF na Paraíba

 

Fonte: Polícia Federal
Continue lendo

Polícia Federal

Nota à Imprensa

Publicado

Brasília/DF – A Polícia Federal esclarece, em relação a matéria intitulada “PF avisa STF que ministros podem ser alvo de ataque terrorista”, publicada na data de hoje, no sítio eletrônico do Jornal Folha de S.Paulo, o que segue:

Nas últimas semanas, monitoramentos de rotina, realizados pela PF, encontraram trocas de mensagens, via DeepWeb, com ofensas e ameaças a autoridades da República (Ministros do Supremo Tribunal Federal).

Tais ameaças eram genéricas e não traziam indícios de qualquer planejamento elaborado de possível atentado.

Todavia, cumprindo seu papel institucional e de forma preventiva, a PF informou ao Ministro Alexandre de Moraes, no âmbito do Inquérito n.º 4781, sobre a existência de tais mensagens.

As investigações, a cargo da PF, seguem em sigilo e tramitam com o objetivo de identificar os responsáveis pela difusão de tais mensagens.

Comunicação Social da PF

Fonte: Polícia Federal
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana