conecte-se conosco


Polícia Federal

Operação MD II combate tráfico de drogas via Correios

Publicado

São Luís/MA – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (15/5), na ilha de São Luís, a 2ª Fase da Operação “MD”, com o objetivo de desarticular um grupo criminoso especializado no tráfico de drogas utilizando-se dos Correios.

Policiais federais cumpriram 5 mandados de prisão temporária e 4 mandados de busca e apreensão, em São Luis/MA. As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Estadual do Maranhão, com o objetivo de colher provas da materialidade do crime e subsidiar as investigações.

A partir dos interrogatórios da 1ª Fase e da análise de algumas mídias, a PF identificou mais integrantes do grupo criminoso especializado na distribuição de drogas conhecidas como ecstasy e LSD, além de cocaína, skunk e maconha, em festas na capital maranhense, especialmente em eventos de música eletrônica, onde há grande concentração de jovens.

A equipe de investigação interceptou várias encomendas, contendo as substâncias entorpecentes que chegavam até os investigados, via postal, oriundas dos Estados Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso do Sul.

Leia Também:  PF apreende uma lancha e cigarros contrabandeados do Paraguai

Os envolvidos foram conduzidos à Superintendência de Polícia Federal no Maranhão, onde serão indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, crimes previstos nos arts. 33 e 35 da Lei nº 11.343/06. Caso sejam condenados, responderão por penas que chegam até 15 anos de reclusão.

 

***A presente fase da Operação “MD” trata-se de continuação da anteriormente deflagrada em 16/04/2019. Vale destacar que “MD” são as letras iniciais da substância (metileno-dióxido) que compõe o ecstasy, uma das principais drogas traficadas pelo grupo criminoso.

Fonte: Polícia Federal
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF prende foragido colombiano

Publicado

Belo Horizonte/MG – Nesta terça-feira (28/1), a Polícia Federal prendeu um fugitivo internacional, de nacionalidade colombiana, em cumprimento a mandado judicial de prisão, para fins de extradição, expedido pelo Supremo Tribunal Federal. O estrangeiro vinha se escondendo em Belo Horizonte e tinha contra si difusão vermelha da Interpol.

O preso, de 57 anos, integrava a lista de procurados internacionais da Interpol e estava foragido desde 1994, tendo sido posteriormente condenado na Colômbia a uma pena de 27 anos pelos crimes de estupro e homicídio de uma jovem numa cidade colombiana. O suspeito fugiu para o Brasil e, já em 1995, adquiriu documentos falsos, conforme comprovado em Laudo Pericial Papiloscópico da Polícia federal. Em Belo Horizonte, o fugitivo constituiu família e teve filhos brasileiros. Há indícios de que, durante todo esse tempo, o preso teria continuado a praticar crimes, usando sua identidade falsa, razão pela qual responde a inquérito policial na Superintendência de Polícia Federal em Minas Gerais.

Ao ser abordado por policiais federais, para cumprimento do mandando judicial de prisão, o homem apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação falsa. Se for condenado no Brasil por esse crime, ele poderá cumprir até cinco anos de reclusão.

Leia Também:  PF apreende uma lancha e cigarros contrabandeados do Paraguai

Após exames de corpo e delito, o preso foi conduzido para a penitenciária Nelson Hungria, onde aguardará sua extradição para cumprimento da pena na Colômbia.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected] | www.pf.gov.br

Contato: (31) 3330-5270

Fonte: Polícia Federal
Continue lendo

Polícia Federal

PF combate o tráfico internacional de drogas no Aeroporto de Confins

Publicado

Belo Horizonte/MG – No sábado (25/1), a Polícia Federal prendeu em flagrante um homem por tráfico internacional de drogas.

A ação ocorreu quando ele desembarcava no Aeroporto Internacional de Confins/MG de voo oriundo de Goiânia/GO e com destino à cidade portuguesa de Lisboa. O suspeito carregava cerca de 2 kg de cloridrato de cocaína dissimulados em um fundo falso de sua mala, que havia sido despachada. A posse das drogas foi descoberta durante fiscalização sobre o tráfico de drogas, quando a mala passava pelo aparelho de raios X. O homem, de 44 anos, é natural de Cocalinho/MT e trabalha como pedreiro.

O preso foi encaminhado à Penitenciária Nelson Hungria, na Capital, onde permanecerá à disposição da Justiça Federal. Se for condenado, poderá cumprir até 15 anos de reclusão.

Nos últimos anos, a Polícia Federal tem intensificado os trabalhos de fiscalizações dos voos internacionais e domésticos no Aeroporto de Confins, o que tem propiciado o aumento de apreensões de drogas no aeródromo. Esta já é a segunda prisão realizada em 2020.

Leia Também:  Polícia Federal prende homem pelo crime de moeda falsa

Qualquer pessoa pode colaborar com a Polícia Federal, prestando informações que ajudem no combate aos crimes, sendo sempre mantido o sigilo da fonte.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected] | www.pf.gov.br

Contato: (31) 3330-5270

Fonte: Polícia Federal
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana