conecte-se conosco


Policial

Operação integrada cumpre 23 mandados em Sto Antônio, Barão e Chapada

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma varredura foi realizada na manhã desta sexta-feira (12.07) nos municípios de Santo Antônio do Leverger (34 km ao Sul) e Barão de Melgaço (113 km ao Sul),  e Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte), na operação Dercarte I,  das Polícias Civil e Militar, com foco na repressão ao crime organizado. Foram cumpridos dezenove mandados de busca e apreensão e quatro de prisão, totalizando 23 ordens judiciais.

Ainda na madrugada, o efetivo de mais de 70 policiais, entre militares e civis, de Delegacias da Polícia Civil e da Polícia Militar (1° Comando Regional/3° CIPM/Força Tática/canil BOPE), seguiram aos três municípios depois de reunirem na Companhia da Polícia Militar do Parque Cuiabá.

Em Chapada dos Guimarães foram conduzidos dois homens de 29 e 34 anos. Na cidade foram apreendidos uma porção de  maconha, um simulacro de pistola, uma caixa de cigarros análogo à maconha, um simulacro, um tambor de munições de revólver.

Em Santo Antônio do Leverger, um casal, ele de 34 anos, e ela de 20 anos, foram presos. A operação no município resultou na apreensão de 1 pistola 380,  1 revólver 38,  dois automóveis,  1 moto, 3 celulares, 1 tablet, 1 equipamento de som de carro, 11 porções análoga a maconha e dinheiro trocado.

Leia Também:  Em sete meses, 1,3 mil armas de fogo foram retiradas das mãos de criminosos em MT

Já em Barão de Melgaço, uma pessoa foi presa e apreendidos uma motosserra, várias porções de maconha, 9 celulares, 1 notebook e 4 pendrives.

O delegado da Polícia Civil, Claudio Victor Freesz, que responde por Santo Antônio do Leverger e Barão de Melgaço, disse que operação é o primeiro passo para minimizar a ação de organizações criminosas na região.  “Essa operação  integrada entra a Polícia Judiciária Civil e a Polícia Militar é fruto de investigação que começou há cerca de 3 meses”, pontuou.

O tenente coronel, André Avelino Figueiredo Neto, comandante do 1º Comando Regional, em substituição legal, destacou a integração das forças policiais, tanto da Polícia Civil quanto da Polícia Militar, em esforços para garantir a segurança e tranqüilidade dos moradores das três localidades.

“Além da parte repressiva, o fator preventivo reflete nos índices de criminalidade em toda a região. E essa operação foi baseada em estatísticas que apontou alguns picos de ocorrência, o seu resultado teve repercussão nos municípios da região, dando  impacto social grande”, disse.

Em complemento a operação, o delegado ressaltou um trabalho que vem sendo desenvolvimento em Barão de Melgaço, para coibir a prática de crimes na cidade. Ele explicou que a Polícia Civil, por não ter delegacia funcionando no município, está com uma sala integrada na unidade da Polícia Militar, para o atendimento aos moradores e confecção de boletins de ocorrências.

Leia Também:  Policiais civis localizam mais um foragido da justiça

Outro trabalho importante, destaca o delegado, são as câmeras de vigilâncias, cujo monitoramento está ajudando na identificação de placas de veículos, pessoas e comportamento estranho de pessoas suspeitas, em que são feitos relatórios de inteligências para que sejam feitas operações como a de hoje.

 

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de três envolvidos em furto de veículos de concessionária em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Três membros da organização criminosa envolvida no roubo e receptação dos veículos de uma concessionária em Várzea Grande tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (14.11), em ação realizada pela Divisão de Roubos e Furtos, Divisão de Homicídios e 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres (228 km a Oeste de Cuiabá).

As ordens de prisão preventiva foram cumpridas contra os suspeitos, J.B.O, conhecido como “Barriga”, G.S.F. e J.M.F., por envolvimento em crimes de receptação e associação criminosa.

A ação criminosa ocorreu na madrugada de 21 de outubro em uma empresa localizada no bairro Construmat, em Várzea Grande, quando criminosos invadiram a empresa e subtraíram 16 veículos. No mesmo dia, as forças policiais localizaram os primeiros veículos.

A Polícia Militar encontrou os carros nos bairros Parque Atalaia, Jardim Humaitá, Jardim União e Parque Cuiabá, em Cuiabá, e no bairro da Manga, em Várzea Grande. Os outros seis foram localizados pela Polícia Civil em Cáceres e Barra do Bugres.

Em Cáceres, os veículos foram localizados em uma residência no bairro Rodeio, sendo constatado em investigação, que o imóvel foi alugado pelos três suspeitos. Diante das evidências, foi representado pelos mandados de prisão contra os envolvidos, os quais foram decretados pela Justiça e cumpridos na quinta-feira (14).

Leia Também:  Suspeito de crimes foge de abordagem, colide veículo e é preso após se esconder em mata

No momento da prisão, o suspeito J.B.O. fez várias ameaças aos policiais que davam cumprimento a ordem judicial, dizendo que “a prisão não ficaria barata e que ele tomaria providências de dentro da cadeia”.

 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Policial

Operação de combate ao tráfico cumpre buscas e prende 11 pessoas em Nova Xavantina

Publicado

Seis mandados de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos em uma operação integrada deflagrada pela Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, nesta quinta-feira (14.11), no município de Nova Xavantina (645 km a Leste de Cuiabá). O trabalho resultou na prisão em flagrante de 11 pessoas (7 homens e 4 mulheres) além da condução de menores de idade que davam apoio a atividade ilícita.

Segundo o delegado responsável pela operação, Raphael Diniz Garcia, a ação foi desencadeada com objetivo de combater uma facção criminosa envolvida com o tráfico de drogas na região, sendo realizada a apreensão de dois veículos usados pelo grupo, entorpecentes e diversos objetos de origem ilícita.

“Além de atuar com o comércio ilícito de entorpecentes, foi constatado que o grupo também fazia a aliciamento de menores de idade para atuar na prática criminosa”, disse o delegado.

A operação foi deflagrada com base em investigações da Polícia Civil de Nova Xavantina que identificou a atuação da associação criminosa com o comércio de entorpecentes no município. Com base nos levantamentos, foram identificados endereços ligados a membros da facção, assim como pontos de venda de entorpecentes.

Leia Também:  Polícia prende, finalmente, traficante tido como o "terror do Dom Aquino"

Durante os trabalhos, foram apreendidos dois veículos utilizados pela facção, sendo um veículo Chevrolet Monza, e uma motocicleta furtada no município de Novo São Joaquim, que estava com placas adulteradas, além de um revólver calibre 38.

Nos endereços, também foram apreendidos entorpecentes, sendo além 1,3 quilo de pasta base de cocaína, várias porções de maconha, dinheiro trocado característico da atividade de tráfico, balanças de precisão e outros apetrechos, além de diversos aparelhos eletrônicos, comprovadamente produtos de roubos/furtos no município.

No total, foram conduzidos a Delegacia de Nova Xavantina 7 homens e 4 mulheres, que após serem interrogados foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. Os menores conduzidos para prestar esclarecimentos foram ouvidos e liberados.

Participaram da operação, policiais civis e militares de Nova Xavantina, com apoio da Força Tática de Água Boa sob a coordenação do delegado Raphael Diniz Garcia e do Comandante Couto, da Polícia Militar.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana