conecte-se conosco


Polícia Federal

Operação Hórus apreende cigarros paraguaios

Publicado

Guaíra/PR – Na quinta-feira (7/10), mais uma apreensão foi realizada por equipes que participam da OPERAÇÃO HÓRUS, integrada pela POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON/PMPR, POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL (PRF), BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Durante patrulhamento de rotina no lago Itaipu, policiais federais avistaram uma embarcação com dois suspeitos que transportavam caixas de cigarros paraguaios. Ao avistarem a lancha da PF, eles efetuaram disparos com arma de fogo, que foi prontamente revidado pelos policiais federais.

Os envolvidos conseguiram chegar à margem e empreenderam fuga pela mata, não sendo localizados.

A embarcação transportava cerca de 30 caixas de cigarros paraguaios.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra, para os procedimentos de praxe.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR
Disque denúncia: (44) 3642-9131

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia Federal

PF deflagra 2ª fase da operação Carrossel para investigar roubos em agências dos Correios

Publicado


.

João Pessoa/PB – Hoje (2/6), a Polícia Federal, em continuidade às diligências iniciadas na sexta-feira (29/5), deu cumprimento a mais mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados à Operação Carrossel, na Paraíba.

As ações policiais de hoje ocorreram exclusivamente no Rio Grande do Norte, dando-se cumprimento a um mandado de busca e apreensão na cidade de Extremoz/RN e a dois mandados de prisão preventiva para um suspeito custodiado na Cadeia Pública de Ceará-Mirim/RN.

As ordens judiciais de prisão foram expedidas em razão da atuação do detento nos roubos à mão armada contra as agências dos Correios de Soledade/PB, em outubro de 2019, e Taperoá/PB, em janeiro deste ano. Seu comparsa já havia sido preso na cidade de Mossoró/RN, em 29.05.2020, acusado dos mesmos crimes e, ainda, de um segundo roubo à agência dos Correios de Taperoá/PB, em 31.01.2020.

No total, somando-se as diligências ocorridas em ambas as datas (29.05.2020 e 02.06.2020), a Polícia Federal procedeu a buscas em seis endereços nas cidades de Mossoró/RN, João Pessoa/PB e, agora, Extremoz/RN, bem como deu cumprimento a cinco mandados de prisão para dois indivíduos (três, para um; dois, para outro) pelos crimes mencionados.

A participação dos criminosos em outros delitos de mesma natureza (roubos à mão armada contra agências dos Correios) continua sendo apurada e não se descarta a solicitação de novas medidas judiciais pela Polícia Federal.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba
Telefone: (83) 3565-8510

Continue lendo

Polícia Federal

PF prende falso médico que atuava nem hospital do interior de São Paulo

Publicado


.

Guarulhos/SP – A Polícia Federal prendeu na noite do domingo (31/5) um brasileiro que atuava como médico, usando documentos de um colombiano que já exerceu a profissão no país.

A PF recebeu informações de médicos, que trabalham em um hospital da baixada santista, acerca das desconfianças sobre as atitudes e prescrições feitas por um colega de trabalho que atuava no atendimento a vítimas do novo covid-19.

Os policiais realizaram pesquisas em fontes abertas da Colômbia e Brasil e obtiveram sucesso em contatar o verdadeiro médico, que se encontra naquele país e já havia feito boletim de ocorrência pelo furto de seus documentos.

De posse das informações e com o apoio da Polícia Militar, foi realizada diligência junto ao hospital em que o falso médico atuava resultando na prisão do indivíduo. Após a prisão do homem, que esboçou tentativa de evasão, e feita a sua identificação, os policiais federais descobriram que o mesmo já havia sido preso por atuar como professor de direito sem a devida habilitação. O homem, por meio de documentos falsos, havia obtido os registros legais que o habilitavam para o exercício da medicina. O preso foi entregue à Polícia Civil da região onde o caso foi registrado.

O suspeito foi indiciado e responderá pelos crimes de exercício ilegal da função de Medicina e falsidade ideológica.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Guarulhos 

Contato: (11) 2445-7969

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana