conecte-se conosco


Policial

Operação desarticula atuação de grupo que utilizava licença falsa para exploração ambiental em Nova Lacerda

Publicado


Camila Molina/Polícia Civil-MT

Uma operação conjunta da Polícia Civil e da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (06.05) para desarticular a atuação de grupo envolvido com crime ambiental de exploração de minérios na região de Nova Lacerda. A ação resultou na apreensão de diversos maquinários e mais de 30 pessoas conduzidas à delegacia. O material apreendido na operação ainda está sendo contabilizado pelas equipes. 

A operação deflagrada pela Delegacia de Comodoro em parceria com a Sema conta com a participação das equipes da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema), Gerência de Operações Especiais (GOE), policiais das Delegacias de Pontes e Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade, Campos de Júlio, além do apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPaer).

As investigações iniciaram após a Polícia Civil de Comodoro receber informações de que algumas pessoas estavam utilizando uma licença de exploração falsa, que deveria ser emitida pela Sema, para iniciar a exploração do solo de uma região na zona rural de Nova Lacerda. 

Em posse da licença falsa, os suspeitos chegaram a fechar um contrato com o proprietário da terra e já estavam atuando com a exploração da vegetação, modificação do solo, jogando detritos e fazendo a exploração de minérios, através da atividade de garimpo ilegal. 

Com base nas informações, as equipes da Polícia Civil de Comodoro e Vila Bela da Santíssima Trindade iniciaram as investigações, conseguindo junto a Sema um despacho da secretaria com elementos que identificam que a licença de operação apresentada pelos suspeitos é falsa. Entre os ítens apontados estão data, assinatura e alguns elementos específicos que comprovam a falsificação do documento. 

Dando continuidade as investigações, os policiais iniciaram os trabalhos de campo, sendo determinado que as equipes fizessem o levantamento de área, sendo identificado três principais pontos em que o grupo mais se concentra. Nos locais de atuação dos suspeitos, foi identificada a presença de maquinários, pás carregadeiras, caminhonetes, bombas d’água e ferramentas.

O delegado responsável pela investigação, João Paulo Berté, em consulta junto ao setor específico da Sema que mexe com a parte mineral, foi novamente confirmado que não existe licença para exploração do local onde foi feito o levantamento. 

“Desta forma fica caracterizado que todas as pessoas que estão na área, atuando com a exploração mineral e vegetal, estão em situação de flagrante de crime ambiental que está ocorrendo na região”, destacou. 

Mais de 30 pessoas foram  conduzidas para a Delegacia de Comodoro pra prestar esclarecimentos sobre os fatos e responderão por crime ambiental.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Mulher é presa em flagrante pela Polícia Civil com munições 9mm e mais de R$ 4 mil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Uma mulher de 21 anos foi presa em flagrante na tarde desta quarta-feira (16), em Rondonópolis, com 100 munições de calibre 9 milímetros. Com a suspeita, os policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos também apreenderam R$ 4,2 mil.

O material foi localizado em uma quitinete, na Avenida Ponce de Arruda, na área central de Rondonópolis. Os investigadores chegaram ao endereço durante apuração sobre movimentação suspeita no local, de que a mulher estaria a serviço de uma facção criminosa.

Ao abordá-la nesta quarta-feira, os policiais encontraram dentro da quitinete as munições e o dinheiro, em notas graúdas.

A suspeita informou que receberia mensalmente uma quantia para guardar o dinheiro para outras pessoas. Na casa também foram localizadas anotações sobre movimentação de valores da facção.

A mulher foi conduzida à sede da Derf e autuada em flagrante pelo crime de posse ilegal de munição.A investigação da DERF prossegue para identificar a origem da munição e outros possíveis envolvidos.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeitos em chácara utilizada para armazenamento de drogas em Várzea Grande

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Duas pessoas flagradas em uma chácara utilizada para armazenamento de drogas foram presas em flagrante pela Polícia Civil, durante investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), realizadas na zona rural de Várzea Grande.

Na ação, foram apreendidos aproximadamente três quilos de entorpecentes, mais de R$ 2,3 mil, além de cadernos com anotações do tráfico. Os suspeitos de 38 e 22 anos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Após o cumprimento de um mandado de prisão contra um foragido de Tangará da Serra, os policiais da DRE receberam denúncias sobre uma chácara localizada no loteamento São José da Vista Alegre, em Várzea Grande que seria utilizada por integrantes de uma associação criminosa para guarda de entorpecentes.

Com base nas informações, a equipe de investigadores foi até o local e logo que chegaram flagraram um dos suspeitos, monitorado por tornozeleira eletrônica, em posse de uma porção de maconha.

Questionado, o suspeito negou que tivesse outras porções de entorpecentes na casa, porém logo os policiais visualizaram o segundo suspeito dormindo e três tabletes grandes de maconha na cabeceira da cama.

Durante as buscas, também foi localizado R$ 2.360 em dinheiro e dois cadernos com anotações referentes ao tráfico de drogas. Na chácara, também foram localizadas duas crianças filhas de um dos suspeitos, que posteriormente foram entregues para a mãe.

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos à DRE onde após serem interrogados foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana