conecte-se conosco


Policial

Operação da Polícia Civil cumpre mandados contra autores de roubos de veículos na região metropolitana

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Cinco mandados judiciais, sendo três de prisão e dois de busca e apreensão domiciliar, foram cumpridos pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (28.08), na quarta fase da operação “Cartorium”, deflagrada pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA). A operação teve como alvo um grupo criminoso envolvido em roubos praticados contra motoristas de aplicativo Uber e também um suspeito identificado como autor de roubos de caminhonetes na região metropolitana.

Entre os presos estão, Lucas Souza Silva, Ewerton Martins Leite, e Nathan Fabrício Silva de Lima. Os suspeitos tiveram as ordens de prisão preventiva, decretadas pela Justiça, após serem identificados em investigações da DERRFVA.

Os suspeitos Lucas e Ewerton foram identificados, em inquérito policial presidido pelo delegado Gustavo Garcia Francisco, como autores de, pelo menos, dois roubos cometidos contra motoristas de Uber. Além dos dois suspeitos, a jovem M.A.N. foi identificada como integrante do grupo sendo a responsável por acionar os motoristas, que posteriormente era abordado pelos suspeitos.

A suspeita foi alvo de mandado de busca e apreensão domiciliar e também foi indiciada junto a seus comparsas pelos crimes de roubo majorado e associação criminosa.

De acordo com o delegado Gustavo Garcia, Lucas, já possui condenação penal, em 2018, ocasião em que foi alvo de outra investigação da DERRFVA, também por envolvimento em roubo contra motorista de aplicativo. “Mesmo com a condenação, o suspeito continuava a atuando nesse tipo de ação criminosa, sendo apontado como um dos autores do roubo de um veículo Prisma, no mês de março deste ano”, disse o delegado.

Especialista em roubos de caminhonetes na região metropolitana, Nathan Fabrício Silva de Lima, foi identificado em inquérito policial coordenado pelo delegado Marcelo Melo de Laet. Segundo as investigações da DERRFVA, o suspeito atuou em dois roubos de caminhonetes Toyota Hilux, ocorridos no mês de abril de 2019.

O delegado Gustavo Garcia disse que a operação Cartorium está em sua quarta fase e visa dar efetividade as diligências diárias realizadas dentre de inquéritos policiais em trâmite ou finalizados na Especializada, com foco em crimes de roubos de veículos na região metropolitana.

“A ideia é dividir os segmentos dos roubos, de forma a auxiliar as investigações e identificação dos suspeitos, que geralmente tem linhas de atuação específica, alimentando e agindo de forma contínua na prática dos delitos”, destacou o titular da DERRFVA.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

PRF deflagra Operação Fumaça Branca – Etapa X em Comodoro/MT

Publicado


.

Entre os dias 23 e 25 de junho, ocorreu, no município de Comodoro, a décima etapa da Operação Fumaça Branca.

A operação teve como foco o combate aos crimes ambientais de poluição, além servir como método de aperfeiçoamento para atividades de policiamento e fiscalização de trânsito e também de educação para o trânsito.

A fiscalização foi direcionada à utilização de ARLA 32 e, ao final da Operação, foram lavrados 14 TCOs (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por ARLA adulterado, utilização irregular de combustível, trânsito com bomba dosadora de ARLA isolada ou queimada, dentre outros.

O ARLA 32 é o Agente Redutor Líquido de Óxido de Nitrogênio Automotivo. Trata-se de um reagente utilizado juntamente com o Sistema de Redução Catalítica (SRC) para reduzir a emissão de óxido de nitrogênio nos gases de escape de veículos à diesel.

SECOM PRF MT

 

 

Fonte: PRF MT

Continue lendo

Policial

Carreta de Várzea Grande com 11 toneladas de maconha avaliadas em R$ 110 milhões é apreendida em MS

Publicado

Após a abordagem, motorista do caminhão conseguiu fugir a pé

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu neste domingo (28) 11 toneladas de maconha em Ponta Porã (MS). A carga estava em uma carreta com placas de Várzea Grande. Os patrulheiros calculam que o carregamento esteja avaliado em R$ 110 milhões. Os policiais rodoviários fiscalizavam o km 68 da BR-463, quando abordaram um caminhão Scania/T112, com placas de Várzea Grande, acoplado a um reboque.

O motorista, de 47 anos, entregou os documentos pessoais e a nota fiscal da carga de soja. Desconfiados de que algum ilícito estivesse escondidos sob a soja, a equipe solicitou ao condutor que retirasse a lona do reboque.

Neste momento, ele fugiu correndo pé e entrou em um milharal nas proximidades. Buscas foram realizadas, porém ele não foi localizado. As onze toneladas do entorpecente e os veículos foram encaminhados para a Polícia Federal em Ponta Porã (MS).

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana