conecte-se conosco


Nacional

Operação da PF apura desvios de mais de R$ 2 milhões no SUS

Publicado


source

Agência Brasil

PF
Agência Brasil

Operação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (23).

O desvio de mais de R$ 2 milhões de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) destinados à Santa Casa de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, é o alvo da “Operação Sem Misericórdia”, da Polícia Federal (PF), deflagrada na manhã de hoje (23).

A investigação apura o desvio de recursos públicos a partir de contrato firmado entre a Santa Casa de Misericórdia, por meio da Prefeitura Municipal de Santana do Livramento, e uma organização social responsável pela gestão do hospital durante o período de maio a novembro de 2019.

Fraude

No período do contrato, a organização social subcontratou duas empresas pertencentes ao mesmo grupo criminoso para a execução de atividades de assessoria e consultoria, em valor global superior a R$ 1 milhão, como forma de justificar o desvio de verbas realizado por diversas transferências bancárias ao longo de todo o período, bem como permitir a contabilização nas empresas de destino como se os recursos fossem lícitos. Além disso, notas fiscais e contratos com empresas de fachada foram forjados com o propósito de sustentar as transferências ocorridas anteriormente sem o adequado lastro contábil.

Segundo estimativa da PF, mais de R$ 1,5 milhão foram repassados para diversas pessoas físicas investigadas, principalmente para o diretor da organização social contratada pela prefeitura. Somente ele, que não teve a identidade revelada, fez no período de contrato saques em espécie que somaram mais de R$ 500 mil.

No total, os agentes cumpriram 10 mandados de busca e apreensão em Sarandi (RS), e em Vitória, Vila Velha, Afonso, Venda Nova do Imigrante e São Domingos do Norte, no Espírito Santo. A PF também fez o sequestro de bens, e bloqueio de contas bancárias e cumpriu medidas cautelares, expedidos pela 22ª Vara Federal de Porto Alegre.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Crianças gravam vídeo para convencer ladrão a devolver bicicleta roubada

Publicado


source
irmãos abraçados em foto
Reprodução

A menina viralizou nas redes sociais após gravar vídeo pedindo que ladrão devolvesse sua bicicleta

Em Rio Branco , no Acre , uma menina de 8 anos teve sua bicicleta roubada no último fim de semana e viralizou nas redes sociais após gravar um vídeo pedindo que o ladrão a devolvesse. As informações são do portal UOL.

No vídeo, Maria Clara fala um pouco e logo é tomada pelo choro: “Se vocês verem minha bicicleta, vocês dizem, tá? Porque eu quero ela de volta”, pediu a menina. Nas imagens, seu irmão de 4 anos, Mateus Roger, continua a fazer o apelo pela irmã. “Você que pegou a bicicleta da minha irmã, é da Maria Clara, é pra trazer porque vocês roubaram a gente. Eu chorei mais que a minha irmã. Nós íamos pra igreja toda noite”, disse o menino.

A mãe das crianças , Alciene Oliveira, contou ao UOL que o furto aconteceu quando a família saiu para ir à igreja e esqueceu de guardar o objeto. De acordo com a mãe, Maria Clara e Mateus só perceberam a falta da bicicleta no dia seguinte e, ao perceber a tristeza da irmã, o menino teve a ideia de gravar o vídeo.

“As crianças ficaram muito tristes e choraram muito. Fiz a gravação porque poderiam ter visto alguém vendendo uma bicicleta de criança ou até mesmo devolver, só que eu acho isso meio impossível”, contou Alciene ao portal.

Apesar do apelo das crianças ter viralizado, Alciene não acredita que a família vá recuperar o objeto. “Sinceramente, o ladrão não vai devolver, apesar de os meus filhos pequenos terem feito o apelo para o bandido devolver, acho difícil”. A mulher disse ainda que a filha havia ganhado a bicicleta de presente da vizinha, no Dia das Crianças, e contou que, atualmente, não tem dinheiro para comprar outra. “No momento, cuido de três, vivo com auxílio do Bolsa Família e pago aluguel”, finalizou.

Continue lendo

Nacional

Empresário é preso após amarrar morador de rua em carro e arrastá-lo até a morte

Publicado


source
Empresário amarra morador de rua no carro e o arrasta até a morte
Reprodução

Empresário amarra morador de rua no carro e o arrasta até a morte

Um morador de rua foi amarrado por um empresário em seu veículo e arrastado por cerca de 1 km até a morte. O caso ocorreu em São Luís (MA). A Polícia Civil localizou o assassino, que foi preso.

O assassino é dono de um restaurante em São Luís (MA). Segundo ele, o morador de rua teria furtado por várias vezes quentinhas em seu estabelecimento. Além do dono do restaurante, um vigilante também foi preso.

O delegado Felipe César Mendonça, do Departamento de Proteção à Pessoa, informou que o crime ocorreu por volta das 2h do dia 17 de maio deste ano, mas o vídeo de câmera de segurança que mostra o crime só foi divulgado nesta quarta-feira (28).

As imagens obtidas pela polícia mostram o morador de rua, identificado como Carlos Alberto Santos, de 36 anos, amarrado na traseira de uma Hilux. Em um dos frames, o dono do restaurante aparece bebendo água enquanto a vítima pode ser vista no asfalto, atrás do carro. Na sequência, o vídeo mostra o motorista dando marcha-a-ré e passando com o carro sobre a vítima.

O delegado afirma que Carlos Alberto do Santos foi arrastado do centro da cidade até a avenida Beira Mar, próximo ao Terminal de Integração da Praia Grande.

“O corpo foi encontrado bastante machucado e com sinais de que foi arrastado. As imagens falam por si, o rapaz estava sofrendo, se debatendo e o motorista, com muita frieza, tranquilamente bebe água, e segue com o corpo por um percurso de um quilômetro. É um crime bárbaro com requinte de crueldade”, disse.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana