conecte-se conosco


Mato Grosso

Operação cumpre sequestro de bens e suspende escritório de contabilidade usado para fraudar o fisco estadual

Publicado

Uma arma, dezenas de munições, aparelhos eletroeletrônicos e documentos contábeis estão entre os materiais apreendidos pela Polícia Civil de Mato Grosso durante a Operação Bomba Fantasma, deflagrada nesta quarta-feira (06.07) para cumprimentos de mandados judiciais contra um grupo investigado pela Delegacia de Crimes Fazendários por fraudes contra o fisco estadual.

Foram cumpridas ordens judiciais em três cidades – Rondonópolis e Pedra Preta, em Mato Grosso, e Goiânia, em Goiás. Nos endereços alvos, as equipes da Polícia Civil cumpriram 13 mandados de buscas, 12 bloqueios de veículos dos investigados, quatro sequestros de imóveis, uma suspensão de escritório de contabilidade, além do bloqueio de contas bancárias.

Entre as apreensões estão quase 72 munições, dois carregadores e uma pistola encontradas em um dos postos de combustíveis alvos da operação, na cidade de Pedra Preta.

Os elementos coletados durante a investigação embasaram as representações feitas pelo delegado Rafael Scatolon contras os alvos investigados após parecer favorável da 14ª Promotoria de Cuiabá, e deferimento pela juíza Ana Cristina Silva Mendes da 7ª Vara Criminal da Capital. O bloqueio das contas bancárias foi realizado no valor correspondente ao crédito tributário devido, de R$ 42 milhões.

Investigação

A investigação coordenada pela Defaz com a colaboração do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira) e Secretaria de Estado de Fazenda desarticulou uma organização criminosa constituída por núcleos formados por empresários do segmento de combustíveis e empresas de transportes, cujo objetivo era a venda de notas fiscais a transportadoras para aproveitamento de crédito fiscal.

Foi identificado que, em 2018, pelo menos quatro postos de combustíveis venderam milhares de litros de diesel a transportadoras, sem a efetiva circulação da mercadoria, ou seja, sem o abastecimento na bomba. 

A auditoria realizada pela Coordenadoria de Fiscalização de Combustível, Comércio e Serviços da Sefaz e o aprofundamento das investigações pela Defaz demonstraram que dos quatro postos, três pertencem ao mesmo grupo de empresários e um posto, localizado em Alto Garças, no sul do Estado, foi responsável pela venda de mais de 10 milhões de litros de óleo diesel, sem que fosse adquirido um único litro para seu estoque, reforçando apenas a venda da nota fiscal fictícia.

Segundo o delegado titular da Defaz, Walter de Melo Fonseca Júnior, a investigação conseguiu identificar que o grupo econômico contava com a participação direta de um escritório de contabilidade, que funcionava como um “QG” para emissão das notas fiscais das vendas realizadas. A Polícia Civil apurou ainda que transportadoras foram beneficiadas com o esquema criminoso, sendo que três delas pertencem a um mesmo grupo econômico.

A operação Bomba Fantasma contou com apoio das unidades da Diretoria de Atividades Especiais – DRE, DECCOR e GCCO, Delegacias da Polícia Civil em Rondonópolis, Politec-MT e Gerência de Operações de Inteligência da Polícia Civil de Goiás.

 

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mato Grosso

Beto Dois a Um inicia campanha em live com mais de 500 participantes

Publicado

O candidato a deputado estadual, Beto Dois a Um (PSB), iniciou a campanha eleitoral deste ano com uma live no Instagram que contou com a participação de vários outros candidatos e apoiadores de Cuiabá. Mais de 500 contas acessaram a live e interagiram com o candidato mandando mensagens de apoio e carinho a Beto. O objetivo foi abordar temas relacionados à campanha e agradecer todos os parceiros do projeto.

“Estamos começando o nosso sonho rumo aos nossos objetivos. Queremos fazer a nova política, a política de resultados. Estou à disposição para essa batalha e agradeço a todos que estão integrados a esse projeto, amigos, colegas e familiares”, agradeceu Beto.

O ex-secretário Secel-MT agradeceu os apoiadores e pontuou a necessidade de mudança no cenário político estadual. “Quero agradecer a participação de todos, do governador Mauro e da primeira-dama, Virginia, eles me ensinaram esse jeito de fazer política. Me ensinaram que a política pode transformar a vida das pessoas, aprendi muito com eles. E é esse sentimento que quero colocar na Assembleia. Quem se coloca à disposição na política é porque não está satisfeito com o que temos”, disse Beto.

O candidato à reeleição, governador Mauro Mendes, também participou da live, parabenizou e desejou sorte a Beto, ressaltando o trabalho prestado à frente da pasta da cultura, e que o estado só tem a ganhar com sua eventual eleição. “Hoje está sendo dada a largada para mais um processo eleitoral. É falar a verdade, mostras que fez o que faz. Vamos fazer uma grande campanha se Deus quiser. Desejo boa sorte a você que foi um grande parceiro na prefeitura de Cuiabá e no Governo do Estado. Fez um grande trabalho pela cultura e pelo esporte, e tenho certeza que você fará um excelente trabalho no Legislativo Estadual”, disse Mauro Mendes (UB).

“Podemos falar isso com muita tranquilidade, hoje o estado está melhor, contas em dia, ações em todas as áreas, não tem nenhuma área onde não esteja acontecendo obras importantes. Na cultura, no esporte. Fico orgulhoso do governo, dos mato-grossenses e desse estado de gente trabalhadora, hoje o estado está à altura do seu povo”, completa o governador.

O prefeito de Campo Verde, Alexandre Lopes (PDT), elogiou a metodologia política adotada por Beto a ser aplicada junto à assembleia legislativa. “É uma nova maneira de fazer política, a boa política, e a sociedade tem assimilado isso bem para que a gente possa constantemente ter condição de melhorar. A política mudou e a maneira como o Beto se apresenta é a maneira que o cidadão quer receber, política de resultado, de entregar aquilo que prometeu. Não tenho dúvidas que esse projeto será fundamentado porque todos estão empenhados nele”, destaca.

A vereadora por Cuiabá, Michelly Alencar, que tem sido uma das principais apoiadoras de Beto Dois a Um, parabenizou o candidato e disse estar “motivada e feliz ao ver tanta gente engajada no projeto político do Beto”. “Estou junto, estou do lado, vamos fazer essa construção com muito amor e com muita fé, estamos dispostos a construir a nova política. Beto já tem grandes resultados, ele está pronto para representar o estado com muita competência junto com toda galera que acredita que o esporte é transformador. Parabéns por se colocar à disposição, por enfrentar esse desafio por nós, pelo nosso estado e por todos que acreditam na boa política”, garante Michelly.

Também participaram da live promovida por Beto o senador e candidato a deputado federal, Fábio Garcia (UB); o candidato a deputado federal, deputado Allan Kardec (PSB); prefeito de Primavera do Leste, Leonardo Bortolin (MDB); o prefeito do município de Colíder, Hemerson Máximo (Patriota); prefeito de Planalto da Serra, Natal de Assis (PROS); o secretário de Gabinete, Governo e Comunicação também de Colíder, Ed Motta e o secretário da Secel-MT, Jefferson Neves.

Fonte: Eleições 2022

Continue lendo

Mato Grosso

Na busca pelo primeiro mandato na AL, Juca do Guaraná quer ‘levar o povo’ para a Casa de Leis

Publicado

Para o candidato a deputado estadual pelo MDB em Mato Grosso, Juca do Guaraná Filho, a presença do agente político nos municípios é fundamental. Uma das propostas do Juca do Guaraná, é percorrer, com o Gabinete Itinerante, os 141 municípios do Estado e deixar fixa uma base do Gabinete Itinerante nas principais cidades de Mato Grosso.

“As pautas que vêm de encontro com as necessidades da população precisam ganhar vez na Assembleia Legislativa. Pode ter certeza que se eu conseguir uma das vagas da AL, a população entrará junto comigo”, destacou Juca do Guaraná.  

O emedebista é conhecido por ser o vereador do povo. Juca foi um dos parlamentares que mais teve indicações feitas e atendidas nos último dois anos. Já se somam mais de 10 mil indicações atendidas, em inúmeros bairros e comunidades rurais de Cuiabá. 

Juca do Guaraná Filho sabe bem a importância em ser um bom representante para a população cuiabana. Com muitos projetos de Lei de sua autoria, sancionados, Juca promete, caso eleito, continuar ‘fazendo mais por sua gente’.  Desta forma, criando mais propostas que beneficiem diretamente a homens e mulheres trabalhadores ou inserindo emendas a projetos que sejam, de fato, de interesse para Mato Grosso.  

Juca do Guaraná Filho nasceu no bairro Pedregal, se candidatou e foi eleito em 2012. Depois, em 2016 e, por fim, em 2020. Sua entrada na política foi, inicialmente, para atender a um pedido do falecido pai, o ex-vereador José Maria Barbosa, mais conhecido como Juca do Guaraná. Assim, decidiu seguir a trajetória política e, hoje, Juca do Guaraná Filho busca seu primeiro mandato como deputado estadual.  

Com esse objetivo, Juca do Guaraná tem mostrado aos eleitores alguns de seus trabalhos na Casa de Leis cuiabana, afirmando que como vereador, criou o Gabinete Itinerante, com o objetivo não só de aproximar o parlamento municipal da comunidade, como ainda levantar as principais necessidades estruturais, em especial, nos bairros carentes da Capital. A ação já percorreu todas as regiões da Capital e já totalizou mais de 10 mil atendimentos. 

Em uma luta sem tréguas, Juca conseguiu sancionar a Lei de Nº 6.509/2020, de sua autoria, estabelecendo atendimento prioritário e, sobretudo, humanitário, aos autistas. A Lei exige que os estabelecimentos públicos e privados passem a estampar, em local visível, o símbolo para a conscientização do autismo, informando que os portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus acompanhantes têm direito a atendimento prioritário. O êxito foi tão grande que o projeto do vereador Juca do Guaraná acabou servindo de referência para várias outras cidades.

Juca também foi autor da Lei que aumentou o tempo para integração nos ônibus coletivos de Cuiabá, fazendo com que os usuários do transporte público tivessem mais tempo para completar seu trajeto, sem perder o tempo de integração e sem precisar pagar outra passagem.   

Esta Lei foi idealizada pelo parlamentar como resultado de uma experiência feita por ele, quando enfrentou um ônibus lotado que demorou aproximadamente 2 horas para fazer a linha que vai do bairro Pedra 90 ao Centro da capital. Ao passar por essa situação, notou que muito dificilmente uma pessoa conseguiria fazer esse mesmo percurso e tantos outros, em apenas 1 hora.  

Com a apresentação de todo trabalho prestado à Cuiabá, é que Juca do Guaraná tem se colocado à disposição da população mato-grossense, para levar esses projetos para todo o Estado.

Fonte: Eleições 2022

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana