conecte-se conosco


Policial

Operação cumpre mandado contra organização criminosa especializada em roubo e furto de fertilizantes

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Pedra Preta (238 km ao sul de Cuiabá) com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (212 km ao sul) e Delegacia Regional, deflagrou na manhã desta terça-feira (17.05), a operação Deméter, com alvo em uma organização criminosa atuante em roubos e furtos de produtos agrícolas.

A operação tinha o objetivo de cumprir mandado de busca e apreensão contra organização criminosa investigada por diversas unidades da Polícia Civil do estado, atuando de norte a sul do estado de Mato Grosso, especialmente no furto e roubo de fertilizantes que são estacados no campo para posterior aplicação.

As investigações da Delegacia de Pedra Preta iniciaram para apurar um crime ocorrido no ano de 2021, ocasião em que parte da carga subtraída foi recuperada na cidade de Rondonópolis.

Durante as investigações, os policiais identificaram os veículos utilizados pelos criminosos, sendo um deles, apontado como um dos líderes, foi preso em flagrante também na cidade de Pedra Preta pela Polícia Militar, na ocasião portava uma arma tipo pistola 9 mm e objetos que deram subsídios para as investigações.

As apurações identificaram que criminosos possuem uma estrutura de logística ordenada e estruturada para aplicar tais crimes, agem com violência e grave ameaça em algumas ocasiões e possuem ramificações com outros criminosos na prática de crimes dessa espécie.

Outra investigação

Integrantes desta organização criminosa foram alvo da operação “Piratas do Agro”, deflagrada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), no mês de março deste ano, resultando em prisões e buscas concedidas pela Justiça. Na ocasião, foram apreendidos veículos, dinamites, armas entre outros objetos de origem ilícita. 

Nome da operação

O nome da operação faz referência a Deméter que é a deusa grega da colheita, da fertilidade, da terra cultivada, do direito sagrado e detém o ciclo da vida e da morte. Foi a reveladora da agricultura para o ser humano e orientou sobre o cultivo do milho e do trigo. Por isso, é também conhecida como deusa da agricultura.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Policiais civis cumprem mandado de internação de adolescente que responde a ato infracional por homicídio

Publicado

Um adolescente investigado por atos infracionais análogos aos crimes de homicídio contra o próprio irmão e tráfico de drogas, foi apreendido pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) de Várzea Grande, nesta quarta-feira (29.06).

O menor de 17 anos teve o mandado de internação expedido pelo juízo da Vara Especializada da Infância e Juventude da Comarca de Várzea Grande, pelo cometimento dos dois atos infracionais.

Diante da ordem decretada, os policiais civis da DEA-VG coordenados pelo delegado Gerson Vinícius Pereira localizaram e apreenderam o infrator na região conhecida como Zero KM, em Várzea Grande.

Em cumprimento ao mandado judicial de internação, o menor foi conduzido até a DEA-VG e posteriormente colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil recebe identificação de vítima encontrada morta em posto de combustível desativado na Capital

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), confirmou a identificação de uma vítima do sexo masculino cujo corpo foi encontrado no mês de março, em um posto de combustível abandonado, em Cuiabá.

A vítima, identificada como Darli Rodrigues Domiciano, 43 anos, foi encontrada na tarde do dia 29 de março, em um posto na Avenida Fernando Correa da Costa, no bairro Poção, já em avançado estado de decomposição. O corpo estava com os pés e mãos amarrados por fios elétricos.

O laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) chegou à identificação após confronto papiloscópico confirmando as impressões digitais da vítima, que vivia em situação de rua e era usuário de entorpecentes. O laudo foi encaminhado à DHPP.

As investigações continuam para apurar as circunstâncias do homicídio e chegar à autoria do crime.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana