conecte-se conosco


Policial

Operação Comando da Lei cumpre mandados contra envolvidos em homicídio de mulher no bairro Pedregal

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil deflagrou nesta quinta-feira (09.12) mais uma fase da Operação Comando da Lei, coordenada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) para cumprimento de mandados de prisão contra envolvidos no homicídio de uma mulher, ocorrido em julho do ano passado, no bairro Pedregal.

Natana da Silva, 30 anos, sofreu um ritual de espancamentos seguido de choques elétricos. Conforme atestado no exame de necropsia, a vítima chegou a receber 70 choques no corpo. O “salve foi executado depois que ela teve a morte ordenada por uma facção criminosa porque, supostamente, teria praticado o furto de um celular.

A vítima foi encontrada em uma rua do bairro Pedregal, já perto do Jardim Renascer, pedindo socorro em uma casa, bastante debilitada pelos espancamentos. Ela foi socorrida por familiares e levada ainda com vida a um hospital particular de Cuiabá, onde foram feitas tentativas de reanimação, mas foi a óbito horas depois em consequência das lesões sofridas.  

De acordo com o delegado que preside o inquérito, Caio Fernando Álvares Albuquerque, parte dos alvos identificados na apuração, conduzida pelo núcleo de investigação de homicídios cometidos a mando de facções da DHPP, era monitorada por tornozeleira eletrônicas e teve a presença no local do crime confirmada durante as diligências realizadas.

Os policiais da DHPP apuraram ainda que os envolvidos no homicídio retiraram câmeras de monitoramento que estavam instaladas próximas à área onde ocorreu o crime, a fim de dificultar a identificação dos criminosos.

As equipes da DHPP estão nas ruas para cumprir mandados de prisão temporária e de busca e apreensão domiciliares contra os investigados.

No período da tarde, às 14h30, será realizada coletiva com a imprensa na sede da DHPP, em Cuiabá (Avenida Tenente-coronel Duarte – próxima à Praça Ipiranga).

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Estuprador de criança foragido da Justiça do Paraná é preso em Sinop

Publicado

Um homem foragido da Justiça do Paraná teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, no sábado (22.01), em ação realizada pela equipe plantonista da Delegacia de Sinop (499 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito, de 42 anos, estava com o mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro de vulnerável expedido pela Vara Criminal da Família, da Comarca de São Miguel do Iguaçu (PR).

As diligências iniciaram logo após os policiais plantonistas receberem informações sobre o mandado de prisão em aberto contra o suspeito, que estaria residindo nos fundos de um posto, no bairro Setor Residencial Norte.

Em diligências no endereço, os policiais conseguiram localizar o suspeito que foi comunicado sobre a ordem de prisão e conduzido à Delegacia de Sinop para as providências cabíveis, sendo posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia prende três e recupera carga de móveis e eletrodomésticos furtados de residência em VG

Publicado

 

Uma carga de produtos furtados de uma residência no mês de novembro foi recuperada pela Polícia Civil, após investigações realizadas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

Os móveis e eletrodomésticos furtados foram localizados em uma residência no bairro Jardim Glória, em Várzea Grande, sendo três pessoas conduzidas à Derf-VG para prestar esclarecimentos.

O furto dos objetos ocorreu no mês de novembro quando os suspeitos aproveitavam que a residência  estava temporariamente desabitada e iniciaram a subtração dos bens, como televisões, geladeira e outros utensílios domésticos, fretando o veículo para fazer o transporte dos bens.

Assim que foi acionada do furto, a equipe da Derf-VG iniciou as investigações, conseguindo identificar a pessoa que realizou o frete dos produtos, que questionado, disse que recebeu R$ 150 pelo serviço, e indicou o local em que entregou os móveis.

No endereço, os policiais apreenderam duas geladeiras, uma televisão, motor de poupa, churrasqueira, máquina de lavar, entre outros itens, sendo necessário um caminhão para fazer o transporte dos bens até a delegacia para restituição à vítima.

Três pessoas abordadas durante dos trabalhos foram conduzidas à delegacia para prestar esclarecimentos. As investigações seguem em andamento para identificar outros envolvidos no crime.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana