conecte-se conosco


Internacional

ONU apura denúncias de adoção forçada de crianças ucranianas na Rússia

Publicado

source
Refugiados ucranianos deixando o país
Reprodução / Twitter Barack Obama – 10.03.2022

Refugiados ucranianos deixando o país

Nesta quarta-feira (15), a alta comissária dos direitos humanos da ONU, Michelle Bachele t, disse que a organização investiga denúncias de que crianças ucranianas estão sendo enviadas para a Rússia “à força” para serem adotadas em meio à guerra .

Durante a 50ª sessão do Conselho de Direitos Humanos em Genebra, Bachelet afirmou ter recebido alegações de que algumas crianças foram “sequestradas de orfanatos e depois entregues para adoção na Rússia”, mas disse que as acusações não puderam ser confirmadas por sua equipe, assim como o número de crianças afetadas.

“Estamos preocupados com os supostos planos das autoridades russas de permitir a transferência de crianças da Ucrânia para a Federação Russa, que não parece incluir medidas de reagrupamento familiar ou respeitar os interesses dos menores. Vamos acompanhar a situação de perto”, disse.

A ONU começou a alertar sobre o risco de crianças ucranianas serem forçadas à adoção em março, principalmente os cerca de 91 mil menores que atualmente vivem em internatos.

Esta semana, o diretor-geral para a Europa e Ásia Central do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Asfhan Khan, afirmou que “a adoção nunca deve ocorrer durante ou imediatamente após uma emergência”.

— Com informações da agência de notícias AFP

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Internacional

Tempestade destrói navio e deixa 27 estão desaparecidos em Hong Kong

Publicado

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos
Reprodução/Twitter

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos

Um navio partir ao meio após ser atingido pela tempestade tropical Chiba neste sábado (2), em Hong Kong. Segundo as autoridades, 27 pessoas ainda estão desaparecidas.

A embarcação estava a 160 milhas náuticas, ou 257 km, do porto de Hong Kong quando foi atingida pela tempestade. Autoridades locais estimam que os ventos ultrapassavam os 140 km/h e as ondem atingiram 10 metros de altura onde o navio foi encontrado.

As buscas começaram na manhã de hoje, noite no Brasil, após uma notificação de outros barcos. Três tripulantes foram socorridos com vida até o momento.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Em depoimento, eles afirmaram que os desaparecidos foram arrastados pelas ondas, o que prejudicou as buscas no local.

As autoridades chinesas informaram que as buscas devem continuar até o fim da noite, se as condições climáticas permitirem. A equipe ainda expandiu o raio de procura devido à grande quantidade de desaparecidos.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Tempestade destrói navio e deixa 27 desaparecidos em Hong Kong

Publicado

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos
Reprodução/Twitter

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos

Um navio partir ao meio após ser atingido pela tempestade tropical Chiba neste sábado (2), em Hong Kong. Segundo as autoridades, 27 pessoas ainda estão desaparecidas.

A embarcação estava a 160 milhas náuticas, ou 257 km, do porto de Hong Kong quando foi atingida pela tempestade. Autoridades locais estimam que os ventos ultrapassavam os 140 km/h e as ondem atingiram 10 metros de altura onde o navio foi encontrado.

As buscas começaram na manhã de hoje, noite no Brasil, após uma notificação de outros barcos. Três tripulantes foram socorridos com vida até o momento.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Em depoimento, eles afirmaram que os desaparecidos foram arrastados pelas ondas, o que prejudicou as buscas no local.

As autoridades chinesas informaram que as buscas devem continuar até o fim da noite, se as condições climáticas permitirem. A equipe ainda expandiu o raio de procura devido à grande quantidade de desaparecidos.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana