conecte-se conosco


Nacional

Onça parda invade casa e moradores são resgatados pela janela

Publicado

onça embaixo de pia arrow-options
Polícia Militar do MT/Reprodução

Onça ficou escondida sob pia da cozinha

A Polícia Militar Ambiental do Mato Grosso foi acionada para ajudar na retirada de uma onça parda que entrou em uma casa na cidade de Cárceres, no interior do estado. A dona do imóvel disse que viu a movimentação do bicho para dentro da residência, mas pensava que era um cachorro.

Leia também: Filhote de puma que vivia como animal de estimação é resgatado em Buenos Aires

Pelo menos cinco pessoas ajudaram no resgate . Um pesquisador viajou mais de 100 km para a retirada do animal, que foi atingido com um dardo tranquilizador, levado até o Batalhão Ambiental e liberado na natureza em seguida.

Para que a onça fosse resgatada, porém, policiais militares precisaram evacuar a família pela janela da residência. Ninguém ficou ferido durante a operação.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Saiba quais são as cidades de SP mais e menos vulneráveis à Covid-19

Publicado


source
São Bernardo é o município de São Paulo mais preparado para a Covid-19
Agência Brasil

São Bernardo é o município de São Paulo mais preparado para a Covid-19

Um estudo realizado pelo Instituto Votorantin ranqueou os municípios mais e menos vulneráveis à pandemia de Covid-19 . No topo das mais suscetíveis a complicações, está Biritiba Mirim , enquanto São Bernardo do Campo , no ABC Paulista, é a menos vulnerável.

O levantamento foi realizado pelo Instituto Votorantin e levou em consideração dados públicos de diferentes bases, como a do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Sistema Único de Saúde (SUS), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANSS).

Para a criação do ranking, 5 pilares foram analisados: população vulnerável, economia local, estrutura do sistema de saúde, organização do sistema de saúde, e capacidade fiscal da administração municipal.

O Índice de Vulnerabilidade dos Municípios (IVM) estabelecido pela pesquisa varia de 0 a 100; quanto mais alto o valor, mais alta a vulnerabilidade. De acordo com os dados, a cidade que possui o índice mais alto de vulnerabilidade é o município de Biritiba-Mirim, seguido por Poá e Itaquaquecetuba. Já a cidade com índice mais baixo é São Bernardo do Campo, seguida por São Caetano do Sul e depois por Cajamar. A cidade de São Paulo aparece com o quarto menor IVM.

Dez cidades da Grande São Paulo com maior índice de vulnerabilidade:

  • 1)Biritiba Mirim: 63,79
  • 2)Poá:60,37
  • 3)Itaquaquecetuba: 58,93
  • 4)São Lourenço da Serra: 58,73
  • 5)Itapecerica da Serra: 58,72
  • 6)Embu das Artes: 57,66
  • 7)Embu-Guaçu: 57,63
  • 8)Pirapora do Bom Jesus: 57,36
  • 9)Salesópolis: 57,33
  • 10)Ferraz de Vasconcelos: 57,33

Dez cidades da Grande São Paulo com menor índice de vulnerabilidade:

  • 1) São Bernardo do Campo: 30,06
  • 2) São Caetano do Sul: 38,61
  • 3) Cajamar: 39,18
  • 4) São Paulo: 41,17
  • 5) Santana de Parnaíba: 41,51
  • 6) Mauá: 42,31
  • 7) Santo André: 43,44
  • 8) Ribeirão Pires: 44,20
  • 9) Rio Grande da Serra: 44,54
  • 10) Barueri: 45,01

De acordo com Rafael Gioielli, gerente-geral do Instituto Votorantim, o alto índice de vulnerabilidade não está diretamente associado a uma maior quantidade mortes e óbitos nesses municípios.

Continue lendo

Nacional

Homem se salva após ser atacado por jacaré enquanto remava em lago; assista

Publicado


source
jacaré
Reprodução

Jacaré atacou um homem que remava de caiaque


O praticante de caique Pete Joyce estave remando em um lago da região pantanosa do estado da Carolina do Norte quando foi surpreendido por jacaré , que atacou a embarcação e fez Joyce cair na água.


O remador conseguiu escapar do animal ao se pendurar em alguns galhos próximos, desse jeito ele também evitou que o caique virasse sobre a sua cabeça. Toda a ação foi registrada por uma câmera fixada no peito de Joyce.

O remador acreditava ter sido atingido por um peixe, porém o barulho emitido da água o fez perceber que se tratava de um jacaré. O homem deixou a área rapidamente depois do ataque. 



Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana