conecte-se conosco


Meu Pet

O que fazer com o animal de estimação durante a reforma em casa?

Publicado

Reforma em casa pode ser estressante para nós humanos: comprar material de construção, lidar com eventuais imprevistos, sujeira, barulho. Mas e os animais de estimação ? Eles também sofrem, principalmente por não entenderem o que está acontecendo, os cães podem ficar agressivos, e os gatos podem fugir de casa.

Leia também: Cão de guarda recebe ‘suborno’ de urso que gosta de comer lixo


reforma em casa e cachorro
shutterstock

Reforma em casa e animal de estimação são coisas que não combinam



 De acordo com a veterinária Paula Colferai Rolim, o grande vilão da reforma em casa para os animais de estimação é a poeira.  “Ela pode ocasionar nos pets problemas respiratórios, como tosse e espirros, problemas dermatológicos, como coceiras e feridas, e problemas oculares, como vermelhidão, conjuntivites e úlceras”, afirma.

Além da poeira, os cheiros fortes como de tintas e outros produtos químicos utilizados durante a obra podem desencadear uma reação alérgica no animal. Estes são os problemas físicos ligados à reforma, porém não são só eles que acometem os bichinhos. O estresse por causa do barulho e da nova rotina, com novas pessoas na casa, pode deixar o pet agressivo e arredio.

Leia Também:  Quem praticar abandono de animais em Osasco pagará multa de R$3 mil

Leia também: Dicas do que fazer para ajudar o cachorro durante o processo de luto

“Eles sofrem mais com os barulhos, pois têm uma audição mais desenvolvida que os seres humanos e também não estão habituados a mudanças em sua rotina, salvo os animais que já são bem socializados. Mas mesmo assim uma mudança em seu habitat pode gerar muitos problemas, como inquietação, comportamento violento, entre outros”, continua Paula.

Tornar este momento, que em geral dura muitas semanas, mais tranquilo para os animais de estimação é simples. “O ideal é manter o pet isolado do cômodo onde a reforma está acontecendo”, explica a veterinária. Nesse caso uma faxina deve ser feita todos os dias para manter os outros ambientes da casa limpos e seguros para o pet. “Já se a obra for na casa inteira, é melhor deixa-lo na casa de alguém até que termine”, finaliza.

E atenção: nada de dar mais banhos no pet , mesmo se ele estiver muito empoeirado e com aspecto “grosso”. A veterinária deixa claro que banhos semanais são suficientes, mais do que isso é prejudicial, pois pode retirar a proteção natural da pele do animal.

Leia Também:  Dores articulares em animais idosos podem piorar no frio; fique atento

Leia também: “Não joguem gravetos aos cães”, diz veterinário após Labrador ser hospitalizado

Outro ponto que preocupa os tutores é a socialização do cachorro ou gato com os pedreiros trabalhando na obra. O adestrador André Almeida reforça que é sempre melhor retirar o pet da casa durante a reforma. “Com o barulho e o quebra-quebra o cão fica em estado de alerta, existem casos de cachorros que não se recuperaram depois de uma obra por causa do estresse”, afirma. “Por isso o melhor é sempre deixa-lo em um hotel ou na casa de um parente”, finaliza.

Fonte: Canal do Pet
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Meu Pet

Gato gordo tem reação fofa ao conviver com filhotes; veja fotos

Publicado

O amor de Igor, um gato branco e gordo por seus novos “irmãos” é de emocionar qualquer um. Os novos gatinhos foram adotados em 2018 justamente para fazer companhia para Igor, que costumava ser muito sozinho. Juliana Boiarski Zernechel, a dona do pet, percebeu que depois da adoção dos filhotes , seu gato gordo ficou muito mais feliz.

Leia também: Cãozinho desaparecido em acidente finalmente encontra sua família

Juliana mora em Ohio, nos Estados Unidos, e contou em uma publicação o quanto o gato ama seus irmãos adotados. “Ele os ama. Dá pra ver pelas fotos”, escreveu. Diferente de muitos outros felinos que ficam em disputa para serem os “donos” da casa, Igor parece apenas proteger e amar seus irmãozinhos filhotes.

Veja fotos:

Gato cuidando de seus novos arrow-options
Facebook/Juliana Boiarski Zernechel

Gato cuidando de seus novos “irmãos” filhotes













Igor e filhote arrow-options
Facebook/Juliana Boiarski Zernechel

Igor e filhote
















Dois filhotes e gato gordo arrow-options
Facebook/Juliana Boiarski Zernechel

Dois filhotes e Igor do lado direito





Fonte: Canal do Pet
Leia Também:  Foto de cão viajando “dentro” de bolsa em Nova Iorque viraliza
Continue lendo

Meu Pet

Cachorro no cinema? Donos contam como é a experiência

Publicado

Muitos donos levam seus pets para todos os lugares: restaurantes, parques, shoppings. Mas já imaginou levar seu animal de estimação ao cinema? O programa está se tornando cada vez mais comum, já que sessões especiais que permitem a entrada de pets estão mais frequentes. No último sábado (13) a rede Cinesystem disponibilizou uma sessão dessas para o filme “Homem-Aranha: Longe de Casa”.

Leia também: Cãozinho desaparecido em acidente finalmente encontra sua família

Esse foi o segundo ” Cine Pets “, como o evento é chamado. Logo na entrada do cinema já dava para saber que aquele era um dia especial: muitos cães vestidos à caráter estavam no local. As fantasias combinavam com o filme que eles iriam assistir e eram parte da brincadeira “Cãos Play”, imitando a prática de Cosplay, em que pessoas se vestem de seus personagens favoritos.

Pugs arrow-options
Jade Lourenção

Sushi e Sashimi, os Pugs, vestidos de Homem de Ferro e Homem-Aranha


Alguns tutores estavam ansiosos com a experiência. Vilma queria ver como Juju, sua Chihuahua, iria se comportar. “Sempre que eu saio a levo, mas no cinema é a primeira vez. Ela é muito comportada e tranquila. Estou vindo mais para trazer ela para ver como ela reage nesse tipo de ambiente”, explica, enquanto segura a cadela toda estilosa vestindo um colete de couro.

Cinthia Martins, tutora de Snow, um cão da raça Spitz Japonês de dois anos que se mostrava muito agitado com a novidade e costuma ser ansioso estava receosa. “Ele já foi assistir ‘Pets 2’ e se comportou muito bem, até nos surpreendemos. Ele é muito ansioso com outros cães e estamos adestrando para que ele se comporte bem fora de casa”, contou a dona.

Durante a sessão de “Homem-Aranha: Longe de Casa”, Snow surpreendeu novamente e se comportou bem. O segredo para isso foi a orelha bovina desidratada. “Ele adora. Quando está com a orelha ele esquece que o mundo existe”, diz Ronaldo Oliveira, também tutor do Spitz Japonês. 

cachorro no cinema com seus donos arrow-options
Jade Lourenção

Snow com Cinthia e Ronaldo

Assim como Snow, os outros cães presentes se comportaram muito bem – sem dar trabalho para seus donos. No começo, quando entraram na sala, muitos latiram, mas após alguns minutos ficaram mais calmos. Os pets poderiam ficar no colo dos tutores ou no chão, na frente da cadeira – alguns maiores sentaram na poltrona ao lado dos donos como se fossem gente. Depois de um tempo parecia que todos estavam prestando atenção no filme, e ao final até aproveitaram para tirar fotos com os cosplayers de Homem-Aranha presentes no cinema.


Fernanda, que levou seu companheiro Apolo usando um lacinho do Homem-Aranha – a dona ama colocar esses adereços, mesmo ele sendo macho -, adorou a experiência. “Ele assistiu do começo ao fim, ele adora assistir televisão. Foi muito legal, nos divertimos muito juntos, ainda mais no cinema. Espero que tenham outras sessões assim”, contou. 

Leia também: Shopping e ONG se unem para Campanha do Agasalho Pet em São Paulo

dona e cachorro arrow-options
Jade Lourenção

Fernanda e Apolo, que usa lacinho porque a tutora adora enfeita-lo





Leia também: Expressão de cadela idosa ao voltar de cirurgia viraliza

Os donos de Snow, Cinthia e Ronaldo, também pretendem voltar outras vezes. “Ele ficou quietinho, assistiu o filme e adorou! Nem parecia o mesmo cachorro”, contam. Cinthia ainda dá dicas para quem deseja levar o cachorro para uma sessão dessas: “Leve algo que seu cão goste muito, um brinquedo, um ossinho, algo que entretenha ele caso aconteça uma situação de briga, latidos, sustos. É importante também levar o pet para fazer xixi antes, para evitar situações constrangedoras. Dá para ter um momento bem bacana com seu amigo no cinema, apesar de inusitado, não é difícil”. 

Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana