conecte-se conosco


Nacional

Novo ministro da educação fala em ‘ensino profissionalizante’ e união de forças

Publicado


source
Milton Ribeiro
Reprodução/Facebook

Milton Ribeiro assume o lugar deixado por Carlos Alberto Decotelli

O novo ministro da Educação, Milton Ribeiro, que foi anunciado por Jair Bolsonaro (sem partido), nesta sexta-feira (10), afirmou ao portal UOL, por meio de nota, que vai trabalhar “incansavelmente para atender às mais altas expectativas e necessidades do nosso grande país”.

O novo ministro do MEC ainda detalhou sobre como vai priorizar as ações da pasta a partir de agora: “É hora de darmos atenção especial à educação básica, fundamental e ao ensino profissionalizante”. Ao mesmo tempo devemos incrementar o ensino superior e a pesquisa científica”, disse.

Ele ainda afirmou que o momento é de unir os poderes para passar pelo momento atípico que o país vive. “Atuaremos em articulação com os Estados, Municípios e seus gestores para mudar a história da educação do nosso país”, afirmou.

“Precisamos de todos: da classe política, academia, estudantes, suas famílias e da sociedade em geral. Esse ideal deve nos unir”, completou.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Contra prefeito, MP desaconselha uso de ozônio no ânus para tratar Covid-19

Publicado


source
prefeito de itajaí
Divulgação

Volnei Morastoni, prefeito de Itajaí

Uma recomendação foi enviada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ao prefeito Volnei Morastoni (MDB), de Itajaí , para que a aplicação de ozônio no ânus não seja utilizado para tratar o novo coronavírus . O prefeito havia sinalizado o método como forma alternativa para os pacientes infectados e foi desaconselhado pelo órgão.

“O Ministério Público recomenda a Vossa Excelência que se abstenha de disponibilizar, no âmbito do Município de Itajaí, a prática da ozonioterapia como forma de tratamento medicamentoso em eventuais diagnósticos de Covid-19 ″, diz o documento.

A falta de comprovação científica da eficiência deste tipo de uso da ozonioterapia foi reforçada pelo órgão, que pontua efeitos desconhecidos sobre o tratamento.

O comunicado de Morastoni sobre ter inscrito a cidade na Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) para oferecer o tratamento de ozônio pelo ânus foi anunciado em uma live nesta terça-feira (4).

“Provavelmente, vai ser uma aplicação via retal , uma aplicação ‘tranquilíssima’, ‘rapidíssima’, de dois minutos, num cateter fininho e isso dá um resultado excelente”, afirmou o prefeito, que é médico, nas redes sociais.

O tratamento contaria com cerca de dez sessões e seria oferecido apenas “a quem desejar”.

No momento, Morastoni distribui ivermectina à população, fármaco usado no tratamento de vários tipos de infestações por parasitas, como piolhos, sarna, oncocercose, estrongiloidíase, tricuríase, ascaridíase e filaríase linfática.

Continue lendo

Nacional

Perto do prazo acabar, Pazuello diz que missão Covid-19 ainda não acabou

Publicado


source
Genral Eduardo Pazuello%2C ministro interino da Saúde
Marcos Corrêa/PR

Genral Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde

Após a saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde , Eduardo Pazuello dizia internamente que seu pazo no cargo seria de três meses, para ajudar na organização e logística do combate à pandemia. Todavia, faltando pouco mais de uma semana para a marca de 90 dias, o governo federal não dá sinais de que vá tirá-lo da posição.

Segundo a coluna Painel , um dos motivos para Eduardo Pazuello ter, antes, delimitado um prazo para ficar no posto é a pressão para que militares que fazem parte do governo passem para a reserva, com o objetivo de evitar a mistura entre Exército e administração federal. Foi o que fez o ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos .

No entanto, Pazuello parece não ter a mesma intenção. O ministro interino tem afirmado que a missão Covid-19 ainda não terminou e que, quando acabar, vai procurar Jair Bolsonaro para avisar. Ele provavelmente estará à frente da pasta quando o Brasil atingir a marca de 100 mil mortos.

Em live recente, Bolsonaro mencionou o levantamento e elogiou o interino. “Está fazendo agora um excepcional trabalho. Eu vi na mídia aqui que dos 27 secretários da federação, 17 deram sinal verde, gostaram do trabalho do Pazuello. Qualquer solicitação de imediato ele atende […] Está funcionando”, disse o presidente.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana