conecte-se conosco


Carros e Motos

Novo cortador de grama da Honda passa dos 242 km/h. Veja vídeo

Publicado

Depois de bater o recorde do cortador de grama mais rápido do mundo em 2014 (188.08 km/h) e em 2018 (215 km/h), a Honda acaba de se superar novamente, na pista de testes da Dekra Lausitzring, em Dresden (Alemanha). Equipada com a mecânica da CBR1000RR Fireblade SP, conseguiu três resultados quase impossíveis de acreditar: uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3 segundos, até 160 km/h em meros 6,29 segundos e a velocidade máxima de 242.99 km/h, homologados pelo Guinness World Record.

LEIA MAIS: Enfim, as novas Honda CBR 1000RR Fireblade

Sob o comando do cortador de grama — que ainda é capaz de exercer essa função — estava a piloto de manobras radicais com passagens no kart e no automobilismo, Jess Hawkins. Com quase o dobro da potência do primeiro recordista, seus 200 cv empurram meros 69,1 kg (sem piloto e fluidos), resultando em uma relação peso-potência de 0,345 kg/cv — outra insanidade quase impossível de se imaginar.

LEIA MAIS: BMW lança linha de “tatuagens” para motos, vendidas em kits. Veja

Leia Também:  Novo Mercedes-Benz GLB é revelado por completo, com sete lugares

Por baixo da “casca” de cortador

Cortador de Grama
Divulgação

Cortador de grama da Honda vem com motor V2 de 200 cv da CBR 1000RR Fireblade

Além da mecânica da Honda CBR 1000RR Fireblade lista de componentes da moto superesportiva também inclui sistema de troca de marchas programável com hastes fibra de carbono próximas do volante Sparco, rodas de 10 polegadas da Goldspeed ATV montadas em pneus slick Hoosier e freios bem reforçados: na frente, discos com pinças de quatro pistões e de seis na traseira, tudo ventilado. Na estrutura, o chassi é de aço T45, para suportar tanta força e velocidade em um veículo tão inusitado.

LEIA MAIS: Confira quais são as 5 motos mais caras do Brasil, legalizadas para as ruas

Cortador de grama
Divulgação

Recordista atual ao lado do primeiro modelo, pioneiro na concepção para altas velocidades

Segundo o diretor administrativo da Honda no Reino Unido, Dave Hodgetts: “O cortador de grama original era uma máquina incrível, mas desta vez nós o levamos para um nível totalmente novo. Depois de conquistar o recorde de velocidade máxima em 2014, e aprimorar em 2018, queríamos fazer algo um pouco diferente. A Team Dynamics foi além no desenvolvimento e construção desta verdadeira façanha de engenharia, partindo do zero para o que acabamos de testemunhar, com mecânica das motocicletas da Honda . Sem falar da coragem de Jess para encarar o volante!”.

Leia Também:  Aston Martin DBX, o primeiro SUV da marca, entra em fase de pré-produção

Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Jeep Compass 2020 chega às concessionárias com novos itens de série

Publicado

source

Motor Show

Jeep Compass arrow-options
Divulgação

O novo Jeep Compass passa a contar com mais equipamentos na versão 2020. Confira as mudanças abaixo

AdA linha 2020 do Jeep Compass chega às concessionárias oferecendo mais itens de série. Para início de conversa, a configuração Sport passou a ter o sistema de entrada e partida sem chave (Keyless Entry’N’Go), acendimento automático dos faróis e sensor de chuva. A palheta de cores também cresceu, com a inclusão da tonalidade perolizada Branco Polar. Os preços partem de R$ 113.990 (Sport Flex) e vão a até R$ 176.990 (Trailhawk).

LEIA MAIS: Renault Duster ganha nova série especial GoPro

As versões Longitude (Flex e Diesel) do Jeep Compass ganharam retrovisor interno eletrocrômico, acendimento automático dos faróis e sensor de chuva. Opcionalmente, agora podem receber o sistema de estacionamento Park Assist. Já a topo de gama “S” ganhou de fábrica o pacote High Tech, composto de aviso de colisão frontal com frenagem automática (FCW+), monitoramento de mudança de faixa (Lane Sense), controle adaptativo de velocidade (ACC) e comutação automática do farol alto. O teto solar passou a ser um equipamento padrão de conveniência.

Leia Também:  Novo Mercedes-Benz GLB é revelado por completo, com sete lugares

LEIA MAIS: VW T-Cross ganha painel digital na versão Comfortline

Por fim, o Compass Limited (Flex e Diesel) e Trailhawk ganharam o banco do motorista ajustável eletricamente em oito posições – o teto solar (R$ 8.600) e o pacote High Tech (R$ 8.000) são cobrados opcionalmente. Lançado há três anos, o Jeep Compass acumula mais de 150.000 unidades emplacadas no Brasil.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

Moto elétrica de madeira com desempenho esportivo chega às lojas ano que vem

Publicado

source
Moto elétrica arrow-options
Divulgação

Moto elétrica de madeira da francesa Newron Motors terá 12 exemplares à venda no ano que vem e mais em 2021

Com cada vez mais projetos de motos elétricas saindo do papel, vindas de fabricantes como a  Harley-Davidson e a BMW , eis que surge a francesa Newron Motos Concept, que decide inovar em cima do que já é um universo totalmente novo. Construir uma moto — ou qualquer veículo terrestre — de madeira é um desafio enorme, visto que é difícil acertar questões como o conforto, a durabilidade, a segurança, entre outros. Ainda mais quando é uma moto elétrica que acelera até 100 km/h em menos de três segundos.

LEIA MAIS: Motocicleta esportiva é desenvolvida com ajuda de uma impressora 3D

Como é a sua concepção? A empresa se baseou no formato cilíndrico de sua bateria para trabalhar as formas da carenagem de madeira. Logo, a sua rigidez estrutural é composta pelos metais dos componentes elétricos (em sua maioria alumínio e aço-sílico) e a própria madeira, que apresenta formato laminado, com curvas suaves que compõem formas 3D. Vale lembrar que uma linha de acessórios projetados especialmente para a moto elétrica estarão disponíveis.

Leia Também:  Novo Mercedes-Benz GLB é revelado por completo, com sete lugares

LEIA MAIS: Curtiss revela nova moto elétrica “V8”, com 217 cv, que chega nos EUA no ano que vem

Eficiência energética

Moto elétrica arrow-options
Divulgação

Motor utiliza tecnologias de última geração, que marcas como a Harley-Davidson e a BMW estão aperfeiçoando

Além de toda a engenharia diferenciada e do desempenho à altura das super-motos, outro ponto é em que se destaca é a capacidade das baterias armazenarem energia. A marca francesa revela que a moto de madeira permite uma autonomia de 300 quilômetros, com a possibilidade de ser carregada totalmente em casa ou numa estação em apenas meia hora, utilizando-se de um cabo próprio. Nada mal quando se lembra que desenvolve 100 cv 24,5 kgfm.

LEIA MAIS: Moto voadora começa a ser vendida por R$ 1,5 milhão nos EUA. Veja o vídeo

Segundo Sébastien Mahut, responsável pela marca francesa: “É uma peça de arte extremamente refinada. Com isso, o que queremos é que cada cliente sinta que possui uma moto elétrica única, diferente. Daí a possibilidade de a personalizar, escolhendo a posição de condução, a altura do assento, os elementos exteriores e outros acessórios”. 12 unidades serão entregues no ano que vem e mais lotes sairão em 2021, e com isso, será certamente uma peça exclusiva entre as  motos de coleção .

Leia Também:  Ford aparece com apenas a sétima colocação no ranking de vendas em julho

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana