conecte-se conosco


Mato Grosso

Nove são presos em ‘ boca de fumo’ com máscara, cofre e porções de droga

Publicado

Em uma ação conjunta entre policiais militares e civis de Colíder prenderam nesta quinta–feira (25) nove suspeitos por tráfico de drogas em uma residência que funcionava como ‘boca de fumo’ no bairro Celídio Marques.

A polícia chegou aos nove suspeitos A.A.L.A, C.S.P (29), L .H.N.S (20), R.P.P, W.A.J.M (21), C.R.F (18), U.F(35) e P.V .C. M., após receber denúncias de que uma casa no bairro estava comercializada drogas. 

Ao verificar o local, os policiais constataram que uma grande movimentação de pessoas na residência. Ao perceber a presença da polícia, três dos suspeitos tentaram fugir; pulando o muro da casa, mas acabaram sendo presos. Dois dos homens presos tinham mandado em aberto.

No interior da residência a polícia prendeu mais sete pessoas que faziam uso de entorpecentes. No local foi apreendida uma máscara de caveira, um cofre, três relógios, caixas de som, porções de maconha e cocaína, dentre outros objetos. Todos os suspeitos foram conduzidos à delegacia de flagrantes, suspeito de tráfico de drogas.  

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Investigações sobre tráfico resultam em 705 quilos de drogas apreendidas e 143 prisões em Cuiabá

Publicado


.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), encerrou o primeiro semestre deste ano com a apreensão de 705 quilos de drogas, prisão de 143 pessoas e 501 inquéritos policiais concluídos. Vinte e quatro armas de fogo foram retiradas de circulação durante as investigações.

A unidade especializada atua diariamente no combate ao comércio de drogas, incluindo o tráfico doméstico e investigações mais complexas, como o tráfico interestadual, que movimenta grandes quantidades de substâncias ilícitas.

Entre janeiro e junho, as ações realizadas pela equipe da DRE resultaram em 649 quilos de maconha apreendidos, além de 7,5 quilos de cocaína e mais 48,6 quilos de outras substâncias entorpecentes, totalizando 705 quilos de drogas.

Durante as investigações sobre o tráfico de entorpecentes também foram apreendidos 34 veículos, entre carros e motocicletas, 24 armas de fogo retiradas de circulação. Quase R$ 92 mil oriundos de atividades do tráfico foram apreendidos, assim como diversos apetrechos utilizados no comércio de drogas, além de dezenas de objetos de origem ilícita.

Além dos 501 inquéritos concluídos no primeiro semestre deste ano, a DRE também aplicou 22 termos circunstanciados de ocorrências.

O diretor de Atividades Especiais da Polícia Civil, delegado Fernando Vasco, frisa que os resultados obtidos reforçam o papel da instituição na repressão a um tipo de crime que acaba fomentando outras atividades ilícitas. Ele destaca as investigações sobre o tráfico interestadual, como as apreensões recentes realizadas pela DRE em Mato Grosso do Sul de cargas de drogas que viriam para Cuiabá.

“A DRE demonstra de forma muito clara a capacidade operacional da unidade, com um foco no tráfico doméstico na região metropolitana de Cuiabá, trabalho que conta com a colaboração da sociedade por meio de denúncias. Mas também há um trabalho forte na repressão ao tráfico interestadual”.

O delegado titular da unidade, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, explica que mesmo diante do déficit de efetivo e da pandemia do coronavírus, há um empenho e dedicação de toda a equipe da unidade para alcançar os resultados obtidos.

“As prisões, volume de drogas apreendidas, inquéritos concluídos são resultados de um trabalho conjunto de toda a DRE, além da integração com os demais órgãos da segurança pública e interação e troca de informações com outros estados, que são ferramentas fundamentais para termos êxito nas investigações”, destacou o delegado.

Para o segundo semestre deste ano o titular da DRE pontua que as ações da unidade devem ganhar um reforço com a aplicação de valores de bens aprendidos no tráfico de drogas e leiloados pelo Estado.

“Parte desses recursos deve retornar para a delegacia e será empregado no aprimoramento de ações investigativas da unidade, para somar e fortalecer a atuação da DRE”, afirma o delegado Vitor Hugo.

Integração

O delegado Vitor Hugo explica que para alcançar o resultado obtido, a unidade definiu em um planejamento as metas para as equipes, ações integradas com outros órgãos de segurança, inclusive de outros estados; trabalho operacional aliado à inteligência policial e o apoio da sociedade por meio de denúncias que são recebidas diariamente pelo número 197.

Algumas ações da DRE contam com apoio de outras unidades da Polícia Civil, inclusive de outros estados, da Polícia Militar, Centro Integrado de Operações Aéreas Pericia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e Polícia Rodoviária Federal, assim como o Ministério Público e Poder Judiciário nas medidas judiciais relacionadas à repressão ao tráfico de drogas.

“Esse conjunto de estratégias vem fortalecendo o trabalho da delegacia, que trabalha em diferentes vertentes, uma vez que o tráfico de drogas traz consequências drásticas à sociedade, fomentando outros crimes contra o patrimônio, homicídios e muitas causando tragédias na vida de milhares de famílias”, frisa Vitor Hugo.

Incineração

Toda a droga apreendida nas ações da DRE é incinerada após autorização judicial. Neste primeiro de 2020 foi feita a incineração de mais de 1,6 mil quilos de drogas, incluindo apreensões do ano anterior. 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Ponte de concreto sobre o Rio das Mortes será a maior de Mato Grosso

Publicado


.

Com obras previstas para iniciar ainda neste mês de julho, a ponte de concreto na rodovia MT-326, sobre o Rio das Mortes, será a maior ponte dessa estrutura já construída em Mato Grosso.  A ponte terá 483 metros de extensão e vai interligar os municípios de Cocalinho e Nova Nazaré, região do Médio-Araguaia.

A ordem de serviço para início da obra foi assinada pelo governador Mauro Mendes, que destacou a importância da ponte especialmente para a economia da região, que está se transformando em um novo eldorado de Mato Grosso em razão da produção agrícola e extrativismo mineral.

“Na campanha de 2018 eu andei nas regiões do Araguaia, conversando com algumas pessoas sobre nosso projeto como candidato a governador de Mato Grosso. Naquele momento eu fiz um único compromisso, que é com essa ponte sobre o Rio das Mortes, pois para mim estava extremamente claro que era uma obra estratégica para a região como um todo, pois não é uma obra para um município, mas para toda uma região”, afirmou.

Ponte de concreto sobre o Rio das Mortes será a maior de MT

Estão previstos investimentos de R$ 52 milhões na construção da ponte, que será executada pela construtora Rivoli SPA. A previsão é de que já sejam iniciados os serviços de fundação, para que a obra seja concluída em 2021. Com a construção, a ponte sobre o Rio das Mortes vai desbancar a ponte de 341 metros, sobre o rio Teles Pires, em Nova Canaã, como a maior ponte de concreto do Estado.

Mas as obras não param por aí. De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo de Oliveira, a ponte sobre o Rio das Mortes será a maior ponte até agora, pois estão em fase de elaboração de projeto as pontes sobre o Rio Teles Pires, com 690 metros, e sobre o rio Juruena, com 1,4 mil metros de extensão. 

“A ponte sobre o rio das Mortes sempre foi colocada pelo governador Mauro Mendes como prioridade, pois tínhamos que resgatar o Araguaia. Essa é uma obra importante, que vai diminuir os obstáculos ao crescimento de Mato Grosso e representar um novo tempo para o Araguaia. São mais de 500 bitrens que se avolumam para fazer a travessia de balsa e a ponte será um grande fator de escoamento de grãos e calcário da região”, disse o secretário.

A ponte terá 483 metros de extensão e vai interligar os municípios de Cocalinho e Nova Nazaré, região do Médio-Araguaia

Para a prefeita de Cocalinho Dalva Peres, a construção da ponte é a realização de um pedido antigo e de um sonho de toda a região do Araguaia, que ainda depende exclusivamente das balsas para fazer o trajeto na MT-326. Uma obra que vai representar um salto no desenvolvimento não apenas da região, mas de Mato Grosso.

“Sabemos que aquilo que se cobrava para o povo está sendo bem cobrado. Agradeço muito o trabalho desse governo com nossa região. Desde que entramos na gestão municipal viemos cobrando firmemente e de forma veemente e agora estamos vendo que as obras estão saindo do papel e realmente acontecendo. O povo de Cocalinho agradece por essa ponte”, disse a prefeita.

O prefeito de Nova Nazaré, João Teodoro Filho, também reconheceu a importância da ponte como um patrimônio de Mato Grosso e não apenas dos munícipios.  “Uma ponte que vai trazer maior fluidez na Rodovia do Calcário e interligar vários municípios, como Água Boa e Canarana. Um grande ganho para Mato Grosso”, disse.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana