conecte-se conosco


Carros e Motos

Nova geração do Audi Q3 chegará ao Brasil no início de 2020

Publicado

source


Audi Q3 azul arrow-options
Divulgação

Novo Audi Q3 passará a chegar importado, com nova plataforma e uma série de novidades em relação anterior


Conforme apurado pela reportagem do iG Carros, o novo Audi Q3 chegará ao mercado brasileiro ainda no início de 2020. Lançado na Europa há certo tempo, o modelo já estava confirmado para o nosso mercado. O presidente da marca no Brasil, Johannes Roscheck, aproveitou o lançamento do Q8 para dar a notícia.

LEIA MAIS:  Audi deixa de produzir Q3 nacional à espera do novo, que será importado

De acordo com Roscheck, a Audi tem muito potencial na categoria dos SUVs no Brasil. O Q3 nacional foi o modelo que mais vendeu no segmento nos últimos 5 anos, enquanto o Q5 registra o dobro da demanda entre janeiro e julho 2019, na comparação com o mesmo período do ano passado. Portanto, a chegada do novo Audi Q3 promete bons resultados.

O SUV Q2 , por outro lado, ainda tem futuro incerto no mercado brasileiro. O executivo confirma que ele está sendo avaliado, mas diz que talvez não seja o momento certo. “Se não vier nessa geração, talvez venha em uma próxima”, diz ele. O novo hatchback A1 também não verá a luz do dia no mercado brasileiro nos próximos anos.

Leia Também:  Novo Hyundai HB20 mostra que evoluiu bastante nas primeiras impressões

Queimando dinheiro

Quando questionado sobre a perda de espaço para as rivais alemãs (BMW e Mercedes-Benz) e uma possível recuperação para voltar aos áureos tempos de liderança, Roscheck foi categórico: “Nós não queremos a liderança. A Audi não procura volume, as outras estão queimando dinheiro”.

LEIA MAIS: Audi revela o SUV-cupê Q3 Sportback

Atualmente, a fábrica da Audi em São José dos Pinhais (PR) tem volume de 3 mil carros anuais, sendo que todos são A3 Sedan . Com o fim da produção do Q3, a fatia da Volkswagen aumentou para a fabricação do T-Cross, mas o presidente da marca garante que a produção nacional – que começou no A3 de primeira geração em 1999 – continua nos planos da marca para o futuro. “É a nossa presença. Mostra que a Audi confia no mercado brasileiro”, diz ele.

Um levantamento divulgado pela própria marca mostra que, apesar da crise, o Brasil continua na décima posição no mercado de luxo geral – incluindo automóveis, vestuário, artigos de tecnologia, entre outros itens.

Leia Também:  Novo Renault Duster é flagrado em testes no Brasil

LEIA MAIS: Audi terá 18 lançamentos em 2019, incluindo a nova geração do A3

. Ainda que tenhamos as maiores taxas de cartão de crédito do mundo, a marca vê potencial para o crescimento. Em setembro, teremos o lançamento dos novos A6 (R$ 427 mil) e A7 (R$ 457 mil), que já podem ser encomendados no site da marca a partir de hoje.

Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Ford Mustang Lithium, Chevy E-10 e Bronco R querem dar alma aos eletrificados

Publicado

source
Ford Mustang arrow-options
Divulgação

Totalmente elétrico, o conceito Ford Mustang Lithium tem mais de 900 cv

As duas maiores montadoras dos Estados Unidos têm grandes planos de eletrificação e utilizam eventos para mostrá-los. No SEMA Show em Las Vegas, principal exposição comercial de modelos especiais do mundo, a Ford exibiu o Ford Mustang Lithium e, a General Motors, a picape E-10 num design retrô. Já no deserto do México, foi vez do Ford Bronco R. Em comum, potência é o ponto alto desses veículos-conceito que querem dar alma aos veículos eletrificados.

LEIA MAIS: Fusão entre PSA e FCA vai beneficiar 12 marcas com modelos eletrificados

Ford Mustang arrow-options
Divulgação

O Mustang Lithium propõe total envolvimento com o carro e tem um interior totalmente conectado

Os fãs do Ford Mustang terão novidades com a derivação de um SUV elétrico que chega em 2021. Mas tiveram uma prévia de como poderá ser o famoso automóvel cupê esportivo – aliás, o mais vendido do mundo. E potência não faltará ao novo modelo EV. O protótipo do Mustang Lithium é a bateria. Possui mais de 900 cavalos de potência (671 quilowatts) sob o capô com transmissão manual de seis marchas. O objetivo é manter o motor em seu ponto ideal da potência para o uso elétrico.

Leia Também:  Google Maps lança modo de navegação específico para motocicletas

É alimentado por um sistema de energia de 800 volts, mais do que o dobro da maioria dos carros elétricos em circulação atualmente, segundo a Ford. O motorista do carro elétrico pode selecionar entre quatro modos de condução, incluindo esporte, pista e animal. O quarto é o modo valet, para quando você precisa entregar a chave a outra pessoa.

Chevy E-10 arrow-options
Divulgação

O conceito Chevy E-10 tem um design retrô baseado na primeira picape S10 de 1962, um dos veículos mais carismáticos

O Mustang Lithium também foi criado como uma maneira de testar sistemas de gerenciamento de calor de um carro elétrico: a suspensão rebaixada visa dar segurança nas curvas e, é claro, ajuda no visual esportivo. O envolvimento com o carro também está presente no seu interior conectado.

LEIA MAIS: Corsa e Peugeot 208 ganham versões elétricas

Já a Chevy, como é chamada a GM nos EUA, exibiu a E-10, que tem muita potência para uma picape, segmento altamente disputado. Em contraste com a atual S10, o veículo mostrado em Las Vegas é conceitual, com estilo vintage.

Este novo conceito de picape elétrica é baseado na primeira picape S10, de 1962. Tem um pacote de propulsão elétrica oriundo da experiência obtida com o Chevrolet Bolt, o sucesso da montadora entre os modelos totalmente EVs. Seu trem de força tem 450 cv de potência com duas baterias de 60 kWh. A GM diz que o E-10 atingirá 100 km/h em cinco segundos e percorrerá 400 metros em 13 segundos.

Ford Bronco Hybrid

Ford Bronco arrow-options
Divulgação

O SUV off-road Bronco R mostra como será o futuro veículo da Ford, ressuscitado agora com a tecnologia híbrida

A Ford prepara ainda a reedição do novo Bronco, um tradicional SUV off-road que agora será híbrido. Trata-se de um utilitário grandalhão, ícone norte-americano nos anos 70, que será ressuscitado.

LEIA MAIS: Saiba quais são as novidades de carros elétricos e híbridos no Japão

Sua revelação ocorrerá no início de 2020, mas a montadora fez uma demonstração prévia com um veículo de corrida chamado Bronco R para a competição Baja 1000 no deserto do México. O novo Ford Bronco Hybrid terá um motor V6 3.5 turbo de 450 cv de potência combinado com um elétrico. Ele virá em duas e quatro portas para competir com o Jeep Wrangler. Terá uma versão do novo chassi T6 que vai também ser usado na futura picape Ranger.

Afinal, as centenárias montadoras americanas correm contra o tempo. Além de manter seus clientes atuais com veículos potentes (como o Ford Mustang ), elas precisam atrair uma nova geração de pessoas desejam modelos econômicos e de reduzidas emissões.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

Ferrari Roma é a nova estrela da Casa de Maranello

Publicado

source

Motor Show

Ferrari arrow-options
Divulgação

Ferrari Roma: visual conta com uma dianteira longa e uma traseira curta, aliado a equipamentos de última geração

Eis o novo ícone da Casa de Maranello: a Ferrari Roma. Ela foi apresentada durante uma festa para convidados especiais e presta uma homenagem a cidade de Roma, na Itália. Lado a lado com o modelo Portofino , a Roma cresceu 70 mm no comprimento (4,656 m) e 44 mm na largura (1,974 m), enquanto a altura diminuiu 17 mm (1,301 m) e o entre se manteve inalterado (2,670 m).

LEIA MAIS: Avaliação: Ferrari 488 Pista é um esportivo impecável

O visual exibe uma dianteira longa associada a traseira curta. Aliás, alguns elementos de design roubam os olhares, como os faróis Matrix LED com barra horizontal, inspirados nos modelos Monza SP1 e Monza SP2, e as lanternas divididas em quatro seções (uma clássica solução de estilo nos carros da Ferrari ).

LEIA MAIS: Ferrari revela novo 812 GTS, o conversível mais potente do mundo

Interior e mecânica

Por dentro, a cabine adota o conceito “Dual Cockpit”, com duas células bem divididas para motorista e passageiro. O habitáculo oferece três telas, com novo multimídia vertical de 8,4″, um display para o passageiro e o quadro de instrumentos de 16″. Outro destaque do super-carro aparece no volante com botões táteis.

LEIA MAIS: Ferrari lança o conversível F8 Spider que será vendido no Brasil em breve

Sob o capô, se esconde um motor V8 3.9 turbinado, na posição central-traseira, com 620 cv de 5.750 a 7.500 rpm e torque de 77 kgfm disponível entre 3.000 e 5.750 rpm. O câmbio é de dupla embreagem derivado da Ferrari SF90 Stradale , mas com oito marchas. Com 1.570 kg e relação peso-potência de 2,53 kg/cv, é possível acelerar de 0-100 km/h em baixos 3,4 segundos, de 0-200 km/h em 9,3 segundos, e atingir 320 km/h de velocidade máxima.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana