conecte-se conosco


Economia

Nota MT distribui R$ 490 mil em prêmios para entidades de Mato Grosso

Publicado


Até o quinto sorteio, 110 entidades foram indicadas pelos premiados no sorteio

A premiação do Nota MT, programa instituído pelo Governo de Mato Grosso incentivando os contribuintes a pedir para colocar o CPF na nota fiscal, beneficiou 110 entidades de 44 municípios de Mato Grosso. As instituições foram indicadas pelos contribuintes premiados em todos os sorteios já realizados pelo programa desde junho deste ano, quandofoi lançado. No total, foram pagos R$ 490 mil em prêmios somente para as entidades.

No quinto sorteio da Nota MT, realizado na manha desta quinta-feira (14), nove entidades receberam um cheque simbólico com os valores já pagos. A secretária adjunta de Assistência Social, Rosineide Porcionato, que na ocasião representava a secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, explicou que as entidades podem se cadastrar junto a Secretaria para participar da Nota MT e das ações sociais realizadas pela pasta. “Os contribuintes escolhem a entidade que deseja contemplar. Caso seja premiado, a entidade receberá 20% do valor do prêmio, por exemplo, a pessoa sorteada receberá R$ 500 e a entidade indicada outros R$ 100”.  Atualmente há mais de 140 instituições cadastradas em nosso banco de dados.

A Associação de Amigos da Criança com Câncer de Mato Grosso (ACCC), entidade mais indicada pelos sorteados, receberá R$ 125,4 mil no total. O presidente da Associação, Benildes Firmo, destacou a importância da iniciativa. “Estamos felizes por participar desse projeto. Este recurso vem a fortalecer o atendimento da instituição as nossas crianças e adolescentes com câncer. Queremos externar ao Governo de Mato Grosso a nossa mais profunda gratidão, por essa iniciativa de inserir as nossas instituições neste projeto. Esperamos que a sociedade cada vez mais sinta a necessidade de colaborar a sociedade mato-grossense”, acrescentou.

Leia Também:  “Bolsa Família para em setembro” sem crédito suplementar, diz Guedes

Um intenso trabalho de conscientização para adesão ao Nota MT foi realizado em Guarantã do Norte, que tem resultado em muitas indicações  da Apae do município. A entidade receberá R$ 7,5 mil reais. Conforme a voluntária da Apae, Margareth Torres, o esforço realizado na cidade fez aumentar o número de ganhadores. Segundo ela, no primeiro sorteio dez pessoas foram contempladas com prêmios no valor de R$500 e uma no valor de R$ 10 mil. As onze pessoas indicaram a instituição que recebeu um total de R$ 5,8 mil em prêmios.

“Essa contribuição que recebemos da nota MT foi muito bem-vinda. A Apae é uma instituição que vive de doações e infelizmente com a situação em que todos estão é complicado angariar recursos. Com o valor que recebemos reformamos toda área de lazer para os pequenos, fizemos um espaço de refeição buscando um ambiente agradável. A divulgação foi feita de porta em porta em cada comércio, buscando a parceria de todos”.

Em Rondonópolis, uma das entidades mais indicadas é a Associação Rondonopolitana de Deficientes Visuais. O presidente da insituição, Élcio Viera de Souza, falou sobre a importância da iniciativa para a entidade que atualmente atende 127 pessoas com deficiência visual. “Esse evento foi de grande valia viemos a primeira vez receber esse prêmio que ajudará com certeza vai fazer a diferença, principalmente agora no final do ano que tem tantas coisas, como a manutenção da instituição”, pontuou.

Para a presidente da Associação Mato-grossense de Pesquisa e Apoio a Adoção, (Ampara) Lindacir Rocha Bernardon, o projeto é a oportunidade da prática do social e a iniciativa vem de encontro para atender as necessidades das entidades. “Somos uma associação sem fins lucrativos e conseguimos nos manter através de doações. Estávamos passando por tanto apuro que esse dinheiro veio em uma boa hora”.

Leia Também:  Quatro contribuintes de Cuiabá e 1 de Alta Floresta ganham R$ 10 mil na Nota MT

Meta

A meta do Programa Nota MT é que até o final do ano o valor de distribuição alcance 1,5 milhão, com 250 mil cadastros. De acordo com o secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, o programa já tem 206 mil pessoas cadastradas. O próximo sorteio está previsto para o mês de dezembro, no município de Cáceres, na região Oeste de Mato grsso. “O engajamento é muito importante para fazer a difusão da disseminação da conscientização da necessidade de se cadastrar e pedir a nota fiscal, para que esta se reverta em as ações tão nobres que ajudam o próximo”.

Cadastro das entidades

Para participar do programa, as entidades precisam estar cadastradas no banco de dados da Setasc. Este cadastro também permitirá as entidades acesso a outros projetos, programas do governo, doação de produtos, entre outros. No cadastro, as entidades precisam informar os nomes dos presidentes ou responsáveis, telefones, e-mails e público-alvo, como instituições que atendam majoritariamente pessoas em vulnerabilidade social, indígenas e quilombolas, por exemplo.

As instituições e/ou associações interessadas em fazer parte do banco de dados, ou atualizar informações, devem mandar um e-mail para o endereço: [email protected]/ colocar no título “Atualização Cadastral – Nome da entidade” ou acessar a página virtual da Setasc.

Outras duas opções: ligar no telefone (65) 3613-4705 ou ainda procurar a Secretaria, no setor Cidadania e Inclusão Socioprodutiva, e atualizar pessoalmente. O endereço da Setasc é Rua Júlio Domingos de Campos, nº 100, Centro Político Administrativo (CPA), em Cuiabá.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Economia

Copom realiza última reunião do ano com expectativa de queda da Selic

Publicado

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) realiza na próxima terça (10) e quarta-feira (11) a última reunião deste ano para definir a taxa básica de juros da economia (Selic), atualmente em 5% ao ano. A expectativa é de uma nova redução da Selic em 0,5 ponto percentual para 4,5% ao ano.

No final de julho, o Copom iniciou um ciclo de cortes, reduzindo a Selic em 0,5 ponto percentual para 6% ao ano. Em setembro, a Selic foi reduzida novamente em 0,5 ponto percentual, e em outubro, houve mais um corte de 0,5 ponto percentual.

Segundo a última pesquisa do BC ao mercado financeiro, a Selic deve cair mais em 2020, chegando a 4,25% ao ano, em fevereiro, e será mantida nesse patamar nas reuniões seguintes até dezembro, quando será elevada para 4,5% ao ano.

Meta de inflação

A taxa básica de juros é o principal instrumento do BC para alcançar a meta de inflação definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Neste ano, a meta é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. Para o mercado financeiro, a inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar abaixo do centro da meta, em 3,52%, neste ano. Para 2020, a previsão também está abaixo da meta (4%), em 3,60%.

Leia Também:  Dólar supera R$ 4,16 e fecha no maior valor em três semanas

Ao reduzir os juros básicos, a tendência é diminuir os custos do crédito e incentivar a produção e o consumo. Para cortar a Selic, o Copom precisa estar seguro de que os preços estão sob controle e não correm risco de ficar acima da meta de inflação.

O Banco Central atua diariamente por meio de operações de mercado aberto – comprando e vendendo títulos públicos federais – para manter a taxa de juros próxima ao valor definido na reunião do Copom.

A taxa básica, que serve de referência para os demais juros da economia, é a taxa média cobrada em negociações com títulos emitidos pelo Tesouro Nacional, registradas diariamente no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic).

O Copom, formado pela diretoria do BC, reúne-se a cada 45 dias. No primeiro dia do encontro, são feitas apresentações técnicas sobre a evolução e as perspectivas das economias brasileira e mundial e o comportamento do mercado financeiro. No segundo dia, os membros do Copom analisam as possibilidades e definem a Selic.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Economia
Leia Também:  Paulo Guedes tem o celular hackeado, afirma assessoria do ministro da Economia
Continue lendo

Economia

Petrobras inicia processo para arrendar terminal de regaseificação

Publicado

A Petrobras começou, hoje (9), o processo de arrendamento do terminal de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) da Bahia. O GNL é um gás natural transformado em líquido para ser transportado em um navio e que precisa ser gaseificado novamente para ser utilizado pelo consumidor.

O arrendamento do terminal, em Salvador, e de seu gasoduto, faz parte de um termo de compromisso celebrado junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), em julho deste ano, e de uma estratégia da estatal petrolífera de melhorar sua alocação de capital e construir um ambiente favorável à entrada de novos investidores no setor de gás natural.

A primeira fase é a pré-qualificação das empresas interessadas em participar da licitação. O Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia consiste em um píer tipo ilha para atracação de um navio transportador de gás liquefeito. A vazão máxima de regaseificação do terminal é de 20 milhões de metros cúbicos por dia.

O gasoduto integrante do terminal tem 45 quilômetros (km) de extensão e 28 polegadas de diâmetro, interligando dois pontos de entrega, a Estação Redutora de Pressão de São Francisco do Conde e a Estação de Controle de Vazão de São Sebastião do Passé.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Economia
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana