conecte-se conosco


Esportes

Nos pênaltis, Corinthians elimina o Boca e avança na CONMEBOL Libertadores

Publicado

O Corinthians foi a Buenos Aires, nesta terça-feira (5), para enfrentar o Boca Juniors no Estádio La Bombonera pela partida decisiva das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores.
Após o empate em 0 a 0 no tempo normal, a partida foi decidida nos pênaltis. E brilhou a estrela do GIGANTE Cássio: o goleiro do Timão pegou dois pênaltis e o Alvinegro avançou para as quartas de final da competição.
Os gols do Corinthians nos pênaltis foram convertidos por: Fábio Santos, Cantillo, Róger Guedes, Roni, Lucas Piton e Gil, finalizando a série com um placar de 6 a 5.
O Timão agora espera o próximo adversário da CONMEBOL Libertadores, que sairá do confronto entre Flamengo e Tolima. A partida ocorre nesta quarta-feira (7).
Escalação
O técnico Vítor Pereira escalou o Corinthians com a seguinte formação: Cássio; Rafael Ramos, João Victor, Raul e Fábio Santos; Du Queiroz, Cantillo e Giuliano; Gustavo Mantuan, Lucas Piton e Róger Guedes. Entraram no decorrer da partida: Gil, Giovane, Roni, Bruno Méndez e Bruno Melo. Ainda ficaram à disposição no banco de reservas: Matheus Donelli, Robson, Willian, Biro, Robert, Xavier, Felipe.
Primeiro tempo
Logo aos três minutos de partida, o Boca Juniors foi ao ataque. O atacante argentino fez o drible em João Victor e avançou para a área, mas Cássio estava atento e fez a defesa. A bola escapou do camisa 12 e bateu no argentino, dando tiro de meta para o Timão. Aos seis, mais uma vez a equipe argentina chegou com perigo. Em um chute pela esquerda, Cássio mais uma vez fez uma excelente defesa.
Em um contra-ataque muito rápido do adversário, aos 18 minutos, a bola sobrou sozinha para o atacante argentino, que na cara do gol furou e mandou pra fora. Aos 26 minutos, Raul Gustavo foi afastar a bola e acertou com o cotovelo o jogador argentino. Após a checagem do VAR, o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o atacante adversário chutou na trave! O placar seguiu zerado em Buenos Aires.
O restante do primeiro tempo foi de pressão do Boca sobre o Timão. Ao final dos 45, o árbitro deu quatro minutos de acréscimo.
Neste período, o zagueiro João Victor se machucou e teve de ser substituído. No lugar dele entrou Gil. Com a parada para o atendimento, o árbitro acrescentou mais dois minutos antes de encerrar o primeiro tempo.
Segundo tempo
A segunda etapa iniciou sem mais alterações no Alvinegro.
Logo no primeiro minuto de jogo, Mantuan tentou ligar o contra-ataque, foi derrubado e o adversário tomou cartão amarelo. O camisa 31 acabou se contundindo e foi substituído por Giovane. Aos 13 minutos, o Boca chegou mais uma vez: o camisa 9 do time argentino tentou cavar por cima de Cássio, mas a bola foi por cima do gol.
O técnico Vítor Pereira fez mudança tripla no Timão aos 22 minutos: saíram Du Queiroz, Giuliano e Rafael Ramos e entraram Roni, Bruno Méndez e Bruno Melo.
O Corinthians tentou buscar espaços, mas o Boca Juniors estava bem postado defensivamente e não deixou o Timão avançar. Nas chegadas da equipe argentina, a zaga alvinegra afastou o perigo da área.
Ao final no tempo regulamentar, o árbitro deu cinco minutos de acréscimo. No último minuto de jogo, o Boca arriscou de fora da área e a bola foi para fora. O árbitro finalizou e a partida foi para as cobranças de penalidades máximas.
Decisão nos pênaltis
A série foi iniciada com o Boca cobrando. Rojo foi pra bola e converteu, 1 a 0. Fábio Santos abriu a série pelo Timão: o camisa 26 foi para a bola e também converteu, 1 a 1.
A segunda cobrança da equipe argentina foi feita por Isquerdoz, que colocou o time novamente em vantagem, 2 a 1. Cantillo então bateu o pênalti pelo Timão e empatou a série, 2 a 2.
Na terceira rodada de cobrança, Villa foi para a bola pelo Boca e CÁSSIO FEZ A DEFESA!! Foi a fez de Raul cobrar para o Timão. O zagueiro foi para a bola e o goleiro argentino também fez a defesa, seguiu 2 a 2.
A quarta cobrança do Boca foi de Fernandez. O jogador colocou o adversário em vantagem novamente, 3 a 2. Bruno Melo foi para a bola pelo Timão e errou a cobrança.
Benedetto cobrou o pênalti pelo Boca e também errou!!! A última cobrança da série normal foi feita por Róger Guedes. O camisa 9 empatou a série, 3 a 3.
A decisão foi para as alternadas. O primeiro a cobrar foi Romero, que converteu, 4 a 3. Roni foi para a cobrança pelo Timão e fez o gol! 4 a 4.
Varella foi o próximo a bater pelos argentinos e converteu, 5 a 4. Lucas Piton foi para a bola pelo Timão e empatou, 5 a 5.

Defesa de Cássio. Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians
A terceira cobrança das alternadas foi iniciada por Ramirez. O camisa 20 do Boca cobrou e CÁSSIO DEFENDEU! A cobrança do Timão foi feita por Gil. O camisa 4 cobrou a classificação do Timão foi garantida.
Placar final: 6 a 5 para o Corinthians.

Cobrança de Gil que garantiu a classificação alvinegra. Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians
Próximo jogo
O próximo jogo do Corinthians ocorre no próximo domingo (10), às 16h, na Neo Química Arena, contra a equipe do Flamengo, pela 16ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Categoria(s): Futebol

fonte: https://www.corinthians.com.br/noticias/nos-penaltis-corinthians-elimina-o-boca-e-avanca-na-conmebol-libertadores

COMENTE ABAIXO:

Fonte: Agência Esporte

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esportes

Em crise, Cuiabá cai mais uma posição na briga pela permanência

Publicado

Em crise de vitória no Campeonato Brasileiro, o Cuiabá se vê cada dia mais perto do abismo na tabela de classificação.

Após mais uma rodada, a 21ª de um total de 38 jogos, o ‘Dourado’ desceu mais um pouco na briga, ocupando agora 18ª colocação após amargar derrota de 1 a 0 para o Fluminense no Maracanã. Soma apenas 20 pontos em 21 jogos disputados. Está a frente somente do Atlético Goianiense, 19º também com 20 e do Juventude, lanterna com 16 pontos.

E, justamente, o time de Caxias do Sul será o próximo adversário da equipe treinada pelo português António Oliveira. O duelo está marcado para o próximo sábado, às 19h30, na Arena Pantanal.

Após ter um início sonolento, inclusive tomando o gol da derrota logo a um minuto de bola rolando, o Cuiabá se mostrou uma equipe aguerrida e competitiva. Por alguns momentos isolados, levou perigo ao gol defendido por Fábio.

A reapresentação do elenco de jogadores deve ocorrer nesta terça-feira no CT do ‘Dourado’. Antônio Oliveira terá outra semana cheia para trabalhar o grupo em busca da reabilitação. Por diversas vezes, o treinador reclamou da ineficiência do setor ofensivo do time. A expectativa é que os novos reforços, atacante Deyverson, ex-Palmeiras e o meia Sidecley, ex-Corinthians, ganhem condição de jogo logo e reforce os setores.

Fonte: Agência Esporte

Continue lendo

Esportes

Flamengo domina ranking de maior público do Brasileirão 2022; veja a lista

Publicado

Nesta primeira fase do Brasileirão 2022, o Flamengo já se destaca com a maior média de público e renda, em 8 das 10 maiores.

Com o Campeonato Brasileiro se encaminhando para sua segunda metade, algumas coisas já começam a ser definidas, como por exemplo as equipes que brigarão por vaga na Libertadores e as que tentarão se manter na elite.

Os 10 maiores públicos do Brasileirão 2022

  1. Flamengo 0 x 0 Palmeiras – 69.997 torcedores (Maracanã)
  2. Flamengo 4 x 0 Juventude – 65,392 torcedores (Maracanã)
  3. Flamengo 4 a 1 Atlético Goianiense – 63.050 torcedores (Maracanã)
  4. Flamengo 1 x 2 Fortaleza – 63.976 torcedores (Maracanã)
  5. Fluminense 2 x 1 Ceará – 63.707 torcedores (Maracanã)
  6. Fluminense 1 x 2 Flamengo – 57.919 torcedores (Maracanã)
  7. Atlético Mineiro 2 x 0 Flamengo – 55.373 torcedores (Mineirão)
  8. Flamengo 0 x 1 Botafogo – 54.981 torcedores (Maracanã)
  9. Flamengo 3 x 1 São Paulo 54.686 torcedores (Maracanã)
  10. Atlético Mineiro 0 x 0 São Paulo – 52.356 torcedores (Mineirão)

Fonte: Agência Esporte

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana