conecte-se conosco


Esportes

No Maracanã, Flamengo bate Botafogo no clássico e encosta na liderança

Publicado

Em clássico movimentado, o Flamengo superou o Botafogo por 3 a 2, neste domingo, no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros chegaram a 24 pontos e seguem na terceira posição do Campeonato Brasileiro. Já os alvinegros, com 16, caíram para a nono na Série A.

O Botafogo abriu o placar no início, com Cícero. No entanto, o Flamengo chegou ao empate ainda na etapa inicial, com Gerson. No segundo tempo, o clássico ficou mais movimentado e os rubro-negros viraram com Gabriel. Diego Souza voltou a igualar o confronto para os alvinegros. Só que Bruno Henrique marcou o terceiro e decretou a vitória dos flamenguistas.

Na próxima rodada, o Flamengo viaja até Salvador para enfrentar o Bahia, no domingo. No mesmo dia, o Botafogo encara o Avaí, em Florianópolis.

O JOGO

O Flamengo começou o jogo em busca do gol e quase abriu o placar aos dois minutos. Bruno Henrique fez boa jogada, mas chutou pela linha de fundo. Depois, o mesmo atacante não conseguiu dominar a bola após cruzamento e facilitou a defesa de Gatito Fernández.

O Botafogo, aos poucos, saiu da pressão rubro-negra e buscou o ataque. Os alvinegros aproveitaram a primeira chance criada e marcaram aos 13 minutos. Após escanteio, Cícero se antecipou a Diego Alves e desviou para a rede.

O revés foi sentido pelo Flamengo, que viu o Botafogo em outra jogada de bola parada, com Joel Carli. Só que, aos poucos, os rubro-negros voltaram a dominar a posse de bola e voltaram a assustar, aos 29 minutos. Willian Arão chutou da entrada da área e acertou a rede pelo lado de fora.

Depois de rondar muito a área, o Flamengo chegou ao empate aos 34 minutos. Gerson fez boa jogada individual e chutou cruzado, sem chance para Gatito Fernández.

Leia Também:  Tite espera rápida solução do caso Neymar e pondera: “Eu não posso julgar”

Nos minutos finais, o panorama da partida seguiu o mesmo. O Flamengo dominava as ações e quase virou aos 41 minutos. Trauco arriscou da entrada da área obrigou Gatito Fernández a espalmar para frente. Pra sorte do Botafogo, a bola foi para a zaga, que tirou o perigo. Os alvinegros ainda responderam em falta de Marcinho, mas o clássico permaneceu igual até o intervalo.

No segundo tempo, o Flamengo continuou tendo mais posse de bola, mas quem assustou primeiro foi o Botafogo, aos quatro minutos. Luiz Fernando fez fila e chutou colocado, mas para fora. O lance animou os alvinegros, que desperdiçaram nova chance aos sete. Diego Souza tocou para Rodrigo Pimpão na área, só que o atacante mandou por cima do travessão.

No entanto, quando chegou com qualidade, os rubro-negros viraram a partida, aos oito minutos. Rafinha fez boa jogada pela direita e cruzou para a área. Joel Carli cortou para frente e viu Gabriel acertar belo chute de primeira, sem chance para Gatito Fernández.

O revés não mudou a postura do Botafogo, que seguiu bem na parte ofensiva. O Flamengo recuou e permitiu aos alvinegros passarem a pressionar em busca do empate. A insistência surtiu efeito aos 21 minutos. Diego Souza cobrou falta com força e acertou o canto de Diego Alves.

Após a igualdade, o clássico ficou mais movimentado, pois as duas equipes passaram a buscar o ataque. O Flamengo mostrou mais qualidade e chegou ao terceiro gol, aos 28 minutos. Após boa troca de passes, Rafinha mandou para Bruno Henrique apenas empurrar para a rede.

Leia Também:  Final “sem tradição” da Copa Africana tem estrelas e seleções em ascensão

A partir dai, os rubro-negros passaram a administrar o resultado com muito toque de bola. O Botafogo ainda buscava os avanços, mas pareceu sentir a parte física. O goleiro Diego Alves só fez uma defesa difícil, em cabeçada de Alex Santana. Assim, o Flamengo conseguiu manter o resultado até o apito final.

FICHA TÉCNICA: FLAMENGO 3 X 2 BOTAFOGO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 28 de julho de 2019, domingo
Hora: 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Neuza Ines Back (SP)
VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP), Salim Fende Chavez (SP) e Fabricio Porfirio de Moura (SP)
Renda: R$ 1.645.403,00
Público: 42.483 pagantes

Cartões amarelos: Gabriel, Cuéllar, Gerson, Trauco e Rafinha (Flamengo); Rodrigo Pimpão e Gabriel (Botafogo)

GOLS FLAMENGO: Gerson, aos 34min do primeiro tempo; Gabriel, aos 8min do segundo tempo; Bruno Henrique, aos 28min do segundo tempo
BOTAFOGO: Cícero, aos 13min do primeiro tempo; Diego Souza, aos 21min do segundo tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio (Thuler), Pablo Mari e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Gerson; Lincoln (Lucas Silva), Bruno Henrique e Gabriel (Piris da Motta)
Técnico: Jorge Jesus

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Joel Carli, Gabriel e Jonathan (Lucas Barros); Cícero, Alex Santana e João Paulo (Victor Rangel); Rodrigo Pimpão (Lucas Campos), Luiz Fernando e Diego Souza
Técnico: Eduardo Barroca

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Série B – Abatido, Cuiabá perde em Recife para o Sport, mas dorme na 12ª posição na tabela

Publicado

Abatido ainda com as mudanças recentes, o Dourado foi presa fácil no Recife / Fotos: Ascom Cuiabá

O Cuiabá voltou a perder e o Sport Recife se firmou como vice-líder, ampliando a vantagem para o terceiro lugar e se projetou com um passo importante para o acesso às elite – o retorno, na verdade – do futebol brasileiro. O Rubro-Negro recebeu o Cuiabá nesta segunda-feira e venceu a equipe do Centro-Oeste por 2 a 0, em confronto válido pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A vitória, junto com o empate do Atlético-GO em casa, ampliou a vantagem do Leão na vice-liderança. O time pernambucano agora tem 52 pontos, cinco atrás do líder Bragantino, que tem um jogo a menos, e quatro a mais que o 3º colocado goiano. O Sport também abriu provisoriamente 11 pontos em relação ao América-MG, primeira equipe fora do G4 e que ainda joga na rodada, se consolidando no grupo de acesso à primeira divisão.

Já o time visitante, que recentemente trocou de treinador, ficou definitivamente longe da disputa pelo G4, se aproximando cada vez mais da luta contra a degola. O Dourado, que ainda tem um jogo a menos, soma 36 pontos na 12ª colocação e ainda pode ser ultrapassado provisoriamente pelo Oeste na tabela. A equipe está a sete pontos do grupo de acesso e a seis do Z4. O Oeste joga nesta quinta-feira com o líder Bragantino e, se ganhar, supera o Dourado.

Leia Também:  Noruega elimina Austrália nos pênaltis e se garante nas quartas da Copa feminina

O time da casa abriu o placar logo no início, ainda aos 12 minutos com Sander. Após bola em profundidade de Charles, Hernane se antecipou e fez o corta-luz para a passada de Sander. O lateral invadiu a área, bateu cruzado e contou com falha do goleiro, que aceitou chute embaixo das pernas, para abrir o placar.

Eduardo Henrique comandou o Dourado no jogo do Arrudão, nesta  2ª

Na segunda etapa, os mandantes aproveitaram um rápido contra-ataque para matar o jogo. Aos dez minutos, Hernane conduziu pelo centro e abriu na direita para Marquinho invadir a área e bater cruzado. Matheus Nogueira espalmou e a bola sobrou livre para Pedro Carmona empurrar para as redes.

FICHA TÉCNICA

SPORT 2X0 CUIABÁ

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)

Data: 14 de outubro de 2019 (segunda-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA)

Auxiliares: Edevan de Oliveira Pereira e Luanderson Lima dos Santos (BA)

Cartões Amarelos: Toty, Marino, Alê e Jean Patrick (Cuiabá)

Gols: Sander, aos 12 minutos do 1º tempo, e Pedro Carmona, aos 10 minutos do 2º tempo, para o Sport

Leia Também:  NFL anuncia cinco jogos internacionais para a temporada 2019/20; confira

—-

SPORT: Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; João Igor, Charles e Pedro Carmona (Yago); Marquinho (Hyuri), Guilherme e Hernane Brocador (Elton).

Técnico: Guto Ferreira

CUIABÁ: Matheus Nogueira; Toty, Ednei, Anderson Conceição e Paulinho; Marino, Jean Patrick (Alex Ruan); Lucas Braga e Alê; Felipe Marques (Mateus Anderson) e Gilmar (Jefinho).

Técnico: Eduardo Henrique

Continue lendo

Esportes

Cuiabá acerta com técnico rodado, com títulos e acessos com times do Norte e Nordeste

Publicado

Na próxima rodada da Série B, a 29ª, o Cuiabá já terá técnico novo, o substituto de Itamar Schulle, desligado após a derrota para o Vitória-BA, nesta sexta-feira 11. O Cuiabá já tem um novo comandante para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. O Dourado acertou, neste sábado (12), a contratação do técnico Marcelo Chamusca, nascido em Salvador, de 53 anos, que estava no CRB-AL.

O próximo jogo do Cuiabá na Série B será na segunda-feira, diante do Sport-PE, na Ilha do Retiro, pela 29ª rodada da competição. O Dourado é o 12º colocado, com 36 pontos ganhos.

Chamusca tem acessos importantes em seu currículo. Levou o Ceará à Brasileirão em 2017, acesso com o Guarani-SP para a Série B em 2016 e com o Salgueiro-PE para a Série C do Brasileiro em 2013. Também foi campeão cearense pelo Ceará, e campeão paraense de 2017, com o Paysandu.

Já trenou também a Ponte Preta, o Fortaleza, Remo, Sampaio Correia e CRB, principalmente.

Leia Também:  Final “sem tradição” da Copa Africana tem estrelas e seleções em ascensão
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana