conecte-se conosco


Saúde

No Dia Mundial do Coração, São Paulo tem exames gratuitos no metrô

Publicado

No Dia Mundial do Coração, comemorado hoje (29), a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp) promove exames gratuitos na estação do metrô República, na região central da capital paulista. A atividade, que se estenderá até amanhã (30), tem treinamento de massagem cardíaca, aferição de pressão e debate sobre estresse e tabagismo.

O treinamento em Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP), realizado com manequins recicláveis, é repetido a cada 20 minutos. Cada sessão tem capacidade para 50 pessoas treinarem simultaneamente.

O médico Agnaldo Píscopo, diretor do Centro de Treinamento em Emergências da Socesp, explica que o reconhecimento de que está ocorrendo, de fato, um infarto e o socorro de maneira correta aumentam as chances de sobrevida dos pacientes de quatro a cinco vezes. “A Organização Mundial da Saúde [OMS] indica que o tempo entre a ocorrência do quadro e a chegada de socorro médico pode ser preenchido por leigos”, diz.

No evento, também são ministradas aulas de exercícios de relaxamento para o cotidiano e de alimentação correta para reduzir o sobrepeso e a obesidade. De acordo com a entidade, a adoção de medidas simples no dia a dia, como deixar de fumar, reduzir o consumo de sal e de açúcar, praticar atividades físicas regulares e ingerir uma dieta equilibrada são as principais recomendações para um coração mais saudável. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares, como o infarto do miocárdio e o acidente vascular cerebral (AVC) tiram a vida de 18 milhões de pessoas por ano, o que representa 31% de todas as mortes. No Brasil, são 350 mil óbitos anuais, um a cada 40 segundos.

Edição: Wellton Máximo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Saúde financiará pesquisas em terapias avançadas

Publicado


.

O Ministério da Saúde lançou ontem (3) chamada pública para seleção de pesquisas em terapias avançadas. A pasta vai disponibilizar R$ 47,2 milhões para financiar estudos no desenvolvimento de tecnologia nacional em terapia celular, terapia gênica e tecido artificial, áreas de interesse do Sistema Único de Saúde .

A chamada ocorre em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), fundação pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. Podem participar pesquisadores vinculados a Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) com foro no Brasil.

As propostas devem ser apresentadas até o dia 17 de setembro, por meio da Plataforma Carlos Chagas, do CNPq, e o resultado final será divulgado até o dia 30 de novembro no site da fundação.

De acordo com o Ministério da Saúde, na prática, as terapias avançadas têm o objetivo de tratar, prevenir ou até mesmo diagnosticar uma doença e representam uma promessa terapêutica para enfermidades complexas e sem alternativas médicas disponíveis. São usados produtos biológicos obtidos a partir de células e tecidos humanos que foram submetidos a um processo de fabricação, além dos produtos de terapia gênica.

A pasta informou ainda que está prevista, para este ano, a contratação de duas pesquisas que envolvem o tratamento com células-tronco para o tratamento de covid-19 e a compreensão sobre a evolução e dispersão do novo coronavírus no Brasil. Ao todo, o Ministério da Saúde deve investir R$ 71,4 milhões para fomentar as pesquisas, no âmbito do Programa Genomas Brasil.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

Saúde

Estado do Rio tem 168.064 casos de covid-19 desde início da pandemia

Publicado


.

O Rio de Janeiro registra 168.064 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia. A atualização foi feita hoje (3) pela secretaria de Saúde do Estado, que divulgou também que foram registrados 32 óbitos e 839 casos da doença em 24 horas, desde ontem, em todo o estado. Agora o Rio soma 13.604 mortes pelo novo coronavírus e 144.850 pacientes recuperados.

A capital tem 72.079 casos de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Niterói registrou 9.079 pessoas infectadas pela doença. São Gonçalo, 8.610. Duque de Caxias, 6.428, e Macaé, 5.665.

Rio de Janeiro é também a cidade com mais mortes registradas por covid-19: 8.371. São Gonçalo tem 595 mortes. Duque de Caxias, 579. Nova Iguaçu, 435, e São João de Meriti, 324.

O balanço completo dos números do estado está em painel.saude.rj.gov.br

 

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana