conecte-se conosco


Carros e Motos

Nissan Versa passa a contar com antena estilo tubarão

Publicado


source


Antes presente na versão Exclusive, a antena tubarão pode ser adquirida na lista de acessórios de qualquer versão do Versa
Divulgação

Antes presente na versão Exclusive, a antena tubarão pode ser adquirida na lista de acessórios de qualquer versão do Versa

A linha de acessórios originais da Nissan para o Versa inclui a antena receptora de teto estilo ‘tubarão’, que se soma aos mais de 30 itens disponíveis, sendo oito deles exclusivos para o modelo. Segundo a marca, o preço sugerido para venda ao consumidor é R$ 211,54 .

Fora a antena, há ainda na lista de acessórios de qualquer versão do sedã compacto Nissan Versa os seguintes itens : carregador sem fio de telefone celular, sensor de estacionamento dianteiro, tapetes em carpete, tapetes de borracha, alarme ultrassom, friso de porta lateral, soleira de porta e automatizador de vidros.

Além dessa opção, o sedã também pode ser adquirido nas cores: Branco Diamond, Branco Aspen, Azul Pérola Ray, Prata Classic, Cinza Grafite, Preto Premium, Vermelho Sólido, Vermelho Malbec e Laranja Imperial Metálico. Para conhecer a linha completa de acessórios, basta acessar o site da Nissan .

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Volvo XC40 Recharge quer liderar a categoria dos 100% elétricos no Brasil

Publicado


source
Volvo XC40 Recharge Pure Electric: SUV importado da Bélgica parte de R$ 389.950
Cauê Lira

Volvo XC40 Recharge Pure Electric: SUV importado da Bélgica parte de R$ 389.950

A Volvo do Brasil fez um estudo com seus clientes, revelando que 90% dos consumidores que compraram um carro eletrificado não pretendem voltar a usar modelos apenas a combustão.

Não à toa, o Brasil – ao lado da Noruega – foi um dos primeiros mercados a eletrificar completamente o catálogo. Todos os veículos Volvo disponíveis no país contam com ao menos uma versão híbrida ou elétrica . O novo XC40 Recharge Pure Electric é mais um capítulo dessa história.

Nossa reportagem foi até Porto Alegre (RS) para conhecer a novidade em primeira mão. Todos os participantes do evento foram submetidos a dois exames PCR para identificar o novo coronavírus, garantindo a segurança de todos.

Pure Electric

Assim como toda a linha XC40 importada para o Brasil, o Recharge Pure Electric é produzido em Ghent (Bélgica). Na comparação com o modelo convencional, o elétrico ganha uma proteção na grade dianteira, uma vez que o sistema não precisa de arrefecimento para funcionar.

A outra forma de identificar o XC40 Recharge Pure Electric na rua é pelas rodas aro 20 exclusivas, além de uma nova cor verde metálica que de início fará parte do catálogo eletrificado.

As diferenças continuam na hora de abrir a porta e me divertir ao volante. Diferente de qualquer outro carro que já andei, o XC40 Recharge não tem botão para ligar o veículo, tampouco freio de estacionamento.

Basta abrir a porta, se acomodar no banco do motorista com a chave no bolso, colocar a alavanca de câmbio no ‘D’ e sair guiando. Você vai ter que explicar isso toda vez que deixar o carro com o manobrista. 

Agressividade

Você também terá que explicar que o Volvo XC40 Recharge é extremamente arisco, apesar de ser um SUV elétrico ‘de entrada’. Apesar das quase 2,2 toneladas, o modelo acelera feito um esportivo alemão, atingindo 100 km/h em míseros 4,9 segundos. 

Qualquer pincelada no acelerador despeja 408 cv de potência e 67 kgfm de torque instantaneamente. Essa extração de força só foi possível graças aos dois motores elétricos de 204 cv montados nos eixos dianteiro e traseiro.

Leia Também

A velocidade máxima foi limitada em 180 km/h por critérios de segurança . O objetivo da fabricante é que até o fim desta década, ninguém morra ou tenha ferimentos graves em seus automóveis em todo o mundo – ainda que isso signifique impedir que seus clientes acelerem sem cerimônia.

Para isso, o XC40 conta com uma lista generosa de equipamentos de segurança. Enumerando alguns, o SUV traz seis airbags (frontais, laterais e cortina), alerta de ponto-cego, assistente de saída de faixa, assistente de partida em rampa, sistema de frenagem autônoma, assistente de farol alto e indicador de fadiga. 

A autonomia de 400 km em ciclo urbano é condizente com o Audi e-tron , seu principal rival no Brasil. O mais legal é que, diferentemente de outros modelos elétricos, este número não cai ao ligar o ar-condicionado. O que pode afetar a autonomia é o seu trajeto, uma vez que modelos elétricos não foram projetados para rodar por muitas horas na estrada.

Mesmo assim, a equipe da Volvo conseguiu levar a frota dos XC40 de São Paulo (SP) até Porto Alegre (RS) com algumas pausas para recarregar a bateria no interior do Paraná e em Santa Catarina.

O porte compacto faz com que o XC40 seja muito dinâmico e fácil de dirigir na cidade. Há espaço suficiente para quatro adultos e uma criança viajarem com conforto. Por causa das baterias, o porta-malas caiu de 452 para 414 litros.

Conclusão

Volvo aposta no preço para superar o Audi e-tron, que atualmente é o SUV elétrico mais vendido do país
Cauê Lira

Volvo aposta no preço para superar o Audi e-tron, que atualmente é o SUV elétrico mais vendido do país

Atualmente, o Audi e-tron é o SUV elétrico mais vendido do Brasil, e o objetivo da Volvo é tomar a coroa. Talvez neste ano isso não seja possível, pois o próximo lote de XC40 Recharge Pure Electric está marcado para chegar apenas em 2022.

Na comparação com o rival alemão, o XC40 é consideravelmente mais barato. Ele parte de R$ 389.950, enquanto o e-tron custa R$ 529.990 em sua versão mais em conta. Dessa forma, é difícil imaginar que o Audi possa segurar a liderança.

Em algumas semanas, teremos ambos os modelos em nossa garagem para outro comparativo eletrificado. Independentemente do vencedor, estes SUVs só provam que os críticos dos veículos elétricos estão errados. 

Ficha técnica

Volvo XC40 Recharge Pure Electric Preço: a partir de R$ 389.950 Motor: elétrico, dianteiro e traseiro Potência combinada: 408 cv Torque combinado: 67 kgfm Câmbio: automático, 1 marcha Freios: discos ventilados (dianteira), discos sólidos (traseira) Suspensão: McPherson (dianteira), multilink (traseira) Dimensões: 4,43 m (comprimento) / 1,86 m (largura) / 1,65 m (altura), 2,70 m (entre-eixos) Porta-malas: 414 litros 0 a 100 km/h: 4,9 segundos Vel. Máx: 180 km/h Autonomia: 400 km (ciclo WLTP)

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Russo de 23 anos cria carro elétrico movido a energia solar

Publicado


source
Nikita Poddubnov passeando com o 'Dark Phase' em um dia ensolarado para testar sua invenção
Divulgação

Nikita Poddubnov passeando com o ‘Dark Phase’ em um dia ensolarado para testar sua invenção

Um rapaz russo de 23 anos viralizou na internet após criar um carro movido a energia solar utilizando materiais reciclados e com nível interessante de conectividade. A invenção inusitada de Nikita Poddubnov será colocada à prova em uma ousada viagem para a China. 

Pela galeria abaixo, você pode ver que o projeto de Nikita não esconde sua bizarrice. O ‘Dark Phase’ custou o equivalente a R$ 14 mil para ser produzido, com motores elétricos simples e rodas de scooters chineses.

O Dark Phase pesa apenas 150 kg e tem painéis solares de 200 watts em todas as superfícies. Quando não está ensolarado, Nikita precisa carregá-lo na tomada, como qualquer outro v eículo elétrico

Segundo Nikita, o modelo tem autonomia para rodar por seis horas em velocidades até 30 km/h. O rapaz ainda chegou a desenvolver um aplicativo de celular para comandar algumas funções do carro remotamente, como acender as luzes. 

Todo o trabalho está sendo documentado com fotos e vídeos. Ainda levará certo tempo até que o Dark Phase esteja em plenas condições de viajar para a Ásia Central , mas Nikita está confiante em seu projeto. O modelo provavelmente terá que ser homologado para circular nas ruas sem comprometer a segurança do condutor e de terceiros. 

Enquanto grandes fabricantes de automóveis revelam inovações da indústria no Motor Show de Munique (Alemanha), um rapaz de apenas 23 anos fabricou um automóvel elétrico conectado com abastecimento solar. De fato, a Rússia é um lugar inusitado. 

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana