conecte-se conosco


Internacional

Nicarágua liberta 50 presos políticos

Publicado

O governo da Nicarágua libertou hoje (5) 50 detidos durante protestos contra o presidente nicaraguense, Daniel Ortega. Eles cumprirão pena em regime de prisão domiciliar e medidas cautelares. Segundo as autoridades da Nicarágua, eles foram presos por ter cometido “crimes contra a segurança comum e a tranquilidade pública”.

O anúncio ocorre dois dias depois de o governo e a Aliança Cívica para a Justiça e Democracia (ACJD) encerrarem as negociações, sem acordo sobre temas relativos à justiça e democracia e no momento em que haverá uma análise do Conselho Permanente da Organização dos Estados Americanos (OEA) conhecerá a situação do país.

Negociações

O governo e a Aliança Cívica para a Justiça e Democracia (ACJD) havia concordado último dia 20 com a liberação total de detidos no prazo de 90 dias por meio de um processo que será supervisionado pela Cruz Vermelha Internacional (CICV).

O representante da oposição, o ex-vice-chanceler, José Pallais, disse que esta liberação é “unilateral” pelas autoridades. Segundo ele, há prisioneiros detidos há mais de cinco meses, sem análise de um tribunal competente.

Detenções

Parentes e organizações de direitos humanos estimam que mais de 800 pessoas foram presas durante os protestos e que estariam em diferentes prisões do país em condições de isolamento e maus-tratos.

O governo liberou 200 pessoas desde 27 de fevereiro, quando iniciou um processo de negociações com a oposição, que terminou há dois dias com o acordo parcial de libertar todos os detidos em 90 dias.

Os protestos contra o governo estouraram em 18 de abril do ano passado contra a reforma da seguridade social que levou à exigência de renúncia do presidente Ortega, acusado de atos de corrupção e opressão às liberdades.

*Com informações da Andina, agência pública de notícias do Peru.

Edição: Maria Claudia
publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Internacional

Tempestade destrói navio e deixa 27 estão desaparecidos em Hong Kong

Publicado

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos
Reprodução/Twitter

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos

Um navio partir ao meio após ser atingido pela tempestade tropical Chiba neste sábado (2), em Hong Kong. Segundo as autoridades, 27 pessoas ainda estão desaparecidas.

A embarcação estava a 160 milhas náuticas, ou 257 km, do porto de Hong Kong quando foi atingida pela tempestade. Autoridades locais estimam que os ventos ultrapassavam os 140 km/h e as ondem atingiram 10 metros de altura onde o navio foi encontrado.

As buscas começaram na manhã de hoje, noite no Brasil, após uma notificação de outros barcos. Três tripulantes foram socorridos com vida até o momento.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Em depoimento, eles afirmaram que os desaparecidos foram arrastados pelas ondas, o que prejudicou as buscas no local.

As autoridades chinesas informaram que as buscas devem continuar até o fim da noite, se as condições climáticas permitirem. A equipe ainda expandiu o raio de procura devido à grande quantidade de desaparecidos.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Tempestade destrói navio e deixa 27 desaparecidos em Hong Kong

Publicado

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos
Reprodução/Twitter

Três tripulantes foram encontrados com vida e outros 27 continuam desaparecidos

Um navio partir ao meio após ser atingido pela tempestade tropical Chiba neste sábado (2), em Hong Kong. Segundo as autoridades, 27 pessoas ainda estão desaparecidas.

A embarcação estava a 160 milhas náuticas, ou 257 km, do porto de Hong Kong quando foi atingida pela tempestade. Autoridades locais estimam que os ventos ultrapassavam os 140 km/h e as ondem atingiram 10 metros de altura onde o navio foi encontrado.

As buscas começaram na manhã de hoje, noite no Brasil, após uma notificação de outros barcos. Três tripulantes foram socorridos com vida até o momento.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Em depoimento, eles afirmaram que os desaparecidos foram arrastados pelas ondas, o que prejudicou as buscas no local.

As autoridades chinesas informaram que as buscas devem continuar até o fim da noite, se as condições climáticas permitirem. A equipe ainda expandiu o raio de procura devido à grande quantidade de desaparecidos.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana