conecte-se conosco


Turismo

Navio cruzeiro com maior montanha-russa do mundo fará sua estreia em 2021

Publicado

source

O navio cruzeiro Global Dream, concebido pela Dream Cruises, busca unir o melhor dos dois mundos. Com capacidade para 9 mil passageiros, spas, cinema e lojas, ele também será o primeiro do mundo a ter um  parque de diversão em alto mar – e sua montanha-russa, a Space Cruiser, será a maior do mundo fora de terra firme.

Ilustração em 3D do navio cruzeiro Global Class arrow-options
Divulgação/Dream Cruises

O primeiro navio cruzeiro Global Dream navegará pela primeira vez em 2021, e seu destaque será sua montanha-russa

“A Dream Cruises está animada em revelar a inovadora e estimulante Space Cruiser a bordo da mais nova aquisição para a nossa frota, o primeiro navio cruzeiro Global Class, batizado de Global Dream, que irá zarpar em 2021”, declarou Michael Goh, presidente da Dream Cruises e líder de vendas internacionais da Genting Cruise Lines.

Com uma pista de 300 metros de extensão, a montanha-russa chegará a 60 km/h graças a seus motores elétricos. Os três carros da atração também oferecerão uma experiência interativa para os passageiros:  cada um terá dois pilotos, que poderão controlar a velocidade da montanha.

Confira um vídeo abaixo sobre o Global Dream em seu projeto original:


Leia também: Mais cabines e embarques inéditos, veja novidades da temporada de cruzeiros

Outros destaques de diversão do navio cruzeiro

Ilustração em 3D do parque de diversão do navio cruzeiro arrow-options
Divulgação/Dream Cruises

O parque de diversão do navio cruzeiro terá muitas outras atrações além da montanha-russa, com opções para todos

E a Space Cruiser não assumirá sozinha a responsabilidade de entreter os convidados. O parque de diversão, batizado como Dream Park at the Pier, terá outras atrações para todos os gostos e idades.

Algumas delas são o parque de camas elásticas Jump!, o Bounce Activity Park, um parque inflável do tamanho de uma quadra de basquete, o simulador de surfe Wipe Out e o Little Dreamers Ride, uma pista de kart feita especialmente para crianças.

Isso tudo será complementado por uma infraestrutura que conta com tecnologia de ponta para acomodar os passageiros, segundo a Dream Cruises.

As travas das portas serão controladas por Bluetooth, enquanto as cabines terão sensores que detectarão a presença de hóspedes para ajustar automaticamente a iluminação e a ventilação locais, dentre outros luxos.

“Como parte de nosso compromisso de desenvolver os cruzeiros mais tecnologicamente avançado do mundo, os recém construídos Global Classes irão estontear os hóspedes com ferramentas de ponta e instalações que otimizarão a conveniência para nossos passageiros e oferecerão opções de lazer, entretenimento e recreação inovadoras para agradar a uma ampla gama de clientes”, garantiu Michael Goh.

Leia também: Conheça as belezas naturais de um cruzeiro pelo Caribe e Antilhas

Além do primeiro navio cruzeiro Global Class que começará a navegar em 2021, a empresa já começou a construir uma segunda embarcação que deve zarpar em 2022 – resta agora aguardar pelo lançamento dessas verdadeiras cidades em alto mar.

Fonte: IG Turismo
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Turismo

Passageira reclina poltrona em avião e causa confusão; quem está certo?

Publicado

source
confusão em avião arrow-options
Reprodução/Twitter

Wendi Williams reclinou assento em avião e passageiro de trás não gostou da atitude

Reclinar o assento no avião pode causar algumas confusões. Num voo da American Airlines, dois passageiros discutiram após um deles deitar a poltrona durante uma viagem. A situação aconteceu durante no voo 4392, de Nova Orleans para Charlotte, nos Estados Unidos, no dia 31 de janeiro.

Leia também: Descubra os melhores lugares do avião para quem vai viajar com criança

Wendi Williams reclinou seu assento e um homem que estava sentado atrás dela socou a poltrona em protesto. A ação foi filmada pela passageira , postada no Twitter e gerou muita discussão. No vídeo é possível ver o passageiro empurrando o assento da frente enquanto assiste a algo. A mesa utilizada para comer está reclinada. Assista abaixo:

Na legenda, Wendi escreveu. “Ele ficou com raiva por eu ter reclinado meu assento e apertou cerca de nove vezes – forte, quando comecei a filmar ele renunciou o comportamento”. A passageira ainda alegou que a aeromoça da American Airlines a repreendeu pelo ato e ofereceu uma bebiba ao homem pelo “incomodo”.

Em entrevista ao  Daily Mail, Wendi comentou que o homem tinha solicitado primeiro que ela colocasse a poltrona no lugar enquanto ele comia. Ela assentiu e, depois que ele terminou a refeição, ela reclinou novamente. E foi aí que o homem não gostou da atitude. Wendi alegou que tem um disco cervical que não está fundido, o que lhe causa dor e, por isso, precisou se ajeitar melhor.

Ao procurar a companhia aérea para reclamar da situação e do tratamento da comissária de bordo, a passageira ouviu que era melhor “procurar o FBI” para obter resolução do caso.

Quem está certo?

Dá para imaginar que o campo de comentários da postagem de Wendi virou um campo de batalha: ela está errada de reclinar o assento? O homem foi estressado demais? Qual seria a atitude correta da companhia aérea? Alguns usuários deixaram suas opiniões.

“Não acredito que a American Airlines não fez nada por essa pobre mulher, mas deu uma bebiba a esse monstro”, escreveu uma mulher; “Se eu pagar pelo maldito assento, reclamarei se quiser”; “Eu teria me levantado e dito ‘ei amigo, eu paguei por este assento , o assento todo, então mantenha suas mãos para si mesmo”, escreveram os apoiadores de Wendi.

Porém, alguns acharam que ela foi incômoda. “Eu tenho 1.80m e não suporto pessoas imprudentes colocando seus assentos reclináveis”, escreveu um homem. “Provavelmente, o lugar não foi sua escolha. Ela está reclamando que ele não está sendo atencioso com ela, bem, o que ela está fazendo?”, comentou outro.

Depois de toda a repercussão do caso, a American Airlines emitiu um comunicado dizendo que se preocupa com a segurança e conforto dos clientes e membros da equipe e que a “equipe está investigando o problema”.

Leia também:5 dicas para conseguir relaxar e dormir no avião

Nesse embate, quem está certo? A passageira , o homem ou a companhia aérea? Vote na enquete abaixo:

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Turismo

Ilha privativa da Royal Caribbean inaugura beach clube; conheça

Publicado

source

Os fãs de cruzeiro tem uma nova opção de parada no Caribe. Além da ilha privativa da MSC , a Royal Caribbean também mantém um pedaço de terra para chamar de seu e acaba de inaugurar um beach club no local.

cococay arrow-options
Divulgação

CocoCay é a ilha privativa da Royal Caribbean nas Bahamas

A CocoCay, como é chamada a ilha privativa da Royal Caribbean, fica nas Bahamas e tem em seu complexo o Daredevil’s Peak (maior toboágua da América do Norte); a Oasis Lagoon (maior piscina de água doce do Caribe); o Splashaway Bay, um parque aquático para crianças e o Up, Up and Away, um balão de gás hélio com uma vista panorâmica de 135 metros. 

Para completar, a operadora de cruzeiros também criou o Coco Beach Club . O beach club apresenta as primeiras cabanas flutuantes das Bahamas – 20 no total -, uma piscina com borda infinita de frente para o mar, cabanas de praia e um restaurante de alta gastronomia com bar exclusivo.

Cada cabana tem seu próprio escorregador direto para o mar, rede sob às águas, área para refeições, chuveiro e bar molhado. Além das opções flutuantes, há 10 outras cabanas à beira mar, com acomodações para até oito pessoas. A ideia é levar o espírito de Bora Bora ao Caribe.

Veja fotos do Coco Beach Club:

“O Coco Beach Club oferece um misto inigualável de luxo na medida certa, conforto e diversão para hóspedes de diferentes perfis e idades. Esta nova atração de Perfect Day at CocoCay une o melhor dos dois mundos, com um oásis relaxante em uma faixa de areia exclusiva no mar do Caribe a poucos passos de um parque aquático de última geração”, informa Ricardo Amaral CEO da R11, distribuidora exclusiva da Royal Caribbean no Brasil.

Como visitar a ilha CocoCay?

navio arrow-options
Divulgação

Só é possível chegar até a ilha privativa CocoCay a bordo de um dos navios da Royal Caribbean

A CocoCay é uma ilha privativa , ou seja, só pode ser acessada por hóspedes dos navios da Royal Caribbean . Em 2020, 16 navios atracarão na ilha, com saídas de Miami, Fort Lauderdale, Bayonne, Nova Jersey, Galveston (Texas) e Orlando (Flórida).

Leia também: Veja o que conhecer num cruzeiro pelo Caribe e Antilhas

Os valores das viagens de navio começam a partir de R$2.547 por pessoa para um cruzeiro de 7 noites, com embarque em Miami a bordo do Allure of The Seas (saída em 06 de dezembro de 2020, em cabine interna dupla e taxas a incluir). 

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana