conecte-se conosco


Tecnologia

Não são só as três câmeras: inteligência artificial dá a Apple as melhores fotos

Publicado

Olhar Digital

Com a implementação de três câmeras no  iPhone 11 Pro, a Apple começa a competir diretamente com outras fabricantes como Samsung e Huawei, que já possuem três câmeras na parte traseira de seus dispositivos. Mas, atualmente, até mesmo smartphones mais baratos carregam duas ou três câmeras no verso do telefone. São os algoritmos usados no processamento, e não o hardware, que desempenham um papel fundamental na qualidade das imagens, conforme afirma Reuters .

Leia também: O iPhone 11 vale a pena? Confira os detalhes dos lançamentos da Apple

Apple lança três novos modelos de Iphone arrow-options
Divulgação/Apple

Apple lança três novos modelos de Iphone.

Durante o anúncio dos novos iPhone, Phil Schiller, diretor de marketing da Apple, comentou sobre a capacidade dos novos aparelhos de conseguir a fotografia perfeita mesclando oito exposições separadas capturadas antes da foto principal. “Quando o obturador é pressionado é feita uma exposição longa e, em um segundo, uma rede neural analisa uma combinação de exposições longas e curtas, selecionando pixel por pixel para conseguir o melhor resultado”, explica Schiller sobre a tecnologia “Deep Fusion”.

Em sua apresentação, os executivos da empresa passaram bastante tempo falando sobre o novo processador desenvolvido especialmente para o aparelho, apelidado de  A13 Bionic . A parte responsável por fazer a melhor foto possível é conhecida como “processador neural”, reservado para as tarefas que envolvem inteligência artificial. A Samsung e a Huawei também projetam chips personalizados com recursos de IA para seus telefones, e o Google possui um núcleo especial dedicado ao processamento visual, chamado Pixel Visual Core.

A empresa também vai integrar alguns recursos bastante requisitados por seus usuários, como o modo noturno, criado para que fotos capturadas com pouca luz pareçam melhores. Alguns aparelhos da Huawei e os Google Pixel já têm esse recurso desde o ano passado.

Leia também: Apple e Foxconn violaram lei na China na produção dos últimos modelos de iPhone

Ryan Reith, vice-presidente do programa de rastreamento global de dispositivos móveis da IDC, disse que a disputa pelas melhores câmeras e telas criou um jogo caro no qual os fabricantes de telefones precisam investir cada vez mais em novos recursos para garantir que seus dispositivos se diferenciem dos concorrentes.

Via: Reuters

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Tecnologia

TikTok: Primeiro telejornal na plataforma ultrapassa marca de 80 mil seguidores

Publicado


source

O primeiro telejornal do Brasil a ter um perfil no TikTok , o ” Jornal da Record “, ultrapassou a marca de 80 mil seguidores no aplicativo nesta quinta-feira (2). O telejornal criou o perfil há cinco meses.

O conteúdo das redes sociais é feito pela equipe do telejornal, focando nas particularidades de cada uma das plataformas.

TikTok: Primeiro telejornal na plataforma ultrapassa a marca de 80 mil seguidores
Divulgação

TikTok: Primeiro telejornal na plataforma ultrapassa a marca de 80 mil seguidores

No TikTok , o Jornal da Record tem um estilo informal e bem humorado. No vídeo sobre fake news, por exemplo, a informação séria é levada de forma leve, ensinando quando ou não compartilhar uma informação.

Continue lendo

Tecnologia

Motorola lança primeiros celulares com 5G do Brasil, custando até R$8 mil

Publicado


source

Olhar Digital

Motorola
Divulgação/Motorola

Motorola Edge e Edge+ chegam ao Brasil


Nesta quinta-feira (2), a Motorola  disponibiliza no Brasil dois novos aparelhos: Edge e Edge+ . Os lançamentos marcam a consolidação da marca ao segmento premium. Os dispositivos chegam com configurações bastante interessantes, como sensor de 108 megapixels em um dos modelos.


No entanto, o grande destaque dos aparelhos fica por conta da compatibilidade com conexão móvel de quinta geração, ou seja, a linha Edge está pronta para a chegada do 5G  no país – mesmo que ainda não haja previsão para isso .

Ambos possuem configurações semelhantes de tela – 6,7 polegadas, display de 90Hz e proporção 21:9. Segundo a Motorola , isso traz melhor acabamento para o dispositivo – além de fornecer opções a mais de configuração para utilização de aplicativos. Nos dois casos, o sensor de impressão digital encontra-se sob o display. 

O detalhe da tela nas laterais pode ajudar o usuário a entender se há alguma notificação no aparelho ou se ele está carregando, tudo sem precisar ligar a tela. Quando uma notificação é recebida, por exemplo, uma linha de luz é mostrada na lateral do dispositivo, indicando que alguma interação pode ser necessária.

Na parte interna é que eles começam a se diferenciar. O Edge+ foi equipado com processador Snapdragon 865 , 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno. Já o modelo Edge chega com um processador Snapdragon 765 , 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. No entanto, em ambos os casos, há suporte para a conexão 5G sub-6, que funciona de maneira bastante semelhante ao 4G.

Há diferenças também nas câmeras. Os dois apresentam sensores triplos, mas a lente principal do Edge+ é quase o dobro do outro modelo. Enquanto um deles conta com 108 MP, o segundo chega com 64 MP na parte traseira. Os outros sensores se dividem em ultra wide + macro, com 16 MP, e teleobjetiva de 8 MP. A câmera frontal é de 25 MP em ambos.

Os aparelhos trazer a tecnologia de carregamento Turbo Power da Motorola. A empresa promete horas de bateria com apenas alguns minutos de carregamento. Por falar em bateria, o modelo “Plus” possui uma bateria com capacidade de 5.000 mAh, enquanto o outro dispositivo é um pouco menos potente no quesito, com 4.500 mAh.

Por fim, os dois contam com entrada para fones de ouvido e conexão USB-C para carregamento. Alto-falante e bandeja para chip ficam na parte inferior. Os botões de controle de volume liga/desliga estão localizados na lateral direita.

A Motorola  iniciou um período de pré-venda com condições especiais para quem quiser adquirir os aparelhos. Quem comprar qualquer um dos dispositivos dentro do período da promoção, que começa hoje (2) e vai até o próximo dia 13, vai ganhar um fone de ouvido Bluetooth Motorola VerveEbuds 100. As vendas começam oficialmente em 14 de julho.

O Motorola Edge+ chega ao mercado brasileiro com preço sugerido de R$ 7.999 e está disponível na cor thunder grey (cinza). O Edge é um pouco mais barato; R$ 5.499, e conta com duas cores: solar black (preto) e midnight red (vermelho).

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana