conecte-se conosco


Internacional

Mutações não estão aumentando velocidade de transmissão do coronavírus

Publicado


O novo coronavírus está sofrendo mutação à medida que se espalha pelo mundo na pandemia, mas nenhuma das mutações atualmente documentadas parece torná-lo capaz de se proliferar mais rápido, disseram cientistas nessa quarta-feira (25).

Em um estudo, a partir de dados globais de genomas de vírus realizado com 46.723 pessoas com covid-19 em 99 países, os pesquisadores identificaram mais de 12.700 mutações no vírus SARS-CoV-2.

“Felizmente, descobrimos que nenhuma dessas mutações está fazendo a covid-19 se espalhar mais rapidamente”, disse Lucy van Dorp, professora do Instituto de Genética da University College de Londres e uma das líderes do estudo.

“Precisamos permanecer vigilantes e continuar monitorando novas mutações, particularmente à medida que as vacinas são lançadas”.

Sabe-se que os vírus sofrem mutações o tempo todo e alguns – como os da gripe – mudam com mais frequência do que outros.

A maioria das mutações é neutra, mas algumas podem ser vantajosas ou prejudiciais aos vírus e outras podem reduzir a eficácia das vacinas. Quando os vírus mudam assim, as vacinas devem ser adaptadas regularmente para garantir que estão atingindo o alvo certo.

Com o vírus SARS-CoV-2, as primeiras imunizações a mostrarem eficácia poderiam obter aprovação regulatória e começar a ser usadas antes do fim deste ano.

Entre mais de 12.706 mutações identificadas, cerca de 398 parecem ter ocorrido repetidamente e de forma independente, disseram os pesquisadores no estudo, publicado no periódico acadêmico Nature Communications.

Entre as 398 mutações, os cientistas se concentraram em 185, que eles descobriram ocorrer pelo menos três vezes de forma independente durante a pandemia.

Os pesquisadores não encontraram evidências de que alguma das mutações comuns esteja aumentando a transmissibilidade do vírus. Em vez disso, eles disseram que as mutações mais comuns são neutras para o novo coronavírus.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Trump vai liberar entrada de brasileiros e europeus nos Estados Unidos

Publicado


source
Trump
O Antagonista

Trump revogou medidas de combate à Covid-19 dois dias antes de deixar o cargo

O presidente Donald Trump  revogou nesta segunda-feira (18) a restrição de entrada de passageiros brasileiros e de parte dos países da Europa nos Estados Unidos. A partir do dia 26, viajantes poderão entrar no país desde que apresentem diagnóstico negativo para Covid-19.

Os Estados Unidos não aceitam visitantes europeus desde março. Já os brasileiros, não podem viajar ao país desde maio. A Casa Branca não comentou a medida.

O mandato do republicano termina neste dia 20. Assim que tomar posse, o democrata Joe Biden pode retomar as medidas adotadas pelo país no início da pandemia.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Rabino declara a fiéis que vacina contra Covid-19 pode “transformá-los em gays”

Publicado


source
Imunizante contra a Covid-19
Reprodução

Imunizante contra a Covid-19

Daniel Ansor, um rabino muito popular em Israel fez uma alegação falsa sobre a vacinação contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), ao pedir que seus seguidores não se imunizassem, pois isso poderia “transformá-los” em homossexuais.

A declaração não foi bem aceita pela comunidade Haredi, conhecida por ser uma ala ultra ortodoxa do judaísmo , que havia pedido para seus rabinos que tomassem todas as precauções contra a pandemia, incluindo a vacinação.

Em um sermão, Ansor declarou, sem qualquer confirmação de evidência, que “qualquer vacina feita com substrato embrionário, e temos evidências disso, causa tendências opostas. As vacinas são tiradas de um substrato embrionário, e eles faziam isso aqui também, então pode causar tendências opostas.”

Você viu?

Além disso, alega que a pandemia da Covid-19 foi criadas por um “governo globalista e maligno”, que seria formado por maçons, illuminatis, Bill Gates e outros que estariam “tentando estabelecer uma nova ordem mundial”.

Uma organização judaica que promove a tolerância e a aceitação da comunidade LGGBTQ+, em resposta ao rabino, declarou, ironicamente, “que está se preparando para dar as boas-vindas aos novos membros”

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana