conecte-se conosco


Policial

Mulher mandante de duplo homicídio em Sapezal é presa na zona rural do município de Canarana

Publicado

Uma mulher, apontada como mandante de um duplo homicídio ocorrido em 2019, em Sapezal (480 km a noroeste de Cuiabá), foi presa pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (21.07), no município de Canarana, região leste do Estado.

Foragida há cerca de 2 anos, a suspeita teve a prisão expedida pela Justiça, após investigação da Delegacia de Sapezal para elucidar o crime, que vitimou duas adolescentes, sendo uma delas gestante de 3 meses.

Durante diligências, os policiais civis descobriram o paradeiro da procurada, que estava residindo na zona rural de Canarana. Diante das informações, foi solicitado apoio à equipe de Canarana, que efetuou a prisão da suspeita.

Conforme apurado, a mulher atraiu as menores, ambas de 16 anos, para uma região de lavoura na cidade de Sapezal, onde dois indivíduos aguardavam para executá-las. O crime teve como motivação briga entre facções.

Na época dos fatos, as vítimas foram consideradas desaparecidas desde o dia 24 de abril de 2019. Depois de um mês, funcionários da fazenda encontraram seus corpos, que apresentavam sinais de tortura.

A presa foi conduzida para as providências cabíveis e, posteriormente, colocada à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Em operação, polícia prende oito por tráfico, porte de arma e crimes sexuais contra menores

Publicado

A Polícia Civil deflagrou, neste sábado (13), a Operação Guarda Baixa, para cumprimento de três mandados de prisão e três mandados de busca e apreensão. No total, seis pessoas foram presas, sendo três em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Em um endereço alvo da operação, dois suspeitos, de 18 e 19 anos, em Guarantã do Norte, foram encontrados separando entorpecentes em porções para comercialização. Foram apreendidas 18 trouxinhas de pasta base de cocaína e uma porção grande, que ainda seria repartida. Além disso, foi localizada uma porção de maconha e uma pequena quantia em dinheiro.

Em outro local alvo das buscas, um homem de 36 anos foi preso com uma arma de fogo com numeração raspada, uma balança de precisão, dinheiro e um celular com conversas demonstrando que ele estava vendendo drogas no município. A decisão judicial concedia autorização para acesso aos dados dos telefones celulares apreendidos durante as buscas.

Crimes sexuais

Também foram cumpridos mandados de prisão relacionados a investigações sobre crimes sexuais. Em ambos os casos, no decorrer das investigações, o delegado Lucas Lelis solicitou a prisão preventiva dos suspeitos.

Um dos investigados, um homem de 31 anos, manteve relações sexuais com a filha do padrasto, de 13 anos, há cerca de um ano. O outro investigado, de 35 anos, no final de uma festa, na madrugada do dia 7 de agosto, de forma dissimulada, arrastou uma mulher para um terreno baldio e a obrigou a manter relação sexual com ele.

Por último, também foi dado cumprimento a um mandado de prisão contra um homem de 34 anos, expedida pela Justiça de Alagoas, por um assalto a banco praticado em Santana do Ipanema, em 2009.

A operação policial foi executada pela Delegacia Municipal de Guarantã do Norte, com apoio da Delegacia Regional de Guarantã do Norte e da Delegacia de Matupá. Ao todo, 14 policiais participaram das ações em seis endereços.

Continue lendo

Policial

Gefron apreende 357 tabletes de entorpecentes e prende seis suspeitos

Publicado

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) apreendeu 357 tabletes de entorpecentes, totalizando 279 quilos de entorpecentes. O caso ocorreu nesta sexta-feira, no Distrito de Clarinópolis, município de Cáceres e, na ocasião, seis pessoas foram presas.

A guarnição realizava patrulhamento na estrada conhecida como Barranqueira, quando avistaram indivíduos caminhando por uma região de mata, carregando alguns fardos. Percebendo que seriam abordados, os suspeitos abandonaram o material e tentaram fugir, no entanto, os operadores de fronteira conseguiram detê-los.

Ao realizar a conferência do material, foi constatado que tratava-se de 173 tabletes de substância análoga à pasta base de cocaína, 128 de substância análoga à maconha e 58 de cloridrato de cocaína.

Diante dos fatos, os suspeitos e os entorpecentes foram encaminhados à Delegacia Especial de Fronteira (Defron). O prejuízo ao crime é de mais de R$ 4,4 milhões.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana