conecte-se conosco


Turismo

Mulher fica descalça em voo e é criticada no Instagram: “Horrível e perigoso”

Publicado

Quando se está em um voo, o único objetivo dos passageiros é chegar ao destino sem enfrentar nenhum problema. Em um trajeto mais longo, as pessoas podem encontrar métodos diferentes para passar o tempo. Enquanto algumas preferem ler, dormir ou assistir um filme, outras já ficam mais relaxadas e fazem de tudo para ter conforto.

Leia também: Casal alemão pede dinheiro aos fãs para viajar à África: “Trabalhar não é opção”

pés
Reprodução/Instagram

Imagem de uma mulher com os pés descalços e com curativos adesivos à mostra foi compartilhada e criticada no Instagram

Uma passageira em particular, que não teve a identidade revelada, provavelmente deixou os outros passageiros em choque com sua conduta para ficar o mais confortável possível durante o voo . Isso porque a mulher pareceu não se importar com quem estava ao seu redor e colocou os pés para cima, deixando seus curativos adesivos à mostra.

Leia também: Turista pula da sacada, tenta culpar hotel e acaba tendo de pagar R$ 162 mil

A imagem foi publicada no Instagram da página Passenger Shaming , que conta com mais de 890 mil seguidores e compartilha imagens de situações inusitadas que ocorrem dentro de um avião. A foto recebeu mais de seis mil curtidas e, nos comentários, muitos usuários compartilharam suas opiniões.

Leia também: Comissária de bordo fala o que você pode fazer para ter um voo muito melhor

“Os comissários de voo deveriam ter tido algo para ela”, diz um. “Isso é horrível e também perigoso para os outros que vão colocar as mãos no assento”, ressalta outro. “Não sei dizer quantos germes ou bactérias ela está compartilhando”, aponta mais um. “É exatamente por isso que eu trato cada centímetro do avião como se fosse ser contaminado por algo”, expõe outro.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

De São Paulo rumo ao Rio: 10 cidades à beira da Dutra que valem uma parada

Publicado


source
Aparecida
Reprodução/Wikimedia Commons

Aparecida é um dos destinos que podem ser acessados pela Dutra

Com a tendência a visitar locais mais próximos de casa, muitos brasileiros  estão preferindo cidades do interior e também do litoral para viajar, seja em um bate e volta ou para ficar alguns dias e relaxar em um bom hotel com a retomada do turismo nacional. Mas há rodovias que cortam cidades turísticas perfeitas para quem quer um destino novo até pelo meio do caminho.


Pensando nisso, a rede Summit trouxe sugestões de destinos que ficam ao longo da Rodovia Dutra, saindo de São Paulo e indo rumo ao Rio de Janeiro. Tem uma série de cidades bem interessantes no caminho entre as duas capitais para quem vai fazer uma viagem de carro. Vale uma parada para descansar um pouco da direção, comer algo ou mesmo passar alguns dias. 

Arujá

Na beira da rodovia Dutra, Arujá fica a 42,7 km de São Paulo, perfeita para um bate e volta! Com parques e hotéis relaxantes, a cidade é ótima sair um pouco da rotina da cidade grande. Os hotéis têm média de preço de R$207. 

São José dos Campos

Situado no Vale do Paraíba, São José dos Campos está a 89 km da capital paulista e é um dos centros industriais mais famosos de São Paulo, mas tem um ambiente natural lindo para se visitar. Com parques, lojas de artesanato e a famosa loja de chocolates Umpalumpa, São José dos Campos vai bem para um passeio relaxante. A média de preços de uma diária é de R$125.

Caçapava

Acessada pela Dutra, o destino está a apenas 119 km de São Paulo e abriga uma das maiores fábricas de chocolates do Brasil, a Nestlé! Com passeios dentro da fábrica e muitas gostosuras, a cidade também tem um ar de interior aconchegante, com grutas, fazendas de café e muitas matas e cachoeiras para visitar. 

Se gosta de história, a cidade reúne o Museu do Exército Brasileiro, com memórias da Segunda Guerra Mundial e lutas dos soldados brasileiros. As diárias em hotéis da região têm média de R$156. 

Taubaté

Que tal visitar o mundo de Monteiro Lobato e Mazzaropi? A 130 km de São Paulo, a cidade tem destaque nacional por conta do artesanato e também pelas célebres figuras da cultura brasileira, com museus dedicados aos artistas.

As hospedagens têm média de R$164 e a alimentação é bem rica, com colônias italianas perfeitas para ter uma experiência saborosa.

Pindamonhangaba

Na Serra da Mantiqueira, Pindamonhangaba fica a 157 km de São Paulo. Com passeios de trem para Campos de Jordão e muitos locais cheios de natureza para visitar, Pindamonhangaba tem o famoso Pico do Itapeva, do qual você pode ver mais de 15 cidades.

Também não faltam cachoeiras e hotéis perfeitos para descansar. As hospedagens têm diárias com uma média de R$183.

Aparecida

A 179 KM de São Paulo, a cidade é acessada pela Rodovia Dutra e tem o turismo voltado à Basílica de Nossa Senhora Aparecida, mas também tem diversas atrações para os visitantes! Vale a pena conhecer o Museu de Cera, passear no teleférico, que conta com uma vista privilegiada da imensa Basílica, e andar de trem dentro do complexo. 

É fácil encontrar hoteis com preço acessível – as diárias custam em média R$177. Uma opção agradável é o Summit Porto Real e o San Diego Express, que ficam respectivamente a 3 e 2 quilômetros de distância da Basílica, perfeitos para um bom passeio e descanso.

Campos de Jordão

Muito procurado em épocas mais frias e também no Natal, a cidade está a 180 km da capital paulista. Com temperaturas mais amenas à noite, o destino atrai pelos restaurantes, fábricas de chocolates e um centro bem divertido de se visitar, além, é claro, do estilo arquitetônico que conquista muitos visitantes.

Os hotéis têm preço médio de R$294, mas você deve ter cuidado para escolher a hospedagem, pois dependendo do seu objetivo, você pode ficar longe do centro e precisará de um transporte a mais.

Guaratinguetá

Outro centro da peregrinação religiosa em São Paulo, Guaratinguetá está a 187 km da capital. O local reúne igrejas do estilo barroco e também a casa do Frei Galvão. Se quiser boa comida, Guaratinguetá também tem! Você pode comprar queijos de búfala e petiscos da região.

As hospedagens têm média de R$169.

Cachoeira Paulista

A cidade que está a 212 KM de São Paulo agrada quem busca mais uma opção de turismo religioso, já que o destino tem o Santuário do Pai das Misericórdias, da Canção Nova, e também oferece uma gama de atividades em meio à natureza para se aventurar, como o Cachoeirão da Bocaína, localizado no Rio Bravo, com 80 metros de extensão e um desnível de 20 metros! Outra opção é ver o pôr do sol no Mirante Padre Léo, com belíssima vista para a Serra da Mantiqueira.

Para quem gosta de história, vale uma passada pela Estação Ferroviária da Central do Brasil, construída em 1877, e pela primeira usina elétrica de São Paulo, a Represa da Usina Hidrelétrica da Serra da Bocaina, edificada em 1912 e ainda em funcionamento. As hospedagens na cidade têm média de R$168 a diária.

Penedo – Itatiaia

Já no Rio de Janeiro, Penedo é um local contemplato pelo Parque Nacional do Itatiaia, com muita natureza e belezas da Mata Atlântica. Também é conhecida pela fábricas de chocolate e vila do Papai Noel. A cidade está a 279 km da capital paulista e 178 km da capital fluminense. Penedo está próxima de Resende e tem diversas pousadas e hotéis com média de R$216, perfeito para descansar e passear pela região.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Turismo

Cearense se revolta ao visitar o Grand Canyon: “Em Quixadá tem isso tudo”

Publicado


source
Cearense se revolta ao visitar o Grand Canyon
Reprodução/Twitter

Cearense se revolta ao visitar o Grand Canyon

O Brasil tem destinos truísticos que não perdem em nada para os internacionais, como um rapaz do Ceará bem descobriu. Viralizou nas redes sociais um vídeo de um jovem que foi visitar o Grand Canyon e decepcionou muito com o que encontrou por lá. Na opinião dele, é possível ver tudo aquilo em Quixadá, cidade do interior cearense conhecida por suas formações rochosas.

“O povo: ‘vai lá no…, não sei nem o nome. Ai Utah, Estados Unidos’. Oh besteira. Vim lá da casa do caralh* para ver essa porr*. Paguei 30 dólares para entrar. Quixadá tem isso aqui também. Tem um monte de besta ali atrás para tirar foto. Quixadá tem tudo isso, tem até ET lá e eu vim aqui feito besta”, reclamou o cearense em um vídeo que já tem mais de 470 mil visualizações.


Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana