conecte-se conosco


Nacional

Mulher é degolada na frente do filho de 2 anos no Piauí; suspeito foi preso

Publicado

source
Laysse da Silva Carvalho arrow-options
Reprodução/Facebook

Laysse da Silva Carvalho foi morta a facadas na madrugada de sexta-feira (20); o suspeito foi preso pela Polícia Militar

Uma mulher, identificada como Laysse da Silva Carvalho, 29, foi morta com cortes profundos na garganta em Nazária, Piauí. Segundo informações da Polícia Militar local, o corpo da vítima foi encontrado dentro de casa, despido, ao lado do filho dela, que tem dois anos de idade. O crime teria ocorrido na madrugada de sexta-feira (20). 

Leia também: Homem é preso por matar filho de dois anos afogado para fazer mãe “sofrer”

Laysse, que trabalhava como doméstica, morava apenas com a criança. Os familiares da vítima informaram aos policiais que encontraram o corpo da mulher após a patroa dela estranhar sua ausência no trabalho. A patroa, então, entrou em contato com a irmã da vítima.

Um homem identificado como Thalisson Francisco Araújo foi preso na tarde sexta-feira como o principal suspeito do crime . A PM informou que ele estava com o celular da vítima e foi visto por vizinhos na rua da casa dela. Ele não é o pai do filho de Laysse e não teria envolvimento amoroso com ela. O homem tem uma passagem pela polícia pelo crime de estupro.

Leia Também:  Cobra de 3 metros é forçada a ‘devolver banquete’ após invadir galinheiro; veja

Fonte: IG Nacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Corpo é encontrado dentro da reitoria da UFRN

Publicado

source
Gabinete de reitor da ufrn arrow-options
Ricardo Pinto/Flickr

Servidor foi encontrado na reitoria

Um servidor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi encontrado morto dentro da reitoria da instituição na manhã desta quinta-feira (17). José Aldo Correia, de 53 anos, não voltou para casa depois do expediente e foi procurado por parentes na instituição.

O funcionário trabalhava na função de operador de Micro e ajudava na cobertura de eventos no local. O corpo foi retirado por volta das 8h30 e uma perícia foi chamada para investigar as causas da morte.

Leia também: MPF denuncia grupo por fraude no Fies e venda de vagas em medicina

Por meio de nota, a UFRN prestou condolências e solidariedade aos amigos e familiares do funcionário, que trabalhava no local desde 1996. A instituição afirmou, ainda, que “se encontra tomando as providências devidas”. A maior suspeita é de que o servidor tenha falecido por causas naturais.

Fonte: IG Nacional
Leia Também:  Funcionários de hospital são flagrados enchendo ambulância com cerveja; assista
Continue lendo

Nacional

Mulher anda 10 km em ônibus diferentes tentando fugir de assédio e não consegue

Publicado

source
Mulher registrou boletim de ocorrência por importunação sexual arrow-options
shutterstock

Mulher registrou boletim de ocorrência por importunação sexual

Uma mulher de 33 anos foi perseguida por mais de 10 quilômetros enquanto andava na rua na última terça-feira (15) no centro de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Segundo boletim de ocorrência, a vítima percebeu que era seguida por um homem branco, baixo, de cabelo castanho, com pouca barba e mochila nas costas. Ela subiu em um ônibus circular até um terminal e o suspeito subiu e desceu do veículo a encarando.

Leia também: Idoso é preso ao sair de motel com menina de 11 anos

Com medo, a mulher subiu em outro ônibus e continuou sendo seguida e fitada pelo homem. Ela desceu na Rua Maracantins, no bairro de Jardim Tijuca e percebeu que o rapaz a seguiu pela rua. Ao passar na frente de uma escola, ela foi chamada pelo homem, que tinha abaixado as calças e levantado a blusa.

A mulher correu até a delegacia , onde prestou boletim de ocorrência por importunação sexual. O homem ainda não foi encontrado pela polícia.

Leia Também:  Itamaraty acusa Bachelet de mentir após fala sobre direitos humanos no Brasil

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana