conecte-se conosco


Tecnologia

Muamba conectada: aplicativo Grabr une viajantes e compradores

Publicado

source
compras arrow-options
Pixabay/Rawpixel

Aplicativo une compradores e viajantes


Permitir que consumidores comprem produtos mais baratos ao mesmo tempo que pessoas conseguem juntar uma grana extra. O aplicativo Grabr , disponível para Android , iOS e v ersão web , se encarrega de realizar essas duas funções com um só serviço. Através da plataforma , os usuários podem fazer pedidos de compras no exterior, e o aplicativo conecta esse pedido a pessoas que estão viajando e querem ganhar uma grana extra realizando e transportando a compra.

O Grabr foi criado nos Estados Unidos, mas já faz muito sucesso no Brasil. No último ano, os negócios do aplicativo por aqui cresceram 225%, e o país já é responsável por 48% da base de clientes, segundo reportagem da revista Veja. 

Leia também: Brasileiro cria aplicativo de viagem que une amantes da natureza e guias locais

Como funciona a compra

Toda a operação intermediada pela plataforma funciona de maneira bem simples. Primeiro, o consumidor acessa o site ou aplicativo do Grabr e escolhe o item que vai comprar em uma loja no exterior. Depois de escolher, ele publica uma espécie de anúncio pedindo o produto.

Do lado de lá, viajantes que passarão pelo país que possui a loja têm acesso a essa publicação e podem se oferecer para comprar o produto em questão. Depois de receber as ofertas, o consumidor escolhe com quem vai comprar e realiza o pagamento, que pode ser parcelado. O dinheiro fica em posse da plataforma até que o produto seja entregue ao cliente final, porquestão de segurança .

aplicativo Grabr arrow-options
Captura de tela

A interface do aplicativo funciona tanto para compradores quanto para viajantes


Economia na certa

Fazer compras no exterior não é novidade alguma, mas a intermediação de uma plataforma torna a transação mais segura. E, mesmo com as taxas cobradas pelo aplicativo , os produtos costumam sair bem mais baratos dos que os encontrados no Brasil. 

Leia também: Eu Vô: aplicativo de transporte exclusivo para idosos chega a São Paulo

Os fones de ouvido Apple AirPods , que são líder de vendas no Grabr , por exemplo, saem quase R$150 mais baratos. Se no exterior o produto custa, R$636, com as taxas da plataforma ele passa a custar R$875. Aqui no Brasil, ele pode ser encontrado por pouco mais de R$1010. 

Para quem realiza as compras, o lucro também é interessante . Dentre as taxas cobradas pelo aplicativo, estão 7%, que ficam para o Grabr, e 15%, que ficam para o viajante. 

Vale lembrar que, de acordo com as regras da Receita Federal, cada só pode trazer até US$500 em produtos estrangeiros sem precisar pagar impostos.

Fonte: IG Tecnologia
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Tecnologia

Vilões não podem usar iPhone; entenda o porquê

Publicado

source

Olhar Digital

iPhone arrow-options
Unsplash/Taylor Grote

Vilões não podem usar iPhones em filmes


Uma prática comum na indústria do entretenimento é o “product placement”; um acordo, geralmente envolvendo muito dinheiro, entre uma produtora de TV (ou cinema) e a fabricante de um determinado produto, para que um personagem de destaque use ou comente sobre durante o filme ou episódio.

A Apple é uma empresa que tira proveito desta prática há um tempo, basta ver a quantidade de vezes que a “maçã” aparece nas mãos ou mesas de um personagem em inúmeras produções. Mas, segundo o diretor Rian Johnson (de “Star Wars: O Último Jedi” e “Entre facas e segredos”), alguns dos termos que a Apple exige nestes acordos podem acabar entregando o vilão de várias tramas.

Leia também: iPhone 9 já aparece em catálogo de varejista; confira novos produtos da Apple

“A Apple permite que você use iPhones em filmes, mas isso é muito importante se você estiver assistindo a um filme de mistério: os vilões não podem usar iPhones em frente às câmeras “, disse o diretor em um vídeo para o canal da revista Vanity Fair no YouTube .


“Todo diretor que tem um vilão secreto em seu filme deve estar querendo me matar agora”, brincou o diretor.

Entretanto, esta prática pode ser recente. O site Engadget lembra que, durante a temporada de 2013 de House of Cards o vilão Frank Underwood estava cercado de aparelhos da Apple .

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Tecnologia

Huawei lança celular dobrável Mate Xs e tablet com tecnologia 5G

Publicado

source

Olhar Digital

Huawei arrow-options
Divulgação/Huawei

Huawei Mate Xs


Uma das poucas empresas que manteve seu evento em Barcelona, apesar do cancelamento do Mobile World Congress , a chinesa Huawei apresentou seu novo smartphone dobrável Mate Xs , o tablet MatePad Pro 5G , novos notebooks Matebook X Pro , e gastou um bom tempo da apresentação garantindo que há vida fora do Google , e que está investindo pesado em sua App Gallery.

A empresa chinesa precisa convencer o público e os desenvolvedores disso, depois que entrou numa lista do o governo dos EUA que impôs uma proibição comercial aos produtos da companhia. Como resultado, seus aparelhos estão fora da loja de apps do Android , e a empresa teve que desenvolver o seu próprio hub de desenvolvimento para atrair os apps mais populares.

Leia também: Google alerta que seus aplicativos não são seguros em dispositivos da Huawei

O CEO da empresa, Richard Yu, começou sua apresentação com o sucessor do dobrável Mate X , lançado no MWC do ano passado. O Huawei Mate Xs conta com o chipset Kirin 990 5G, estrutura de dobradiça melhorada e novo sistema de refrigeração. Com uma estrutura de duas camadas e painel OLED dobrável mais robusto, a empresa promete um smartphone mais resistente. A tela tem 8 polegadas quando totalmente aberta, e 6,6” na frente e 6,3” na traseira quando fechada.

Ao todo, o Mate Xs tem três câmeras . A câmera principal do aparelho possui 40MP e f/1.8, enquanto a segunda lente é de 8MP e abertura f/2.4, e por último uma grande angular de 16MP e f/2.2. Como é de se esperar, não há “câmera frontal”, já que para fazer selfies basta dobrar o aparelho e visualizar com a tela traseira.

A bateria do Mate Xs é de 4.500 mAh com capacidade de carregamento rápido de 55W, e ele possui 8GB de memória RAM e 512 GB de armazenamento. Seu sistema operacional é o EMUI 10 , desenvolvido sobre a versão de código aberto do Android 10 . Como os aparelhos da marca não podem rodar nenhum app do Google , a empresa trabalha forte no seu ecossistema HMS (Huawei Mobile Services).

Leia também: Com Play Store proibida na China, Xiaomi e Huawei se unem; entenda

O CEO da companhia confirmou que as vendas começam globalmente no mês que vem (diferente do Mate X que só foi lançado na Ásia), por 2.499 euros.

Tablet

O MatePad Pro , lançado no ano passado no mercado chinês, também ganhará uma versão 5G – e com recursos novos como carregamento sem fio bidirecional (ele também carrega outros aparelho) e a possibilidade de espelhar a tela de um smartphone emparelhado.

Huawei arrow-options
Divulgação/Huawei

MatePad Pro 5G


A tela é de 10.8″, ocupando, de acordo com a Huawei , 90% do espaço frontal do aparelho. Assim como o Mate Xs , o tablet possui processador Kirin 990 5G, e bateria de 7.250mAh. O MatePro 5G estará disponível a partir de junho nos mercados da região Ásia-Pacífico, EMEA e América Latina.

Os modelos 5G partem de 799 euros com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento, até 949 euros com 8 GB de RAM e 512 GB. Como alternativa, a empresa também está vendendo apenas modelos Wi-Fi e 4G mais em conta, a partir de 549 euros com lançamento em abril.

Fonte: IG Tecnologia
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana