conecte-se conosco


Geral

MT tem 42 mortes e 1,5 mil casos de covid em 24 horas; ocupação de UTIs é de 87% e 418 mil pacientes estão recuperados

Publicado

Há 484 internações em UTIs públicas e 363 em enfermarias públicas

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (23), 443.963 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.796 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 42 mortes e 1.581 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 443.963 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 11.526 estão em isolamento domiciliar e 418.933 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 484 internações em UTIs públicas e 363 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 87,84% para UTIs adulto e em 41% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (91.878), Rondonópolis (32.193), Várzea Grande (29.873), Sinop (21.454), Sorriso (15.413), Tangará da Serra (15.269), Lucas do Rio Verde (13.643), Primavera do Leste (11.288), Cáceres (9.592) e Alta Floresta (8.512).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 354.959 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 165 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na terça-feira (22.06), o Governo Federal confirmou o total de 18.054.653 casos da Covid-19 no Brasil e 504.717 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 17.966.831 casos da Covid-19 no Brasil e 502.586 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta quarta-feira (23.06).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Mendes visita orlas do Rio Araguaia e vai reforçar ações para alavancar turismo local

Publicado

Mauro Mendes visitou orlas e conversou com a comunidade [Fotos – Lucas Rodrigues]

O governador Mauro Mendes visitou os municípios de Luciara e São Félix do Araguaia, neste sábado (24), e irá reforçar as ações para alavancar o Turismo local.

Junto de secretários de Estado, deputados estaduais, federais, prefeitos e outras lideranças, o gestor verificou in loco a situação das orlas em ambos os municípios, e também atravessou o Rio Araguaia de barco. “Viemos aqui para olhar as orlas e fazer investimentos no Turismo. Temos que olhar para esse belíssimo potencial turístico que o Araguaia tem, que fomenta a geração de emprego. Essas cidades já tem uma vocação de Turismo, que é uma das áreas que mais geram emprego em todo o planeta”, afirmou o governador.

Mauro Mendes ressaltou que a região pode crescer e muito em diversas modalidades turísticas, como a pesca esportiva. “Temos que usar  potencial dos nossos rios para a pesca esportiva. O Araguaia é o novo boom econômico de Mato Grosso. Queremos fazer projetos para explorar o potencial do Rio Araguaia, preservando o meio ambiente. Aqui tem peixe de 1 metro, 1,5 metro. Vem gente do mundo inteiro, gente da Rússia, da Índia pescar aqui”, destacou.

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, investir na melhoria da estrutura dessas cidades aumenta a perspectiva de crescimento do Turismo local. “É uma região com potencial turístico fantástico. Muitas pessoas já vêm a essa região de Luciara, São Félix. O governador veio ver pessoalmente os projetos para esses locais, para que os turistas sejam melhor recebidos, tenham mais conforto, e possam conhecer esse maravilho e pujante rio, e levar daqui boas recordações”, frisou.

O secretário-adjunto de Turismo, Jeferson Moreno, pontuou que o Governo de Mato Grosso já está em andamento com os projetos das orlas, além de ações para qualificar o atendimento ao turista. “É uma região com potencial muito grande no ecoturismo, no etnoturismo, tem as orlas, a pesca esportiva, que é muito forte. Recebemos aqui gente do Brasil, dos EUA, da Rússia, da Índia e do mundo todo. A nossa ideia é estruturar as orlas. Também estamos desenvolvendo um projeto de capacitação para melhorar o atendimento”, afirmou.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi, as ações estruturantes do Governo na região, especialmente as obras de Infraestrutura, também vai ajudar a alavancar o Turismo. “Nós temos um rio abundante e uma região próspera. Com esses investimentos que o Governo está fazendo e ainda vai fazer, não tenho dúvidas de que o Araguaia vai prosperar ainda mais. Está chegando estrada, desenvolvimento, obra, ação social e muita coisa boa”, sublinhou.

A prefeita de São Félix do Araguaia, Janailza Taveira, agradeceu ao governador Mauro Mendes pelas ações realizadas no Araguaia. “O governador está no lugar certo e na hora certa. A sua equipe está capacitada e comprometida com o desenvolvimento dos municípios. O Araguaia hoje está sendo contemplado com diversas obras. Por onde a comitiva passa deixa obras entregues e em andamento”, disse ela.

Além da visita também foram entregues em cada município 400 cestas básicas, que fazem parte do programa Vem Ser Mais Solidário, liderado pela primeira-dama Virginia Mendes.

Também estiveram na visita: o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho; os deputados federais Neri Geller e Carlos Bezerra; os deputados estaduais Nininho e Dr. Eugênio; e prefeitos e vereadores da região.

 

Continue lendo

Geral

Mato Grosso registra 16 mortes e 707 novos casos de Covid em 24 horas; 403 pessoas estão em UTIs públicas

Publicado

Taxa de ocupação está em 73% para UTIs e 37% em enfermaria

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (24), 481.986 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12.617 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 16 mortes e 707 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 481.986 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.875 estão em isolamento domiciliar e 456.929 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 403 internações em UTIs públicas e 319 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 73,41% para UTIs adulto e em 37% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (98.149), Rondonópolis (34.256), Várzea Grande (32.270), Sinop (23.249), Sorriso (16.879), Tangará da Serra (16.539), Lucas do Rio Verde (14.450), Primavera do Leste (12.598), Cáceres (10.493) e Barra do Garças (9.652).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 373.911 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 655 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (23), o Governo Federal confirmou o total de 19.632.443 casos da Covid-19 no Brasil e 548.340 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 19.523.711 casos da Covid-19 no Brasil e 547.016 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (24).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana