conecte-se conosco


Política MT

Ministro revoga veto da STN ao pedido de empréstimo de MT, mas Estado pode ser multado em R$ 500 milhões

Publicado

A informação foi dada pelo governador Mauro Mendes na manhã desta terça-feira

O ministro da Economia Paulo Guedes revogou por meio de efeito suspensivo, a decisão da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que havia vetado o pedido de empréstimo do Governo de Mato Grosso junto ao Banco Mundial no valor de U$S 250 milhões. A informação foi repassada pelo governador Mauro Mendes (DEM) na manhã desta terça-feira (20) durante conversa com jornalistas.

O montante financeiro deverá ser utilizado para pactuar dívidas do Executivo junto ao Bank of America. O débito foi contraído durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa e são pagas parcelas semestrais de R$ 140 milhões. “Ele [Paulo Guedes] me comunicou por telefone que tinha dado um efeito suspensivo do recurso que nós impetramos por causa do descumprimento que Mato Grosso fez do pacto assinado em 2017 e que em 2018 não cumpriu as metas que assumiu com o Tesouro Nacional”, explicou Mendes.

Devido a esse descumprimento, Mato Grosso corre o risco de ter que pagar uma multa de R$ 500 milhões, exatamente a metade do valor pretendido em conseguir junto ao Banco Mundial pela cotação do dólar. “Isso [a repactuação de dívida] é grave e pode ensejar uma multa na ordem de quase R$ 500 milhões. Está escrito no contrato que foi assinado e isso era um óbice, inclusive, para um novo aval e nós conseguimos vencer com esse efeito suspensivo”, disse o governador.

Leia Também:  PSD projeta lançar candidatos a prefeito em Cuiabá, VG e nos municípios polos do Estado

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) tem dificultado a aprovação do empréstimo, mesmo com a aprovação do Banco Mundial, justamente por Mato Grosso não ter cumprido o acordo assumido em 2017. O Governo deve buscar um último parecer da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Depois a proposta passa pela Casa Civil e posteriormente será votada no Senado.

“Parece uma novela mexicana conseguir esse empréstimo para ajudar na recuperação fiscal de Mato Grosso. […] Ainda há um longo caminho a percorrer. Parece que tem alguém em Brasília jogando contra, porque toda hora aparece um problema que estamos conseguindo vencer. Tudo isso tem que acontecer até o final do mês, início de setembro. Se não, teremos que pagar a parcela do mês de setembro, algo em torno de R$ 150 milhões. Isso será catastrófico para as contas públicas de Mato Grosso nesse momento”, concluiu Mauro Mendes.

Caso o empréstimo seja aprovado, Mato Grosso passará a receber um prazo estendido, de quatro para 20 anos para quitar suas dívidas, e uma redução de 1,5% na taxa de juros. A parcela do débito junto ao Bank of America deve ser quitada no dia 10 de setembro.

Leia Também:  Governador diz que paralisação de servidores da Educação será judicializada e ameaça cortar ponto dos grevistas

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Delegado Claudinei faz solicitações à Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer

Publicado

Foto: SANDRA LUCIA RODRIGUES COSTA

Com demandas nas áreas esportiva, cultural e social, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) se reuniu na tarde da última quinta-feira (19) com o secretário-adjunto de Esporte e Lazer, Jefferson Neves. Quem também participou da reunião foi a coordenadora de Esportes de Rondonópolis, Roseane Prado, o vereador por Jaciara, professor Adnan e a secretária de Educação de Jaciara, Ana Paula Bueno, além dos tenentes do Corpo de Bombeiros Militar, Ednaldo e Geová.

“Nessa reunião, o secretário-adjunto esclareceu que, dentro de poucos dias, o Estado disponibilizará materiais esportivos para vários municípios, dentre eles, Rondonópolis. Aproveitamos, e também apresentamos outras demandas que recebemos dos municípios”, adiantou o Delegado Claudinei.

Conforme o secretário Jefferson Neves, foi aprovada uma ata de aquisição de materiais esportivos para a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), que está prevista para o mês de outubro e deverá beneficiar vários municípios mato-grossenses. “O recurso é da ordem de 410 mil advindos do Fundo de Desenvolvimento Esportivo do Estado de Mato Grosso (Funded-MT) e deverá ser liberado nos próximos 30 dias”, afirmou Neves.

Leia Também:  MT quer recuperar 2,2 milhões de hectares de seu território que foram incorporados ao Pará

“Gostaria de agradecer o deputado Delegado Claudinei por nos dar atenção, temos em Rondonópolis muitos projetos de iniciação esportiva e estamos nos sentindo abraçados por vocês e muito felizes pela novidade de que deveremos receber materiais esportivos”, disse Roseane Prado.

OUTRAS DEMANDAS – Na oportunidade, o parlamentar solicitou equipagem do projeto social Bombeiros do Futuro em Alto Araguaia e apoio para o projeto social de musicalização e capacitação profissional para instrumentistas de sopro, percussão, teclas e cordas em Jaciara. E também falou do projeto social 2º Cine Cidadania – Humor com Atitude, numa parceria com a dupla artística Nico e Lau, para levar cinema, humor e palestras nos bairros periféricos.

INDICAÇÃO ACADEMIA AO AR LIVRE – O deputado também apresentou a indicação de academias ao ar livre para os assentamentos Márcio Pereira, Nova Catanduva, Padre Josimo e Povoado do Alto Bandeirante no município de São Jose do Povo.

Fonte: ALMT
Continue lendo

Política MT

MDB traça estratégia para manter o comando da prefeitura de Cuiabá e reconquistar Rondonópolis

Publicado


De acordo com Carlos Bezerra, legenda quer vencer as eleições nos principais municípios
do estado

O presidente do MDB de Mato Grosso, deputado federal Carlos Bezerra, está bastante otimista com a probabilidade de o seu partido continuar comandando as prefeituras das maiores cidades do Estado, as cidades consideradas polo, além da Capital, Cuiabá, a partir das eleições de 2020. “Estamos num grande processo de discussão política. Como vim atender alguns prefeitos e o Hospital do Câncer, aproveitei para atualizar as coisas com o companheiro Thiago Silva, na Assembleia Legislativa”, disse o emedebista que permaneceu a manhã desta sexta-feira (20), no Parlamento.

Conforme Bezerra, no caso de Cuiabá, há uma grande discussão de dez partidos que demonstram simpatia com a possível candidatura do prefeito Emanuel Pinheiro, de Cuiabá, à reeleição. “São partidos que estão compromissados com a pré-candidatura do Emanuel Pinheiro. É uma discussão grande que abre a discussão a respeito do que vai acontecer no ano que vem”, afirmou.

Segundo o cacique emedebista, no caso de Rondonópolis, “é a cidade mais politizada do Estado. Aquele povo flui política, come política. O processo de sucessão em Rondonópolis está em ebulição. A discussão é na cidade toda e nós estamos aqui em discussão também. O nosso MDB de guerra está se preparando em Rondonópolis com uma chapa muito boa de vereadores, uma chapa com mulheres, uma chapa completa, e do posicionamento nosso, do MDB, na sucessão do ano que vem”.

Leia Também:  PSD projeta lançar candidatos a prefeito em Cuiabá, VG e nos municípios polos do Estado

Bezerra argumenta que Rondonópolis é uma cidade polo, “importante, e o MDB quer fazer as prefeituras nas cidades polos. Nós já temos candidato muito forte em Alta Floresta, em Barra do Garças, Sinop, Colíder, Cuiabá e Rondonópolis também nós queremos ter uma presença decisiva lá”.

“Queremos fazer como fizemos até agora, governar as principais cidades do Estado, as maiores cidades do Estado. Hoje o MDB tem prefeito nas principais cidades, Tangará da Serra, também, onde temos o prefeito e queremos reeleger. Então esse é o trabalho que estamos fazendo agora, de uma pré discussão a respeito dessas questões, do alinhamento do partido, da chapa de vereadores, das coligações, de como nós vamos proceder”.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana