conecte-se conosco


Geral

MT registra 5 mortes e 456 novos casos de Covid em um dia; 520 mil pacientes estão recuperados

Publicado

Há 103 internações em UTIs públicas e 66 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 32% para UTIs e 12% em enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (1), 537.597 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.811 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 5 mortes e 456 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 537.597 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.072 estão em isolamento domiciliar e 519.999 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 103 internações em UTIs públicas e 66 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 32,59% para UTIs adulto e em 12% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (111.333), Várzea Grande (38.458), Rondonópolis (37.734), Sinop (25.935), Sorriso (18.254), Tangará da Serra (17.727), Lucas do Rio Verde (15.608), Primavera do Leste (14.696), Cáceres (11.847) e Barra do Garças (10.564).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quinta-feira (30), o Governo Federal confirmou o total de 21.427.073 casos da Covid-19 no Brasil e 596.749 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.399.546 casos da Covid-19 no Brasil e 596.122 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta sexta-feira (1).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Provas do processo seletivo da Secretaria Estadual de Educação serão neste domingo; confira os locais

Publicado

Os profissionais admitidos irão desempenhar funções em carga horária de 30 horas semanais

As provas do Processo Seletivo Simplificado (PPS) da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) serão realizadas neste domingo (12) e contará com mais de 40 mil participantes. Os locais de prova foram divulgados nesta quarta-feira (8) pelo Instituto Nacional de Seleções e Concursos (Selecon), conforme o edital. Para acessar, basta clicar em Painel do Candidato e inserir o CPF e a senha. 

O seletivo visa a contratação temporária de profissionais que irão atuar na rede estadual de ensino, no ano letivo de 2022. Conforme levantamento da Seduc, foram registradas 41.680 mil inscrições.

Os profissionais admitidos irão desempenhar funções em carga horária de 30 horas semanais e contarão com salários de R$ 1.422,39 a R$ 4.436,54 ao mês. As provas serão realizadas no dia 12 de dezembro na Diretoria Regional de Educação (DRE), selecionada pelo candidato no ato de inscrição.

O processo tem como objetivo a seleção de professor, técnico administrativo educacional (TAE) e apoio administrativo educacional (AEE) para contratação temporária em demandas que não são caracterizadas como vagas de concurso, tais como aulas residuais e licença médica, para substituir servidores efetivos que, anualmente, são designados para funções como diretor, coordenador, secretário, assessor pedagógico na rede escolar.

O conteúdo programático será constituído por questões de língua portuguesa, informática básica, raciocínio lógico e matemática, conhecimentos gerais e específicos.

Para professor da Educação Básica haverá prova objetiva e discursiva. Os profissionais que irão atuar nas unidades especializadas (Tempo Integral, Educação Especializada, Sistema Prisional, Sistema Socioeducativo e Educação Quilombola), além de participar do processo seletivo simplificado, após a classificação final, deverão passar por avaliação de perfil e etapa eliminatória conduzida pela Seduc-MT, de forma a atender aos critérios específicos necessários para estas unidades.

Após aprovados, os profissionais deverão passar por avaliação semestral por desempenho, que irá analisar o cumprimento de requisitos mínimos como assiduidade, realização de diário de classe, plano de aula, entre outras obrigações.

Continue lendo

Geral

Radialista Cláudio Kiesqui morre aos 80 anos devido a complicações da Covid

Publicado

Idealizador do “Peladão”, Kiequi foi pioneiro na transmissão do futebol amador pelo rádio

Morreu na noite dessa quarta-feira (8), aos 80 anos, o radialista Cláudio Kiesqui, devido a complicações causadas pelo novo coronavírus (Covid-19). Ele estava internado em uma unidade hospitalar e devido a piora nas primeiras horas da manhã, precisou ir para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde chegou ser intubado, e morreu no início da noite.

Kiesqui foi o pioneiro na transmissão de futebol amador pelo rádio em Cuiabá, Várzea Grande e nos municípios da região. Durante décadas, transmitiu pela Rádio Industrial e outras emissoras, o programa “Amadorismo no Ar”.

Também foi o responsável pela implantação em Cuiabá, do “Peladão”, campeonato de futebol amador inspirado em uma competição de Manaus, no Amazonas, e que se tornou um dos destaques na primeira gestão do ex-prefeito Wilson Santos (PSDB). No governo de Pedro Taques, o torneio ganhou o Estado e tinha suas finais realizada na Arena Pantanal.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana