conecte-se conosco


Policial

MT reforça controle de entrada de estrangeiros pela fronteira com a Bolívia

Publicado

A Polícia Militar já enviou 10 policiais para reforçar a atuação do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) em toda faixa de fronteira do Brasil com a Bolívia. Na semana que vem mais 10 policiais seguem para a região com a mesma finalidade.

Enquanto durarem as medidas restritivas e de isolamento social contra a propagação do novo coronavírus, 20 PMs vão servir fortalecendo as atividades de fiscalização e controle da entrada de pessoas e veículos vindos do país vizinhos.

As equipes do Gefron e PM estão trabalhando em postos fixos de fiscalização e em barreiras volantes. A intensificação do policiamento atende à Portaria 125, de 19 de março deste ano, do Governo Federal.

Está proibida a entrada de cidadãos da Bolívia, Argentina, Colômbia, República Francesa, Paraguai, Peru, Suriname e Guiana. O trabalho será desenvolvido como parte da “Operação Hórus”, do Programa Vigia, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A base operacional do grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso, Avião Caído (em Cáceres), Canil Integrado (Cáceres).

O subchefe de Estado Maior da Polícia Militar, coronel Wankley Correa Rodrigues, explica que essa é uma maneira de intensificar as ações do Gefron no cumprimento de suas atribuições constitucionais.

Nesse momento de crise, observa Rodrigues, a união de esforços é importante no sentido de fazer com que as medidas legais para prevenir a disseminação do coronavírus sejam asseguradas.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

PM fecha depósitos do tráfico, recupera veículos e apreende 300 kg de droga e mais de 80 armas de fogo

Publicado

Grandes apreensões de maconha, pasta base de cocaína, haxixe e cocaína foram realizadas neste início de ano pela PM na Região Metropolitana, no interior e na fronteira [Foto – PMMT]

Nos primeiros 15 dias do mês de janeiro de 2022, a Polícia Militar fechou depósitos do tráfico e já apreendeu aproximadamente 300 quilos de entorpecentes em Mato Grosso. Mais de mil pessoas foram conduzidas à Delegacia pelas equipes da PMMT.

As ações de policiamento no combate à criminalidade e principalmente ao tráfico de drogas no Estado já apresentam resultados significativos para a Segurança Pública. Neste início de ano, policiais militares retiraram cerca de 84 armas de fogo de circulação. Grandes apreensões de maconha, pasta base de cocaína, haxixe, cocaína foram realizadas pela PM na Região Metropolitana, no interior e na fronteira.

Foram registrados 1,7 mil boletins de ocorrência – 138 destes registros estão relacionados com os crimes de tráfico de entorpecentes.  Até o momento, mais de 45 veículos que foram roubados ou furtados foram devolvidos aos seus respectivos proprietários pelas equipes da Polícia Militar no Estado.

O comandante-geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis destaca que neste período em que muitas pessoas aproveitam para viajar de férias os policiais continuam intensificando os patrulhamentos na Capital e no interior.

“Estamos nos bairros intensificando o policiamento, realizando rondas comerciais, residências e bancárias, tudo para manter a tranquilidade e garantir à população um ano de muita paz e tranquilidade. Estamos com nossos policiais atentos para retirar pessoas criminosas do convívio social e combater e, principalmente, evitar qualquer ato delituoso”, afirmou o coronel Assis.

Em Várzea Grande, as equipes da Força Tática e do 4º Batalhão do 2º Comando Regional da PM apreenderam mais 243 kg de entorpecentes. Entre as ocorrências, os policiais fecharam um depósito de uma organização criminosa e apreenderam mais de 53 kg de droga no Residencial Paiaguás. A equipe do GAP (Grupo de Apoio), do 2º CR, prendeu ainda uma quadrilha e fechou outro depósito do tráfico na cidade. Nesta última ação, foram apreendidos 140 kg de maconha, no bairro Nova Fronteira.

Em Rondonópolis, os policiais da Força Tática desmantelaram um depósito com droga e explosivos do crime organizado no bairro Pedra Noventa. No local, a PM apreendeu 100 quilos de maconha, haxixe e artefatos como emulsão explosiva, espoletas e cordéis detonante.

Na fronteira, a PM está intensificando o policiamento ostensivo por meio de ações integradas com o Grupo Especial de Fronteira ( Gefron). Quatro pessoas foram presas no dia 11 de janeiro, após serem pegas transportando cocaína na região de Comodoro. As “mulas” carregavam 270 kg de cocaína oriunda da Bolívia.

Na região de Cáceres, a Força Tática do 6º Comando Regional, em ação integrada do Gefron, prendeu um homem com 67 kg de cocaína. A droga foi localizada escondida no carro do suspeito  por três cães farejadores do Canilfron.

Neste início de janeiro, as ações da PM resultaram prisão de mais de mil pessoas. Deste total, 387 suspeitos foram presos em flagrante por crimes como tráfico de drogas, porte ou posse ilegal de arma de fogo, roubo, lesão corporal, sequestro e cárcere privado. Mais de 85 suspeitos eram foragidos da Justiça e foram recapturados, inclusive reeducandos foragidos recentemente do Sistema Penitenciário das cidades de Várzea Grande e Água Boa.

Continue lendo

Policial

Golpistas são presos em Cuiabá e R$ 2,9 mil de vítima de Goiânia são recuperados

Publicado

Uma mulher e dois homens foram localizados pela GCCO com dinheiro proveniente do golpe do número novo [Foto – PJC]

Três estelionatários foram presos pela Polícia Civil nesta terça-feira (18), em Cuiabá, após aplicarem um golpe em uma vítima de Goiânia. Policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) conseguiram recuperar com os golpistas R$ 2,9 mil levados da vítima.

A GCCO foi contatada pela filha da vítima, que sofreu o golpe do número novo de Whatsapp.  A idosa, de 65 anos, recebeu mensagens pelo aplicativo de uma pessoa que se passou por sua filha e pediu R$ 3 mil. A vítima, então, fez a transferência via Pix do valor achando que realmente falava com sua filha.

Após ver que a mãe havia caído em um golpe, a filha dela descobriu que o dinheiro foi transferido para uma conta bancária em Cuiabá. Elas procuraram uma Delegacia da Polícia Civil Civil em Goiânia, que depois fez contato com a GCCO.

Com base nas informações passadas, a equipe de investigação da GCCO localizou uma das golpistas, no Jardim Imperial, em Cuiabá. Após entrevista, os investigadores apuraram que o ex-marido havia utilizado uma conta bancária dela para aplicar o golpe na moradora de Goiânia. No Parque Cuiabá, os policiais da GCCO localizaram os outros dois golpistas, sendo que com um deles estavam R$ 2.750,00.

Os três foram conduzidos à sede da GCCO e autuados em flagrante pelo crime de estelionato. O procedimento será posteriormente encaminhado à Polícia Civil de Goiás, que dará sequência à investigação.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana