conecte-se conosco


Mato Grosso

MT Hemocentro investe em Rede de Cuidados para pacientes hemofílicos

Publicado

A data de 17 de abril foi escolhida para celebrar o Dia Mundial da Hemofilia por ter como referência o aniversário de Frank Schnabel, fundador da Federação Mundial da Hemofilia. O objetivo deste dia é conscientizar as populações para a hemofilia e outras disfunções que afetam o sangue.

O MT Hemocentro, por meio do Ambulatório Especializado de Hematologia,é referência no tratamento de hemofílicos e, para realizar o cuidado de forma integral, investe na capacitação, qualificação e na implantação da Rede de Cuidados, com o objetivo de inserir o paciente na Rede de Assistência (RAS).

De acordo com a gerente de Medicina Transfusional do MT Hemocentro, Valéria Vuolo, a doença tem grande incidência em Mato Grosso e no mundo. O ambulatório especializado trata, mensalmente, 354 pacientes com hemofilia que estão distribuídos entre 75 municípios; contudo, a maior concentração de hemofílicos está em Cuiabá e Várzea Grande.

Neste ano, o Estado realiza o trabalho de aproximação do Centro de Referência com a Atenção Básica dos municípios. “Nossos usuários com hemofilia recebem o que há de mais atual em seu tratamento. Oferecemos tecnologia de ponta e uma equipe multidisciplinar que tem conhecimento da importância e do desafio de trabalhar novos conceitos da assistência especializada. Buscamos efetivar a Clínica Ampliada e estarmos em comunicação direta com a Atenção Básica”, declarou a gerente. 

Para destacar a importância do diagnóstico e do tratamento da doença, o MT Hemocentro promoverá, nesta quarta-feira (17), uma ação educativa no SESI Escola de Várzea Grande, unidade na qual estudam cinco pacientes do banco de sangue público de Mato Grosso; a programação da atividade prevê oficinas com os alunos e professores. No sábado (20), também será realizada uma panfletagem no Shopping 3 Américas, apoiador da causa.  

O que é hemofilia?

A hemofilia é um distúrbio na coagulação do sangue. Por exemplo, quando há o corte de alguma parte do corpo e é notado o sangramento, as proteínas (elementos responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento de todos os tecidos do corpo humano) entram em ação para estancar o sangue – sendo esse processo chamado de coagulação. Entretanto, as pessoas portadoras de hemofilia não possuem essas proteínas e, por isso, sangram mais do que o esperado.

A hemofilia é classificada em tipos “A” e “B”. Pessoas com hemofilia tipo “A” são deficientes de fator VIII (oito). Já as pessoas com hemofilia do tipo “B” são deficientes de fator IX (nove). Os sangramentos são iguais nos dois tipos, porém a gravidade dos sangramentos depende da quantidade de fator presente no plasma – líquido que representa 55% do volume total do sangue humano.

Conforme explica a gerente de Medicina Transfusional do MT Hemocentro, as pessoas com hemofilia podem levar uma vida normal se fizerem o uso regular do medicamento. O componente é injetado nas veias e substitui o fator de coagulação do sangue que não funciona adequadamente ou que, por motivos genéticos, é ausente. Ao utilizar a medicação, o hemofílico volta a ter o perfeito funcionamento de todos os fatores sanguíneos.

“A hemofilia pode ser leve, moderada ou grave. Alguns hemofílicos não possuem o fator coagulante no seu sangue. Outros têm algum, porém, não o suficiente para fazer parar todas as hemorragias. Há hemofílicos que têm hemorragias todas as semanas, outros todos os meses e alguns somente uma vez por ano. A frequência com que uma pessoa hemofílica tem hemorragias depende da quantidade de fator no sangue”, explicou Valéria Vuolo.

Fonte: GOV MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mato Grosso

Secretaria de Saúde esclarece sobre notícia falsa de caso do coronavírus em MT

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) esclarece que é falsa a notícia de que há um caso confirmado do novo coronavírus em Mato Grosso. A informação está circulando nas redes sociais, nesta quarta-feira (19.02), e ao clicar no link da suposta notícia, o internauta é levado à outra página.

Até o momento, o Ministério da Saúde não registrou nenhum caso confirmado da doença no país. Diante disso, a secretaria pede para a população não compartilhar informação sem antes checar a fonte da notícia.

As informações sobre o novo coronavírus podem ser acessadas no site do Ministério (https://saude.gov.br/). O Governo de Mato Grosso também disponibilizou uma página no site da SES (http://www.saude.mt.gov.br/informe/581) com várias orientações e ações realizadas pelo Estado com relação ao vírus.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, alerta a população sobre o combate às falsas notícias, conhecidas como fake news. “Essas fake news são práticas de pessoas irresponsáveis cujo intuito é o de causar pânico à sociedade. Peço que as pessoas não pactuem dessa atitude e chequem a fonte antes de compartilhar determinadas mensagens”.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Mato Grosso

Sefaz conclui pagamento dos prêmios do Programa Nota MT

Publicado

A Secretaria de Fazenda (Sefaz) concluiu nesta terça-feira (18.02), o pagamento dos prêmios dos consumidores sorteados no Programa Nota MT. Foram pagas as premiações dos sorteios referente aos meses de novembro e dezembro de 2019 e remanescentes de outros concursos. Os valores ainda não haviam sido creditados devido ao fechamento e abertura do orçamento estadual. Por lei, o Executivo tem que fechar o orçamento no final de cada ano e, com isso, não é possível fazer movimentações financeiras.

Dentre os sorteados que eventualmente ainda não receberam as premiações, estão aqueles em situação irregular perante a Fazenda Pública estadual, ou que ainda não cadastraram a conta bancária. Erros de digitação no número da agência e conta ou a escolha errada da instituição também são motivos que impedem o recebimento do prêmio. Por exemplo, quando a pessoa tem conta Banco Bradesco BBI, mas escolhe o Banco Bradesco S.A o pagamento não será realizado.

Portanto, é necessário que os cadastrados no Nota MT tenham atenção ao informar os dados da conta bancária, a fim de evitar problemas no pagamento do prêmio.

O pagamento das premiações do Nota MT é efetivado sempre no prazo de até 90 dias, após confirmação da regularidade do sorteado e homologação do resultado pela Controladoria Geral do Estado (CGE), conforme prevê a legislação. O primeiro lote é pago no mês subsequente ao do sorteio realizado.

De acordo com o decreto 139/2019, publicado no Diário Oficial do dia 14 de junho, os consumidores contemplados nos sorteios do Nota MT devem seguir as seguintes condições para receber os prêmios: informar corretamente os seus dados bancários, no site ou aplicativo do Nota MT, e possuir Certidão Negativa de Débitos relativos ou Certidão Positiva com Efeitos de Negativa de Débitos (CPEND). As certidões podem ser consultadas aqui.

A Sefaz ressalta que, após os sorteios, um e-mail é encaminhado aos sorteados que estão com pendências, informando o motivo da irregularidade. No aviso consta, ainda, as instruções para que o consumidor regularize sua situação. O prazo para regularização é de até 90 dias, contados a partir da homologação do resultado pela Controladoria Geral do Estado (CGE).

Em caso de dúvidas, o consumidor pode entrar em contato com o Call Center da Sefaz (Plantão Fiscal) pelo telefone (65) 3617-2900, ou ainda no 3617-2704. Pode-se também acessar as “Perguntas Frequentes”, no site, ou a opção “Dúvidas”, no aplicativo do Nota MT.

Fonte: GOV MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana